"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

sexta-feira, janeiro 31, 2003



Perdoa-lhes Senhora,
eles não sabem o que fazem...


Vão deitar bombas sobre o teu filho...
Vão matar as tuas crianças, eles que tem filhos iguais aos teus...
tal como fizeram no Vietnam, como fizeram os nazis aos judeus...


De que crimes falam os Governos, com que moral?
Quando apenas defendem interesses económicos e poder mundial ou pessoal?


UM MANUAL DE ASCENSÃO

"Cada acção não amável ou daninha que este planeta viu ocorrer, sempre foi cometida por alguém que, de alguma forma, se sentia impotente; e quanto mais forte for o sentimento de impotência, maior será a falta de amabilidade ou o dano da acção." Seraphys


"A questão não é saber se seremos extremistas, mas que tipo de estremistas seremos nós. Seremos extremistas a favor do ódio ou do amor? Seremos extremistas na preservação da injustiça ou pelo alargamento da justiça?"

"Não deveriamos nunca esquecer que tudo o que Adolf Hitler fez na Alemanha foi "legal" e tudo o que os resistentes húngaros fizeram na Hungria foi "ilegal".

Martin Luther King :



CONTRA A GUERRA

Qualquer guerra é só destruição e morte de inocentes, crianças homens e mulheres com alguns criminosos pelo meio:
os que a fazem e os que a provocam.




“Contra o orgulho das nações.
Contra o orgulho dos chefes das nações"

Y.C.

Os políticos são mercenários a soldo das economias,
lacaios do capital e do novo império...
O Império dos macacos...que já não comem banana, mas engolem dinheiro e vendem armas...

O embargo ao Iraque é só de bens essenciais, e medicamentos...
carros de marca eles deixam passar...
É esta a "justiça" dos homens...





eh! eh! eh! Até parece que sou do Mrpp...
(quando era jovem, em Paris, até tinha o livrinho vermelho...ou era preto? já lá vão séculos e nada mudou!)

terça-feira, janeiro 28, 2003


"O sofrimento que conduz a um Eu genuino difere diametralmente do sofrimento que opta pela redenção pela identificação com algo que lhe é exterior. Só se formos capazes de não fugir ao nosso sofrimento poderemos diferenciar-nos."

"A TRAIÇÃO DO EU" Arno Gruen

LA MAR ERA MUJER...



GUIA

QUIERO SUS OJOS POR TIMON,
SU VOZ POR MI MEMORIA.
ANGÉLICA ERA ABRIL:
DE ESPUMA Y CÁNTICO.
(LA MAR ERA MUJER!)
VIAJERO, VE:
CUELGA SU PECHO COMO ESTRELLAS CUELGAN
DULCES DEL CIELO.

Era de amor la mar: era Afrodita
un dicho de la luz, salinamente en vuelo.
Que llena de los dioses va la mar, mas hoy se esconden
porque triste es el mundo.


Octavio Una - "Labrantios del mar"



FRAGÂNCIAS...

Não te sintas só
mesmo na aparente ausência

Por mistério ascendem
das nossas almas inquietas
brancas silhuetas ecos perdidos
pulsantes como um coração cósmico
retido muito tempo no Olvido

Há cruzamentos já
nós a atarem-se
um tumulto imenso de ascensão

Sobre nós só Força
a repuxar a alma e os sentidos

Não te sintas só
que eu nunca largo
os portos bem amados da minha alma

Se ao menos hoje
eu pudesse deixar-te
o meu antigo vaso de fragrâncias
para que a hora te não doesse tanto


MARIANA INVERNO

segunda-feira, janeiro 27, 2003



“Tudo o que existe tem expressão, mas há em nós uma zona inexpressiva: a do Sagrado”

LUZ CENTRAL- Ernesto Sampaio



Este cordão umbilical
Que nos liga
Do chão do teu corpo
Ao chão da minha boca
A respirar-te
Devagar
O coração


(e)

Falei-te
De um passado
Cheio de ondinas
De sereias e de aves
Com uma mãe por detrás
A comandar as fadas


M.Teresa Horta


POEMAS DE AMOR DO ANTIGO EGIPTO

"Quando me abraças
a luz que de ti vem brilha tanto
que até preciso de bálsamo nos olhos."


O NEÓFITO

" O neófito tem mais chances de alcançar um determinado modo de ser - por exemplo, tornar-se homem ou mulher - se antes se tornar simbòlicamente uma totalidade. Para o raciocínio mítico, um modo particular de ser é necessáriamente precedido de um modo TOTAL de ser. O andrógino é considerado superior aos dois sexos justamente porque encarna a totalidade e, portanto a perfeição. "

M.Eliade

"Não há homens salvadores. Não há Messias. O maximo que um grande homem pode ser é um estimulador de almas, um dispertador de energias alheias."

FERNANDO PESSOA

domingo, janeiro 26, 2003



VISÃO

Que memórias às vezes me acordam, de onde vêm?
Luzentes e fulgurantes, como raios,
mais parecem fadas luxuriantes,
pontos distantes de luz, que me ofuscam a mente.
Que visão instantânea de um mundo oculto,
por pensamentos turvos, obscuros, permanentes!

Abre-se por momentos, a visão de outro ser
que já fui autrora..
recordações de auroras luminosas,
memórias de seres radiantes
etérios, brilhantes,
cheios de ternura deslumbrante
que eu nunca encontrei aqui...

Fadas, sim!
A anunciar reinos distantes perdidos de nós,
Robôs do século XXI.


"ANTES DO VERBO ERA O ÚTERO"
- livro a editar brevemente



VENHAM FADAS...


Venham fadas para a sua morada!
venham para a sua hora dourada!
venham até nós por favor!
Fadas dancem com louvor! Espíritos do Ar!
Formosas criaturas do lar!
Venham fadas, venham me abraçar!
Estou aqui para te contemplar!
Venham para a minha canção!
Me ajude com a sua varinha de condão!
Venham enfeitar a natureza!,
E seduzir todos com sua mágica pureza!


in "AS BRUMAS DE AVALON"




FONTE DE VIDA

(...) Mas tu, com os teus braços de raiz aérea,

puxas-me para esse cimo de montanha onde o silêncio

se transforma em sílaba – a sílaba inicial

do mundo, a interrogação do gesto nascente de todas as

origens, o soluço de um suicídio de murmúrios,

percorrido pela única percepção inútil: a da vida

que se esvai no instante do amor. E encostamo-nos à pedra

abstracta do horizonte. A que nos deixou sem voz quando

as grutas do litoral se abriram; para que a pedra nos beba,

gota a gota, todo o sangue. Então, é nas suas veias

que correm as nossas pulsações. E afastamo-nos, devagar,

para que a terra viva através de nós

uma existência puramente interior, despida

do fulgor animal das manhãs. Sentamo-nos

no mais longínquo dos quartos, de janelas fechadas, e

abraçamo-nos com um rumor de primaveras clandestinas,

com o inverno nos olhos.



NUNO JÚDICE

In A Fonte da Vida (excertos), 1997

sexta-feira, janeiro 24, 2003



CONFIANÇA

Em Salónica conheço alguém que me lê.
E em Bad Nauheim.
Já são dois.


Günter Eich, poeta alemão (1907-1972)
(Tradução de João Barrento)

Assim, no Brasil há uma pessoa que me lê e na Argentina também...
Já são muitas...

quinta-feira, janeiro 23, 2003



A MULHER DA LUA....

(...)

"Só quem traz a marca na alma conhece o sentido dos dias
de dança e entrega perpétua.
Sabe como lidar com o vermelho, com o que escoa sem
retenção, cachoeira em fluxo avassalador.
Vício empapuçado, salvaguardado, rara cobiça,
inóspita sensação buscada por poucos, por quem não teme
seguir em frente e deixar os instintos incorporarem,
lambuzando-se e integrando-se à energia primordial.
Sim, nessas horas a Lua no crescente, abre a cortina à primeira
estrela a surgir no quadrante ao lado, estampando um antigo par cultuado
por povos obcecados em manter sua origem: lua e estrela.
Como a tatoo que marca o pé da dama de cabelos ruivos,
longos, em cachos, desalinho dos contornos de sua figura
indomesticada. "


Roubei à ANA LU é só confirmar em:

LEMNISCATA



“A beleza da rosa pode estar oculta dentro do seu botão, mas já se encontra presente.
Do mesmo modo a nossa beleza transcendente e potencial encontra-se oculta dentro de nós
e as práticas espirituais ajudam-nos a desabrochar.”

“Se vivermos sem ética e magoarmos propositadamente os outros,
magoamo-nos também a nós próprios,
pois as mentes ficam repletas de culpa e de medo”


in “O ESSENCIAL DA ESPIRITUALIDADE”

de Roger Walsh


...yo te buscava y llegaste,
y has refrescado mi alma que ardía de ausencia


SAFO - FRAGMENTOS

Donnez ce que vous avez,
mais avec ce que vous êtes.


NATALIE BARNEY

quarta-feira, janeiro 22, 2003

Os livros e os gatos são mesmo os nossos melhores amigos...




ENTRE LIVROS


Extraordinário este diálogo ou monólogo de um livro que fala de si mesmo...





(...)

A Elzinha, então, aparecia por detrás da Virgem, como se esta tivesse criado vida, e tomava seu lugar no trono ricamente guarnecido de rosas; onde era coroada senhora e mãe dos céus. Eu sentia uma inveja enorme dela, e rezava para que a santa de verdade não descobrisse isso. E procurava mil defeitos na Elzinha, como estar grande demais para o papel. Sim, era isso, e no ano seguinte estaria maior ainda, e então seria hora de ela abandonar o trono.

(...)
de Ana Maria Gonçalves

Em "Ao lado e à margem do que sentes por mim"


Às cegas (excerto)

(...)

"Sente-se a forma, quase inteira na palma da mão; ou incontível. Depois toca-se suavemente o exterior, a textura, os dedos suavemente percorrendo os acidentes do papel e suas mínimas imperfeições. E no interior os decalques, os espaços vazios e as sobras ocas, as entrelinhas e os pensamentos em suspense.
Abre-se em leque e ouve-se o sussurro das películas que se sobrepõe, rentes ao ouvido, a intensidade e velocidade do som controladas pela habilidade das mãos. Pode-se então deitar ao chão, de uma altura cuidadosa, antes percebida pela robustês ou fragilidade do toque. E deliciar-se com o baque, geralmente único, possivelmente prolongando-se no eco do que não quer se deter. Guiado por onde ele termina, recolhe-se novamente.
Embriaga-se da leitura. Sorve-se o aroma dos antigos guardados, a herança dos velhos alfarrábios, a matéria-flora de que é feito. A matéria-mineral ou sintética de que é adornado. Inala-se os conhecimentos acumulados, o ar fresco dos ambientes abertos, até quase perder o ar, na tentativa de retê-los por mais e mais tempo.
Alguns quase pedem para serem degustados, devorados, à velha maneira simples do uso das mãos ao invés de talher. Talvez na ponta dos dedos impregne-se algo junto à pouca saliva.
E então lê-se. Às cegas, e como se fosse o corpo do ser amado: em braile."


Texto de Ana Maria Gonçalves


TIRADO DO UDIGRUDI

segunda-feira, janeiro 20, 2003


NOTA Á MARGEM...

Os endereços dos trechos acima reproduzidos e o acesso aos respectivos Blogs
"ENTRE LIVROS" e
"UDIGRUDI" ficaram bloqueados,
por isso repito aqui os mesmos que aconselho vivamente uma visita!




JANEIRO É O MÊS DOS GATOS

E EU TENHO ANDADO TÃO DISTRAÍDA NAS MINHAS MUDANÇAS (EXTERNAS E INTERNAS)
QUE QUASE ME ESQUECIA DE PRESTAR ESTA HOMENAGEM A ESTES SERES MARAVILHOSOS!


E FOI PRECISO SONHAR COM O MEU GATO EM RISCO DE MORRER PARA ACORDAR ...
PORQUE SOMOS NÓS HUMANOS TÃO INGRATOS?




NÃO RESISTI A PÔR MAIS UM ...

"Terei falado demasiado do meu gato?
Pior para o meu leitor, porque ainda não me cansei de elogiá-lo"


COLETTE

...Há dias em que só um ser superior como o gato nos é sensível...
Como se a sua aura de mistério e gentileza nos envolvesse em harmonia e doçura.
Ter um gato como companhia é um dos grandes privilégios do ser humano...
.

digo eu...


CONFIANÇA

Em Salónica conheço alguém que me lê.
E em Bad Nauheim.
Já são dois.


Günter Eich, poeta alemão (1907-1972)
(Tradução de João Barrento)



AS FÚRIAS

"Nossa tarefa, portanto, enquanto homens e mulheres, é não só libertar-nos das jaulas familiares
e das disposições mentais colectivas como libertar os seres transcendentais da prisão e do transe."


Robert Bly


"E assim o fogo se enfraquece e apaga,
Estranhos seres dançam nas chamas do acaso;
Vivemos a vida que o destino lega -
Opção, para alguns; para outros acaso."


Roselle Angwin

"Sem pôr os pés fora de casa, pode-se conhecer o mundo inteiro."

LAU-TSÉ



Os meus amados...

"OS GATOS SÃO UMA ESPÉCIE MUITO MISTERIOSA:
NA SUA MENTE PASSAM-SE MUITAS MAIS COISAS DO QUE SE PODE IMAGINAR
"

Walter Scott


O EGO E O SI-MESMO

"O ego não pode ser um vaso para receber o influxo da graça enquanto não tiver esvaziado o seu próprio conteúdo inflado. E este esvasiamento só ocorre através da experiência de alienação"

"Se a vida da pessoa é governada pelo sentido de uma tarefa divina, isso significa, psicologicamente, que o ego tem de estar subordinado ao SI-mesmo e foi libertado das preocupações que têm o ego como centro."

"A experiência do Si-mesmo é sempre uma derrota para o ego" *
* Jung


in "EGO E ARQUÉTIPO"
de Edward F.Edinger

sexta-feira, janeiro 17, 2003



MAGIA DAS FADAS

A canela sempre foi usada para magias de
prosperidade e pode ter seu resultado potencializado
se utilizada de acordo com esta receita originária
de uma antiga irmandade mística conhecida como "A
Senda das fadas":


Acenda num jardim um incenso de canela,
escolha uma flor e, segurando sempre o incenso, faça
com que as cinzas caiam formando um círculo em volta
da flor escolhida.


Peça então que a fada dessa flor oriente seus
caminhos rumo ao sucesso. Há milênios as fadas
atendem esse código tão singular
.

AS BRUMAS DE AVALON


Não quero rosas, desde que haja rosas.
Quero-as só quando não as possa haver.
Que hei-de fazer das coisas
Que qualquer mão pode colher?

Não quero a noite senão quando a aurora
A fez em ouro e azul se diluir.
O que a minha alma ignora
É isso que quero possuir.

Para quê?... Se o soubesse, não faria
Versos para dizer que inda o não sei.
Tenho a alma pobre e fria...
Ah, com que esmola a aquecerei?...


Fernando Pessoa, 7-1-1935.

quinta-feira, janeiro 16, 2003



"Tu és o pássaro azul e tu és o pássaro verde; tu és a nuvem que esconde o relâmpago, e tu és as estações do ano e os oceanos. Para além do princípio, tu estás na tua infinitude, e todos os mundos tiveram em ti o seu princípio."

OS UPANISHADES

MEMÓRIA INTEGRAL

Sou uma memória integral

Carrego vidas recorrentes
na minha vida de agora
mas nada sei da memória causal
a definir-me no dia que ora passa

Habitam-me memórias de profundis
os manifestos efeitos
de existência em existência
Parto e chego
recomeço inconsciente
enquanto
as vozes abafadas
fundíssimas e subtis
incontroláveis
maniatam o livre ser
que eu me creio

Ergue-se um véu antigo
logo outros mil ocultam
histórias sem fim
cóleras águas velhos enredos
choro de alma aprisionada
intermináveis desvios

Sou uma memória integral
uma antiga colectânea
de registos infinitos
camadas sobre camadas
superimpostas
pelo passar inexorável dos tempos

Lembranças de amor e desamor
impressões vagas
sufocantes
do canto da alma

Feridas abertas mas não expostas

Sou
a criadora
da memória total
que eu sou



Sou
a zelosa guardiã
de prisões que me teci
e preservo


Património antigo não visitado
não entendido
á tíbia luz do momento que passa

Sou uma memória integral
caminhante uma vez mais
pelo mesmos gastos caminhos

De entre a luz espreitam as sombras
dos tropeços dos enganos
que engendrei

Sou uma memória integral
Sou memória



Mariana Inverno
Londres, 1 de Maio de 2000

quarta-feira, janeiro 15, 2003



VOLTAR AO SAGRADO

"Hoje em dia, tudo se tornou profano. As funções do princípio feminino, dar nascimento e alimentar, perderam o seu carácter mágico e sagrado; o corpo da mulher tornou-se profano.

Em certas épocas, o erotismo era de essência sagrada: os atributos da dupla função do princípio feminino – o ventre e os seios – eram ao mesmo tempo desejados e respeitados como atributos sagrados.

As relações de ligação com a Natureza são a imagem das relações que temos com a mulher – veículo privilegiado do princípio feminino. A nossa civilização já não respeita a Natureza da mesma maneira que já não respeita a mulher, o princípio feminino e os valores que ela veicula. "




Pensar em nada
é ter a alma própria e inteira.
Pensar em nada
É viver intimamente
O fluxo e o refluxo da vida.


Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso. Só quero torná-la grande, ainda que para isso tenha de ser o meu corpo e a (minha alma) a lenha desse fogo. Só quero torná-la de toda a humanidade; ainda que para isso tenha de a perder como minha".

Álvaro de Campos

ABRIR O CORAÇÃO...

"Hoje, os Conselhos reúnem-se para coordenar operações Universais. Abri o vosso Coração a esta onda. Cada um de vós sabe perfeitamente de que é que nós estamos a falar, quando falamos em Abrir o Coração. Não há aqui nenhuma poesia, não há aqui nenhuma literatura. Este movimento que a Hierarquia vos pede, esta palavra que já anda nos lábios de tantos de vós, mas que ainda não foi suficientemente integrada à vossa Vida Interior – esta palavra “Abertura” contém em essência, a Essência da tarefa que vos é confiada. Cada um de vós sabe que representa um Espelho – um micro-Espelho. E cada um de vós está integrado a Espelhos maiores, que por sua vez respondem ao Grande Espelho."

Ó ESPELHO MEU, ESPELHO MEU, DIZ-ME SE HÁ MULHER QUE TE AME MAIS DO QUE EU...

terça-feira, janeiro 14, 2003



ISIS


"A humanidade e a Terra estão a passar de um regime de energia masculina, activa, do Logos planetário para o encontro com a energia feminina. Isto significa que todas as pessoas precisam encontrar a energia feminina dentro delas.

Existem muitos seres, fisicamente femininos, que ainda não encontraram a sua energia feminina oculta, profunda, ainda não encontraram a sua função Isis, a sua função de assistente daquilo que está separado.

A capacidade que Isis tem de reconstituir o corpo fragmentado de Osíris - este poder materno que todos os seres têm dentro deles - é uma coisa muito mais misteriosa do que ser carinhoso para com as crianças."





Ix Chel

Mayan Moon Goddess, Mother, Grandmother of Change.
Serpent of the Heavens, endlessly recreating
Yourself. Old Woman Spider, center of the world’s web,
eternally weaving and reweaving the fabric of life itself.

You sit at your loom, sing with your nesting weaver bird,
stroke each souls between your fingers,
weave us together in all our differences.

Healer and renewer, you send refreshing rain,
watch over women in childbirth
and with your sacred rabbit, scribe of lunar calendars,
compose herbs to ease and mend us,
welcome us to your sacred island, Isla Mujeres.

Oh, solitary and independent wanderer,
lover of nocturnal creatures
in your ever changing constancy
touch me with your light,
be my midwife for creation.


ANTONIA MATHEW 2001

segunda-feira, janeiro 13, 2003



A ENERGIA FEMININA

Lis/Fátima é um centro de energia feminina extremamente suave, mas forte em profundidade e poderoso na forma como se aproxima de nós. A cor que corresponde à sua energia é o azul-celeste. Trata-se de uma energia com um toque muito suave, doce, que convida a unificar o ser, a viver esse processo de homogeneização. A energia de Lis/Fátima é doce e envolvente.
Este centro nasceu depois da queda da Atlântida; os outros centros intraterrenos são muito mais antigos. Lis/Fátima é um dos centros mais jovens da Terra. Foi formado por grupos de sacerdotisas que se distanciaram do processo de luta, primário, em que a Atlântida caiu gradualmente. Antes que se desse a 'lavagem', estas sábias retiraram-se para os planos internos e foram recebidas por outros seres de energia feminina que já habitavam as regiões intraterrenas. Então, foi feito um pedido a Shambala para a fundar um novo centro intraterreno. Esse pedido foi aprovado e Lis nasceu.




Estas sacerdotisas são extremamente subtis e leves, tal como a energia do centro. A nota de Lis, do ponto de vista espiritual, é a consagração, o que significa entregar os corpos ao Ser Interno. A característica vibratória de Lis é uma vida alegre, é o melhor da vida monástica feminina... já que o pior não é leve nem alegre.
Ora, nós estamos a aproximarmo-nos, gradualmente, dessa energia.

O centro Aurora, por exemplo, já não é suave, embora seja, também, um centro de energia feminina. A sua vibração (violeta-eléctrico) lida com a elevação da luz nos corpos, com a activação das partículas luminescentes no físico, no emocional e na mente. É um elevador vibratório. Aurora é regido por Morya, enquanto que Lis é regida por Serapis. Contactas Aurora e começas a ficar tomado por um vórtice afirmativo da Nova Terra.


André


“Contra o orgulho das nações.

Contra o orgulho dos chefes das nações"

Desde do início da minha "página" que me tenho, de um modo geral, mantido afastada de políticas e ideologias, estas em definitivo desfeitas e sem qualquer suporte já no mundo inteiro, mas num momento como este em que O NEGÓCIO DAS GRANDES MAFIAS POLÍTICAS E ECONÓMICAS dominam as nações e avançam com o seu poder NEGRO E BÉLICO sem qualquer entrave da CONSCIÊNCIA HUMANA ao nível individual e nós as "massas" somos aglutinadas às suas causas de destruição e morte de seres humanos por meros interesses do capital privado e imperial, vejo-me impelida a lembrar que nos RESTA A CONSCIÊNCIA de que a ALMA É INCORRUPTÍVEL SE LIGADA AO ESPÍRITO NA UNÃO DAS FORÇAS CÓSMICO OU TELÚRICAS.

O PAPEL DAS MULHERES NA ADORAÇÃO DA DEUSA...



E mais do que nunca é preciso lembrar que os valores do PRINCÍPIO FEMININO DE PAZ E AMOR precisam urgentemente ser salvaguardado e mais do que nunca precisa ser a nossa verdadeira bandeira, contra a opressão do medo que a cultura de Poder MASCULINO (só um lado do ser) gera, libertando os nossos corações para uma energia de PERDÃO E ADORAÇÃO, pois só assim podemos contrapor às energias da guerra e do ódio que o medo gera, uma verticalidade de SER HUMANO completo - feminino e masculino integrados - que sabe que dentro sim apenas está, por opção e determinação sua, o amigo ou o inimigo!!!



Precisamos pois apelar a todos Mestres do planeta terra, ás Deusas e aos Anjos, às Hierarquias de Paz que nos salvem da catástrofe que os MAGOS NEGROS - NA PELE DESSAS INSIGNIFICANTES CRIATURAS QUE DESTILAM O ÓDIO DE UNS CONTRA OS OUTROS EM NOME DE FALSOS DEUSES E FALSOS INIMIGOS deste planeta preparam!

“Contra o orgulho das nações.
Contra o orgulho dos chefes das nações.”


Y.K.CENTENO


A MATRIZ DE CONTROL

"Quando se fala de translado entre a matriz de controle sugando a tua força vital a partir do plexo solar e a nova matriz - esse campo Melchizedeque de revelação da verdadeira imagem - tudo o que tu sabes acerca de ti próprio é relativamente inútil.

É preciso que este antigo ser compreenda que uma boa parte da sua bagagem não vai sobreviver ao translado. A matriz de controle tem que te manter constantemente com a sensação de que tu não és um ser completo porque se tu começas a desconfiar que existe um vórtex que começa a alinhar e a estruturar o teu ser até à divinização, a matriz de controle começa rapidamente a perder poder sobre ti.


O choque entre as duas matrizes é que a matriz de controle está tentando aprisionar a identidade das pessoas à superfície da consciência. No plano em que as coisas são reais, elas são reais porque esse plano vai ser desligado. O nosso sexo: eu sou do sexo masculino, será que sou mesmo? O que é isso ser do sexo masculino? Claro que há uma psicologia do masculino e uma psicologia do feminino e há uma tendência a que as forças que estão contidas na psique especificamente masculina venham mais à superfície se eu tenho um veículo masculino e há uma tendência para que as qualidades e as forças que estão no meu conteúdo psicológico feminino venham à superfície quando estou num veículo feminino e o que é que isto significa realmente? Significa que em certas circunstâncias, certas qualidades e vibrações exprimem-se de uma forma receptiva, qualitativa, fecundadora, ou exprimem-se de uma forma incisiva, penetrante, activa, determinante, mas a tua alma, nos seus níveis profundos, está cansada dessa coisa de corpos femininos e masculinos porque as nossas almas vêem a diferenciação sexual como carma cósmico.

O que a matriz de controlo procura é fixar as pessoas nestas identidades hiper periféricas em que eu fico português, masculino, erudito, ignorante, isto é tudo verdadeiro na casca e é melhor não a ignorarmos senão alienamo-nos, mas eu preciso ter em mim luz num grau que me permita tornar a casca transparente e reconhecer o meu irmão como uma alma.

A matriz de controle actuando através do plexo solar procura fortalecer toas as identidades periféricas: a identidade sexual, a nacionalidade, a minha formação académica (que pode ser uma prisão gigantesca) as heranças peagetianas da educação infantil, isto é o que a matriz de controle faz. Obviamente que há um nível saudável nisto, o nível que eu preciso estar consciente da minha identidade periférica.


Consciente significa eu poder ir à minha identidade periférica mas não ficar prisioneiro dela. Tu sabes que estás sob a matriz de controlo, que é mantida activa por magos negros à escala planetária, porque tu vens até uma identidade periférica e ficas prisioneiro dela. Qual é o problema de ser português, ou de ser formado em filologia ou de não ser formado, ou de vender castanhas? Não há problema desde que eu não me identifique muito com isso. Essas coisas não são nada!

ANDRÉ

domingo, janeiro 12, 2003



"Para que se saiba e nunca mais se repita a monstruosidade que foi o assassínio de 6 milhões de Judeus e mais cerca de um milhão de outras minorias étnicas ou políticas como os ciganos, os comunistas ou até os deficientes e os homossexuais. Um total de mais de 7 milhões de pessoas foram brutalmente exterminadas pela ideologia Nazi."

Viva o direito à Vida e à Liberdade.

A História inverte-se sempre e agora os judeus criam os ghetos dos árabes...



Diz F. Pessoa nos seus textos filosóficos:

"Goethe diz muito bem que o Deus de cada homem é como esse homem; Não é então, o Deus do maior homem o maior Deus?"

Eu pergunto que diferença é que há entre o Deus de Bush e o de Ossama Bin Laden, ambos filhos do Petróleo ...
e donos de umas "quintas" nos extremos do Globo...





Do livro de Y-K.Centeno - "IRREFLEXÕES":

"Rezar é sempre bom
desde que não seja a nenhum deus"


...é por isso que eu rezo sempre a uma Deusa...




Martin Luther King :

LEMBRAR UM HOMEM DE PAZ

"A questão não é saber se seremos extremistas, mas que tipo de estremistas seremos nós. Seremos extremistas a favor do ódio ou do amor? Seremos extremistas na preservação da injustiça ou pelo alargamento da justiça?"

"Não deveriamos nunca esquecer que tudo o que Adolf Hitler fez na Alemanha foi "legal" e tudo o que os resistentes húngaros fizeram na Hungria foi "ilegal".




"Sinto-me como um pássaro a quem cortaram as asas e que bate, na escuridão, contra as grades da sua gaiola estreita."

in Diário de Anne Frank, 29 de Outubro de 1943


Toda a gente no mundo estava tão destraída na sua vidinha como nós estamos agora a ver a banda passar e sem fazer nada...

sexta-feira, janeiro 10, 2003



Pela Paz Contra a Guerra



MANIFESTO ASSINADO por MÁRIO SOARES, FREITAS DO AMARAL,
MARIA DE LURDES PINTASSILGO E JOSÉ SARAMAGO


O texto critica ainda de forma contundente a actuação das forças israelitas no cenário da Palestina e a «manipulação anunciada dos meios globais de comunicação». Mais, apela-se ao lançamento de acções cívicas contra as «histerias securitárias que visam condicionar as liberdades individuais».

O documento é também subscrito por Freitas do Amaral, ex-secretário geral da Assembleia Geral das Nações Unidas, e, entre outros, por Almeida Santos, José Saramago, Maria de Lourdes Pintasilgo, Sousa Franco, Guilherme d'Oliveira Martins, Manuel Alegre, Maria João Pires e Carvalho da Silva.

As subscrições podem ser enviados para o endereço de e-mail: PELA PAZ.

Somos diariamente bombardeados pela propaganda de guerra e pelo coro dos seus arautos em solo europeu, como se a guerra fosse inevitável.

Essa propaganda serve interesses do capital financeiro internacional e anónimo, constituindo uma ameaça à soberania, dignidade e liberdade das nações e dos povos. Essa propaganda, a pretexto da luta contra o terrorismo, pretende justificar novas medidas de repressão e censura, impondo à sociedade uma perigosa interpretação da segurança que retira direitos, liberdades e garantias aos cidadãos e cria «inimigos» e desconfianças onde existe diferença e legítima contestação.

A guerra não é solução para a fome, para a miséria ou para o desemprego. A guerra não é solução para resolver a situação de quase dois terços da Humanidade, que vive abaixo dos níveis de vida mínimos. A guerra não resolve a opressão nem o terrorismo. A guerra não pode _ nem deve _ ser uma bandeira religiosa.


NOTA:

Sinto raramente este orgulho de ser portuguesa e de portugueses com dignidade e consciência humana, como é o caso destas figuras da Política Nacional e da Arte e Literatura que dão voz a um sentido superior de JUSTIÇA E VERDADE!


"O IDIOTA QUE JULGA SER SÁBIO É UM VERDADEIRO IDIOTA"
(a "SABEDORIA NÃO ENTRA NUMA ALMA ENGANOSA")


Buda



SÓ O AMOR DE DENTRO NOS CURA A ALMA...

"Sendo ilimitado, o amor transborda espontâneamente sob a forma de carinho e preocupação para com os outros.
Este carinho é expresso através de um estilo de vida ético que procura não prejudicar e sim melhorar o bem-estar dos outros.
A vida ética expressa e apura o amor."


"VEJA OS GANHOS DO SEU VIZINHO COMO SE FOSSEM SEUS
E AS PERDAS DO SEU VIZINHO COMO PERDAS SUAS."


- Taoísmo

a dor do falso amor...

"Essa ânsia pelo amor, baseado numa insuficiência, traz consigo uma praga de outros problemas. Quando a nossa sensação de bem estar depender da aprovação e do amor dos outros, tornamo-nos naturalmente dependentes - ou mesmo viciados - nesses outros. Agarramo-nos a eles, exigimos a sua atenção e amamo-los condicionalmente, oferecendo-lhes amor quando eles se comportam como queremos e rejeitando-os quando não o fazem."

"O ESSENCIAL DA ESPIRITUALIDADE" DE rOGER wALSH

quinta-feira, janeiro 09, 2003

FELIPPA L O B A T O
20 anos de pintura e escultura



1998/2002 - Acrílico s/ tela - Dimensão: 1.60 x 1.20 m
E-mail:felippalobato@sapo.pt

"Num Intervalo de Um Amor Maior"


EM EXPOSIÇÃO NA:

GALERIA ART FOR ALL




"O AMANTE DO VULCÃO" - o livro

"Dignidade ou vergonhosa abjecção, nada afectará aquilo que os implacáveis triunfadores decretam,
tornando-se a si próprios numa força da natureza. Tão inacessíveis à piedade como o vulcão."


A CLEMÊNCIA

"A clemência é o que nos eleva acima das nossas naturezas, sempre bem dotadas de sentimentos cruéis. A clemência, que não é o mesmo que o perdão, significa não fazer o que a natureza, o interesse próprio, nos dizem termoe o direito de fazer.. E talvez tenhamos esse direito, assim como o poder. Mas como é sublime não o fazermos apesar de tudo. Nada é mais admirável que a clemência."

SUSAN SONTAG

quarta-feira, janeiro 08, 2003



IRREFLEXÕES - O livro

"Escrever: forma de ir resistindo"

Y.K.Centeno


NOTA:

Telefonou-me uma amiga por ter encontrado aqui um erro de palmatória: "reflecções"...escrevi eu!
Estaria a pensar em ficções?
O certo é que dou muitos erros de palmatória quando escrevo ao computador...
São os reflexos da escrita quase mecânica quando se está habituado a escrever à mão
ou com o coração nas mãos...

REFLEXÕES...

Passados estes dias de distracção e festas vem o balanço do ano e novos projectos...

Eu, de vez em quando, entro em crise de "Blog" - de repente não me faz sentido continuar
e já o disse algumas vezes...
Sim, valerá a pena continuar com este BLOG tão desfasado dos outros e tão chato ou "erudito",
como amigos meus me dizem, pretensioso, talvez?

Deixo esta pergunta à vossa consideração. Ás vezes também preciso de um incentivo...
Não reclamo nada, a escolha é minha, mas preciso de um eco ou de saber que me lêem...

terça-feira, janeiro 07, 2003

"QUE MÁSCARA É ESSA
QUE POR TRÁS DAS PESSOAS SE ADIVINHA"

y.k.Centeno



"AS
ESCOLHAS DA VIDA."



“A árvore da vida estará sempre acessível à pessoa humana, mas só pelo lado do nascente se pode chegar ao pé dela, o lugar de novos começos e de sóis nascentes. E a pessoa tem de conseguir chegar lá uma e outra vez sempre como se pela primeira vez, por entre os fogos do sofrimento, do esforço, da discriminação.(...) Como disse um filósofo, há mil maneiras de dizer não e uma só de dizer sim.(...) Ou a pessoa vacila sem parar entre as paredes de suas estreitas e aprisionantes excentricidades, ou diz definitivamente que seguirá a via da Vida de qualidade mais ampla seja o que for que lhe seja pedido na caminhada. Esta última decisão determina absolutamente todas as outras escolhas. É uma decisão de comprometimento de acção sempre na direcção do Grito, daquela luta em que se envolve a pessoa na via para a totalidade. É a decisão de não ficar parado do lado de fora do jardim, enrolado na pena de si mesmo, na sua neurose, mas sim a de se movimentar na direcção da árvore da vida com tudo o que se é, quer conhecido quer desconhecido. É uma decisão que deve envolver tanta consciência quanta se consiga aceder na altura da escolha.

Depois deste primeiro “sim”, possivelmente todas as decisões futuras são, segundo a própria natureza do crescimento, imperfeitas, questionáveis, às vezes certas e às vezes erradas. Isto não altera o dominante Sim. Tendo dito esta palavra (à luz do aspecto desejável do fruto da vida), a pessoa tem de começar a confrontar-se com o tipo de desenvolvimento que a própria vida implica. Isto significa, entre outras coisas, reconhecer a importância do desenvolvimento do ego criativo através do qual se fazem as escolhas específicas. Isto também significa olhar de frente aspectos da psique geralmente evitados, para poder resistir aos puxões profundamente regressivos, esses elementos satânicos que arrastariam a pessoa de volta a velhos e destrutivos hábitos reactivos.
(...)

Quando uma pessoa chega realmente ao jardim, à árvore da vida, quando ela alcança o seu sentido como um microcosmo de ampla Liberdade, o jardim não será o mesmo. O acontecimento da consciência que existe entre o Éden e o Getsémani é (...) um grande acontecimento. E é difícil. E incrivelmente compensador porque traz a pessoa a si mesma e a uma nova relação com Deus. Só pode acontecer passo a passo, começando com a necessária saída da inocência do primeiro jardim.”

"O ESCOLHEDOR"
ELIZABETH HOWES e SHEILA MOON
(Tradução de Aldegice Machado da Rosa)


"Quando as chamas do fogo sagrado se elevam,
colacai nelas, com fé, as oferendas sagradas."


OS UPANISHADES

segunda-feira, janeiro 06, 2003



O teu nome está sempre nos meus lábios.
Por vezes as lágrimas pesam tanto quanto as palavras


OVÍDIO

A saudade não é só portuguesa é também galega...

SAUDADE / soidades

V

Corre o vento, o río pasa.
Corren nubes, nubes corren
camiño da miña casa.

Miña casa, meu abrigo,
vanse todos, eu me quedo
sin compaña nin amigo.

Eu me quedo contemprando
as laradas das casiñas
por quen vivo sospirando.
..............................
Ven a noite..., morre o día,
as campanas tocan lonxe
o tocar do Ave María.

Elas tocan pra que rece;
eu non rezo que os saloucos
afogándome parece
que por mín tén que rezar.

Campanas de bastabales,
cando vos oio tocar,
mórrome de soidades.


Rosalía de Castro nació en Santiago de Compostela
(La Coruña, España), en 1837
.

O meu primeiro desejo do ano...ir à Galiza...

UMA LIÇÃO DE CRIANÇA...



Tão bom que é a vida
ter desejos e amor
Tão belo é o jardim
e que vergonha...?


Vontade de ser apaixonada
porque as pessoas no mundo
são todas filhos e filhas de Deus...


Poemas da Mariana Oza que, como só tem seis anos
e ainda não sabe escrever
ditou-me textualmente ontem no almoço de família...
Não rima, mas soa-me bem...
Quando acabei de escrever ela decorou a folha com três corações...
Para ela pois...com o desejo de que seja uma grande poetisa...


A tia-avó...

sábado, janeiro 04, 2003



GATO QUE ME OLHAS LÁ DO FUNDO e do alto da tua estirpe...


O PENSAMENTO A ACÇÃO E A PALAVRA

"Tudo o que dizemos, fazemos ou pensamos afecta as nossas vidas e dá origem a consequências que podem assombrar-nos ou auxiliar-nos. Se ardermos em raiva, a raiva fica impressa no nosso cérebro; se falarmos com amor, o amor condiciona a nossa mente. É esse o principio do Karma." (...)

in "O ESSENCIAL DA VIDA ESPIRITUAL" - Roger Walsh

O VENTO E O FOGO

Como o vento é para o fogo,
É a ausência para o amor:
Se é pequeno, apaga-o logo;
Se é grande, torna-o maior.


(Quadras populares)

ALÉM DE MIM

Quando o sol é um sorriso desfazendo
A escuridão soturna,
Nos meus olhos, também amanhecendo,
É beijo aceso, a lágrima nocturna...
E quando a noite, espectro de outro mundo,
Por sobre a terra desce,
Todo o meu ser – tão pálido! – arrefece
E se torna sem margens e sem fundo...
Assim a minha vida é o fim das Cousas,
Seu estranho e fantástico destino!
As serras fragarosas
E o sol, astro divino,
Perdem-se no meu corpo em tempestade...
Meu corpo...ignoto mar;
Enlouquecida estátua de saudade,
A sonhar, entre nuvens, e a falar...
Que existe além de mim?
Silêncio, fria treva, solidão;
Um vago Azul sem fim,
A sombra da futura Criação...


TEIXEIRA DE PASCOAES
(1877-1952)

sexta-feira, janeiro 03, 2003



ADORO A DEUSA QUE BRILHA COMO O OURO,
HATHOR,
A TODA PODEROSA
E EU LOUVO-A....



EXALTO A SENHORA DOS CÉUS
DOU GRAÇAS À PADROEIRA.
ELA OUVIU A MINHA PRECE AO EVOCÁ-LA E
PÔS NO MEU CAMINHO A MINHA AMADA.


Poemas de Amor do Antigo Egipto