segunda-feira, dezembro 31, 2007

O VOO SUPREMO, O DO CORAÇÃO

A Força do Mundo

" E A ETERNIDADE É SENTIDA COMO ESTE ESTAR, ESTÁVEL, NO MEIO DO MUNDO, ESTA IDENTIDADE, SINCRONIZAÇÃO COM O RÍTMO CENTRAL E PRIMEIRO. O DO CORAÇÃO. " Dalila L. Pereira da Costa



LE BA E LE KA LA KLÉ DE MAITI



VOA MEU CORAÇÃO MAIS ALTO E MAIS LONGE, PARA MAIS PERTO DA MINHA ALMA.



VOA MINHA ALMA PARA MAIS ALTO E MAIS LONGE, PARA MAIS PERTO DO MEU CORAÇÃO...

o anjo da paz...


A sabedoria da Mulher: Clarice Lispector

" O que te estou escrevendo não é para se ler - é para se ser.
A trombeta dos anjos-seres ecoa no sem tempo. Nasce no ar a primeira flor. Forma-se o chão que é a terra. O resto é ar e o resto é lento fogo em perpétua mutação. A palavra "perpétua" não existe porque não existe o tempo? Mas existe o ribombo. E a existência minha começa a existir. Começa então o tempo? (...)
in Água Viva


A sabedoria da India, milenar n' OS UPANISHADES

"Todo aquele que conhece o começo da vida, e como entra no corpo, e como lá mora nas suas cinco divisões, e conhece as suas relações com o Espírito íntimo, esse goza da vida eterna; na verdade, goza a vida eterna".

**************
Lembro-me e agradeço a todas as amigas que ao longo do ano por aqui passaram e deixaram rasto...A Cristina, que não diz nada há tanto tempo, a Igaci, a Paula, a Juliana, a Marian, a Luiza Frazão a quem roubei a imagem do anjo, a Chara que chegou agora, e a todas cujo nome não cito, a todas as que me encorajaram e deram incentivo deixo esta mensagem do anjo da paz nos vossos corações...e que a nossa união passe fronteiras e vá além do simples virtual...rlp

uma asa no céu...


Neste Fim de Ano gostaria de vos desejar as boas entradas, mas o meu imperativo é outro e tudo o que vos desejo sinceramente é o acordar da Deusa em cada uma de vós e a Consciência cada vez maior da premência de sermos fiéis a nós mesmas, à nossa essência feminina no Novo Caminho a percorrer.

Deixar para tràs os medos e a inveja a competição e o ego, a vaidade de querer ser melhor ou ter o que quer que seja de inútil para o nosso fim. O objectivo tem de ser firme e a vontade forte. Vai haver cada vez mais simulacros do verdadeiro espírito da Deusa, muitas mulheres a fingirem que querem chegar aos seus poderes, sem entendimento nem união íntima do seu ser... e a competição pode continuar e o ódio umas às outras para defenderem a sua ambição ou os seus credos, sem serem fiéis à Grande Mãe nem terem lealdade com as outras mulheres.

Vamos entrar num ano em que as trevas se acentuarão, mas também a Luz será mais forte e brilhante do que nunca, mas vamos principalmente de ter que ter um verdadeiro discernimento sobre a verdade e a mentira - pois elas vão-se parecer muito à vista desarmada!- e não entrar na luta, mas na paz do nosso coração. Isso não implica que não tenhamos de ser claras sobre o sentido de justiça e verdade a cada momento que passa e agir de acordo com a nossa consciência profunda!

Assim, o caminho só é compreensível na medida que o nosso coração esteja em paz connosco mesmas e seja uma realidade na nossa vida do dia a dia...não é anunciar ou escrever coisas só para entreter o tédio ou porque está na moda falar da deusa...
rlp

O PODER DA MULHER...

AS MULHERES COMUNS, OU AS MULHERES DE SUCESSO, SEM IDENTIDADE PRÓPRIA, SEM CONHECIMENTO DO FEMININO SAGRADO E QUE SE NÃO RESPEITAM NA SUA ESSÊNCIA, PORQUE A DESCONHECEM, TEM A LIBERDADE DE PERSEGUIR O PODER...
E DESPREZAREM-SE UMAS ÀS OUTRAS COMO OS HOMENS AS DESPREZAM...EMBORA SUAS CÚMPLICES. O MEDO TORNA-AS SERVIS.
DE DOMÉSTICAS PASSAM A DEPUTADAS COMO PASSARAM A PROSTITUTAS DO SISTEMA, HÁ SÉCULOS...

A adoração da deusa mãe

"É o que emana da própria tradição cristã, no que ela vai aurir ao Antigo Testamento. “Eu fui criada desde o início e antes dos séculos”, segundo o Eclesiastes.

A adoração da Grande Mãe remonta ao mais recuado dos tempos...

A Grande Deusa era adorada em todo o mundo antes da nossa história e já no Egipto Isis era a senhora por excelência e cuja imagem vem a corresponder à imagem adoptada pela Igreja Romana com o menino ao colo e só por volta do séc. VI - no esquecimento do seu verdadeiro culto e origem – é reencontrada em Maria, mãe de Jesus, que a liturgia bizantina celebrava na Dormição da Mãe de Deus - antes era a Deusa! -

"Mas por hora ela dormia e antes que acordasse eles tomaram conta...
Na época, o Imperador Maurício fixou a efeméride para o dia 15 de Agosto e até aos nossos dias ficou assim registado. Através de muitas lutas, e petições, o dogma da Assunção Corpória da Nossa Senhora levou muitos séculos a ser aceite até que no séc. XVIII foi assinada a bula que o admitia, embora a Igreja Católica sòmente em 1950 através do Papa Pio XII a tenha oficializado." j.m.

domingo, dezembro 30, 2007

dando as mãos entre si...


Senhora minha, Mãe misericordiosa,

Neste mundo eu sou todas as mulheres

Que neste planeta sofrem há milénios...
Sou a vagabunda, a prostituta, a estrangeira e a louca...

Sou a inválida, a doente, a desgraçada e a histérica;
Sou a mulher árabe condenada a cobrir o rosto,
Proibida pela lei de alá de falar, sorrir e olhar.
Sou todas as mulheres violadas e mortas
pela mão destruidora do macho,
perseguidas pelos padres desde os primordios da sua história,
queimadas nas fogueiras da Inquisição. Que eu não esqueço!

Senhora dos Oráculos, dá-me a tua Visão de Paz e Amor
Ouve a minha prece: vem a este Mundo e impera!

Ó vem e salva a terra e a nós mulheres, desta barbárie.
in "Antes do Verbo era o Útero "
ROSA LEONOR PEDRO



(...) PARA EVITAR O DESASTRE,
A MULHER TEM DE NOVO REENCARNAR A DEUSA
NA TERRA,
DE RECUPERAR COLECTIVAMENTE A MEMÓRIA DE QUEM É,
DE REAPRENDER A ARTE DE CURAR,
DE SE ASSUMIR DE NOVO COMO GUARDIÃ DO GRANDE ÚTERO FERIDO
QUE É A TERRA
DANDO AS MÃOS ENTRE SI PARA A TRATAR
RESTITUINDO-LHE A CAPACIDADE DE CRIAR
(...)
IN Os Portais do Tempo de Antónia de Sousa ed. ART-FOR-ALL

Chegou a hora

(...)
"Buscamos movimentos de consciência.

A energia feminina, portadora da magia e da intuição, concordou em abdicar dessas qualidades – energia feminina significando não apenas os seres fisicamente femininos, mas a consciência feminina.
O movimento patriarcal nos últimos cinco mil anos afastou-se completamente do processo do nascimento para poder dedicar-se ao desenvolvimento de armas e ao contínuo aniquilamento dos seres humanos. As mulheres estão com um “nó na garganta” porque concordaram, há quatro ou cinco mil anos, manter silêncio acerca da magia e da intuição que representavam e conheciam como parte da chama gémea. A chama gémea consiste na energia masculina e feminina coexistindo num só corpo, quer seja ele fisicamente masculino ou feminino.
Durante este período de mudança, será necessário que as mulheres desatem o “nó da garganta” e se permitam falar. Chegou a hora.

BARBARA MARCINIAK,
Mensageiros do AmanhecerEd. Ground, São Paulo, 1992

AS PALAVRAS DA CLÁUDIA


Fico muito feliz que tenha compreendido perfeitamente o que quis expressar e também por publicar minhas palavras!

Vejo nitidamente que as mulheres só poderão começar a se unir quando em primeiro lugar deixarem de ter como prioridade em suas vidas a adaptação ao sistema e a conquista do “sucesso” através da anulação do feminino em si mesmas! E isso inclui todas as áreas de actuação incluindo a carreira e talvez até principalmente, a tão sonhada conquista do "príncipe encantado"!

As mulheres precisam deixar de colocar a sua energia no lugar errado e direccioná-la para aquilo que realmente possa trazer libertação! Mas como fazer isso se, para começo de conversa, a maioria sequer suspeita de que NÃO SÃO LIVRES! Vivem numa espécie de sonambulismo que as impede de tomar qualquer atitude...
Acredito que acordá-las para essa dura realidade seja o papel daquelas que, como nós, tiveram a coragem de olhar a verdade e enfrentá-la, renunciando às ilusórias vantagens que o sistema oferece e entregando-se à Deusa com devoção e total confiança.

Penso também que a lealdade feminina já é uma qualidade inata às mulheres, mas nos fizeram direccioná-la quase que unicamente para a relação com os homens, numa tentativa de nos distrair e desviar nosso foco, para assim colocá-la a serviço do patriarcado. Desta forma conseguiram manter as mulheres desunidas! Mas creio que agora é chegado o momento de mudar tudo isso. Pressinto que, mesmo quem tem fugido da verdade, agora terá de encará-la e nossa união, mais cedo ou mais tarde, será uma realidade.
Obrigada pelo apoio e pelo seu exemplo de dedicação à luz!

Um grande abraço,
Cláudia Botelho - mater mundi http://vozdadeusa.blogspot.com/

sábado, dezembro 29, 2007

UMA HOMENAGEM A TODAS AS MULHERES


QUE MORRERAM POR OUSAR LUTAR

A Willendorf tem sobre mim um poder inexplicável... desde que a vi nunca mais me consegui separar dela... me fascina, me cativa livremente, me acha... Mas o mais interessante é que a própria força da mulher se mantém, a sua divina centelha não se apaga, venham as invasões bárbaras, venham as escravidões, venham as inquisições, venham as fogueiras... venham as máfias, venham as pílulas anticoncepcionais, venham os terroristas... por mais atrozes e vergonhosamente covardes e violentos que possam ser não conseguem calar a mulher... nada pode destruir a força que gera a vida... por mais que se tentem destruir, ela está sempre lá, sempre viva, sempre luz... simplesmente ela renasce e se mantem viva e todos os segundos ela está... ela é, sempre...

Muito antes do verbo e para sempre... até que a espada se esvai, se torne pó, até que as lutas acabem, todo o mal cessará, e ela sempre estará lá... a VIDA nunca morre... e um dia isso será inteligivel para todos, não apenas para alguns... Todos vão saber que o verdadeiro poder é a VIDA... da vida vem o amor a paz e todas as coisas boas... e é impossível destruir a vida...pq ela continuadamente se renova se renasce... a VIDA é indestrutível, assim como a mulher que gera a vida... todo o resto passará... E é por isso que mesmo nas sociedades patriarcais ela está lá... e nem toda a violência do mundo nem nada pode destruir a VIDA e nem A DEUSA DA VIDA...


A WILLENDORF É SEM DÚVIDA A MAIS FASCINANTE DAS REPRESENTAÇÕES DA DEUSA E DELA DESCENDEM TODAS AS OUTRAS, ELA É A MAIS ANTIGA...

32 MIL ANOS DE EXISTÊNCIA E ELA É A UNICA TESTEMUNHA...

A PRIMEIRA OBRA FEITA PELAS MÃOS DE UMA MULHER...

EU ADORO E VENERO E AMO A WILLENDORF...

Comentário escrito por Juliana de
Imagem de Benazir Butto

A DEUSA TRÍPLICE



Para entendermos correctamente quem é esta Divindade, temos que voltar até os primeiros povos da Terra. Quando os povos primitivos identificaram a mulher com a Terra e associaram a existência da Terra a poderes divinos, consideraram que o poder que conspirou para que o Universo fosse criado era feminino. Como só as mulheres têm o poder de dar a vida a outros seres, nossos ancestrais começaram a acreditar que tudo tinha sido gerado por uma Deusa.
Em diversas partes do mundo a Grande Deusa Mãe é associada à Lua, já que existia um poder maior que agia entre a mulher e a Lua. Todas as religiões primais viam no poder feminino a chave para o Mito da Criação e assim o Universo era identificado como uma Grande Deusa, criadora de tudo aquilo que existia e que existiu. Nada mais lógico para uma sociedade em processo de evolução, pois não é do ventre da mulher que todos nós saímos? O culto a Grande Deusa remonta a Era de Touro. Nesta época o respeito ao feminino e o culto aos mistérios da procriação eram muitos difundidos. Nas culturas primitivas a mulher era tida como a única fonte da vida, tanto que os lugares onde ocorriam os partos eram considerados sagrados e foram nestes lugares que surgiram diversos templos de veneração à Deusa.
Com o avanço da agricultura, a importância do solo passou a ser primordial e a Grande Mãe Terra (a Deusa) se tornou o centro de culto das tribos primitivas. As mulheres eram consideradas responsáveis pela fartura das colheitas, pois eram elas que conheciam os mistérios da criação. As várias estatuetas femininas como as Vênus de Willendorf, de Menton e Lespugne, representam a sacralidade feminina e os poderes mágicos e religiosos atribuídos à Deusa na época do Paleolítico e Neolítico.
Ela esteve presente em todas as partes do mundo sob diversos nomes e aspectos: Kali na Índia, Ishtar na Mesopotâmia, Pallas na Grécia, Sekhmet no Egito, Bellona em Roma e assim sucessivamente. As Grandes Deusas da Antiguidade exerciam o domínio tanto sobre o amor como sobre a guerra.
O símbolo da Grande Deusa é o caldeirão, que representa o mundo que ela criou e carrega em seu ventre. Este objeto é associado à Deusa porque a criação se parece com o que se pode realizar no interior do mesmo. O mundo é uma maravilhosa obra alquímica que a Deusa criou e comanda através das manobras e poções realizadas em seu caldeirão, o lugar onde nasce a vida.
A Deusa é a energia Geradora do Universo, é associada aos poderes noturnos,a Lua, a intuição, aos lado inconsciente , à tudo aquilo que deve ser desvendado, daí o mito da eterna Ísis com o véu que jamais deve ser desvelado.
A Lua jamais morre, mas muda de fase à cada 7 dias, representando os mistérios da eternidade e mutação. Por isso a Deusa é chamada de a “Deusa Tríplice do Círculo do Renascimento, pois também muda de face, assim como a Lua, e se mostra aos homens de três diferentes formas como: A Virgem, A Mãe e A Anciã. Isso não difícil de se entender, pois dentro de Wicca todos os vários Deuses e as múltiplas faces e aspectos da Deusa, nada mais são do que a personificação e atributos da Grande Divindade Universal. (…) autor desconhecido
(...)


Para a Juliana:
As mais belas representações na Arte ao longo dos séculos e em todo o Mundo são
Mulheres & Deusas...Isso prova-nos que a sacralidade de Mulher está para além do que o patriarcalismo fez da mulher e da deusa na vida real e sobretudo na vida moderna...

as palavras do


Menino alquimista

Jovens, Mães, Anciãs. Mulheres. Como amo vocês. Grandes sacerdotisas da vida. Portadoras do maior dom. Nós homens, devemos todos as homenagens a vocês, cada reverência, cada aplauso, cada sorriso, cada carinho, e acima de tudo, devemos desculpas. Desculpas por termos maltratado vocês. Desde os primórdios da história, subjugamos, torturamos, matamos, estupramos seus corpos sagrados. Não posso representar todos os homens, porque nem todos estão prontos para pedir desculpas, o machismo ainda prevalece em suas almas, em baixo de mascaras, como por exemplo, a religião.
Usamos livros sagrados, embora eles não falem nada a respeito de que, as mulheres são submissas aos homens, nós homens Insistimos em tais asneiras. O mais triste, é que, milhares de mulheres acreditaram, e acreditam nessas mentiras inescrupulosas, algumas amam ser pisadas por nós homens. Gostaria muito que, as mulheres tomassem o poder do mundo. Alguns dizem que o mundo seria uma merda. Agora me responda; o mundo comandado por nós homens, está como? O tal sacerdócio estipulado por Deus, segundo os homens, é claro, está resolvendo alguma coisa, ou está piorando as coisas? Até parece brincadeira, mais estou falando sério, gostaria que, pelo menos, houvesse um equilíbrio entre homens e mulheres, em todos os sentidos da vida. Mais isso depende também das mulheres. Agora vocês são livres, pelo menos em alguns países. Despertem para à Nova Era. À Era do conhecimento de si mesmo. Libertem os seus segredos, há milhares de anos aprisionados. Mostre à sabedoria divina que está guardada em seus corações. Levante minhas sacerdotisas. Amadas mães. Voltem...

Autor: Lucas Pereira

Meu querido amigo: não perca esse fôlego sagrado que a Grande Mãe lhe concede…Para nós mulheres que queremos trazer o feminino sagrado, a voz de homens como você é igualmente sagrada…
Obrigada pela sua coragem e vontade de Ser um Verdadeiro Homem. Continue a trilhar o caminho da Deusa e chegará ao seu destino…o Amor da Grande Mãe, a salvação de Gaia, nossa Terra amada!

in LADO DIREITO: http://umapalavra.blog.terra.com.br

sexta-feira, dezembro 28, 2007

A VISÃO DA POTÊNCIA DO FEMININO

(...)
"Vocês não tem um panteão de imagens femininas criadoras poderosas, como o masculino que sirva de padrão da imagem positiva da força feminina. Assim os homens esforçam-se por ser másculos e as mulheres para adquirir a força através da vibração masculina, não possuindo nenhum dos dois e uma visão clara da potência feminina.

Criem essa imagem. Comecem a reconhecer a riqueza da energia do lado feminino do EU, que é intuição, receptividade, criatividade, compaixão e nutrição." (...)

in MENSAGEIROS DO AMANHECER

O PODER DA DEUSA ESTÁ NA MULHER


A MULHER PRECISA DE GRITAR A SUA FÚRIA PARA SE LIBERTAR DAS GRADES "MORAIS", SOCIAIS E RELIGIOSAS DO PATRIARCADO


"Houve muita especulação quanto ao facto de uma mulher furiosa ser apavorante no seu poder. No entanto, essa é uma projecção da angústia pessoal do observador, demasiada para que qualquer mulher a suporte.


Na sua psique instintiva, a mulher tem o poder, quando provocada, de se enfurecer com consciência – e isso realmente é algo poderoso.
A raiva é um dos meios inatos de que ela dispõe para começar a criar e a manter o equilíbrio que necessita, tudo o que ela realmente ama. É seu direito e, em certas horas e sob certas circunstâncias, é seu dever moral.

Para as mulheres isso significa que existe a hora para mostrar os dentes, para mostrar a poderosa capacidade de defender o seu território, para dizer ”até aqui nem mais um passo, não passe a responsabilidade adiante, não se intrometa, tenho uma coisa a dizer, tudo isso vai decididamente mudar”.


in "MULHERES QUE CORREM COM OS LOBOS"
CLARISSA PINKOLA ESTES


quinta-feira, dezembro 27, 2007

A FUSÃO COM A DEUSA

De cada fusão do adepto com uma Deusa, nasce um fogo vivo, azul e frio, que vai buscar as suas forças ao Vazio. Quando o adepto fez nascer todos os fogos da Árvore divina, então o corpo azul do deus nasce do corpo do adepto. O adepto desaparece.
Ele nunca existiu, só Isso, o Deus/Deusa azul permanece.
Nesta forma rara e sofisticada de shaktismo, a Shakti é tanto interna com externa, mas ela é sempre uma manifestação tangível da Deusa do Centro, a companheira de Shiva. O adepto só se torna Shiva, simbólica e realmente, por, e em Shakti.


andré van lysebeth

A VOZ DA DEUSA...




Chara disse...

Rosa,
Fico muito feliz que tenha compreendido perfeitamente o que quis expressar e também por publicar minhas palavras! Vejo nitidamente que as mulheres só poderão começar a se unir quando em primeiro lugar deixarem de ter como prioridade em suas vidas a adaptação ao sistema e a conquista do “sucesso” através da anulação do feminino em si mesmas! E isso inclui todas as áreas de actuação incluindo a carreira e talvez até principalmente, a tão sonhada conquista do "príncipe encantado"!

As mulheres precisam deixar de colocar a sua energia no lugar errado e direccioná-la para aquilo que realmente possa trazer libertação! Mas como fazer isso se, prá começo de conversa, a maioria sequer suspeita de que NÃO SÃO LIVRES !!!??? Vivem numa espécie de sonambulismo que as impede de tomar qualquer atitude...

Acredito que acordá-las para essa dura realidade seja o papel daquelas que, como nós, tiveram a coragem de olhar a verdade e enfrentá-la, renunciando às ilusórias vantagens que o sistema oferece e entregando-se à Deusa com devoção e total confiança.

Penso também que a lealdade feminina já é uma qualidade inata às mulheres, mas nos fizeram direccioná-la quase que unicamente para a relação com os homens, numa tentativa de nos distrair e desviar nosso foco, para assim colocá-la a serviço do patriarcado. Desta forma conseguiram manter as mulheres desunidas! Mas creio que agora é chegado o momento de mudar tudo isso. Pressinto que, mesmo quem tem fugido da verdade, agora terá de encará-la e nossa união, mais cedo ou mais tarde, será uma realidade.

Obrigada pelo apoio e pelo seu exemplo de dedicação à luz!
Um grande abraço,

Cláudia Botelho

MATER MUNDI in http://vozdadeusa.blogspot.com/

Obrigada Chara por ter começado o seu blog...
Breve seremos uma corrente inquebrantável...seremos cada vez mais a Voz audível da Deusa, a Voz que nos foi roubada. Todas juntas faremos as mulheres cantar a Gaia o seu velho canto para que a Terra inteira ressuscite e se erga de novo na sua Glória e todas nós unidas cantaremos em sua honra de mãos dadas!

quarta-feira, dezembro 26, 2007

A "EVOLUÇÃO" ZERO...

Mulheres licenciadas aumentam 60 vezes em meio século
IN DN ELSA COSTA
"O peso de mulheres licenciadas na sociedade portuguesa cresceu mais de 60 vezes nos últimos 47 anos. Se em 1960, o total de diplomadas não ia além dos dez mil, no final do ano lectivo em curso esse número deverá rondar as 600 mil. A evolução é muito significativa, mas falta ainda, explicam especialistas em sociologia da educação, conquistar o mercado de trabalho e chegar a lugares de topo.
Em 1960, a percentagem licenciada não chegava sequer ao meio por cento do total das mulheres (0,23%) - dez mil num universo de pouco mais de 4,6 milhões. No mesmo ano, havia mais de 38 mil homens com o ensino superior, sendo que as sendo que as maiores diferenças do género se encontravam em cursos como Direito e Engenharia."
(...)
"Apesar da clara vantagem das mulheres no acesso ao ensino superior, mantêm-se ainda as grandes desigualdades no mercado de trabalho, onde há "forte segregação profissional", explica Custódia Rocha. As mulheres, diz, enfrentam mais obstáculos para se inserir no mercado de trabalho e atingem apenas as posições mais baixas da hierarquia, exercendo funções para as quais estão sobrequalificadas. "Apesar da igualdade a nível de acesso, não se operacionalizaram questões como a eliminação de concepções estereotipadas dos papéis sociais", adianta a socióloga. Os cursos com maior tradição feminina têm menor acesso ao mercado de trabalho e as mulheres continuam minoritárias nos cargos de chefia e decisão."
««««««««««

COMO é bastante óbvio neste texto o Caminho da Evolução da Mulher não passa pela Universidade nem pelas Faculdades patriarcais...Aí a mulher não aprende nada senão a servir o patriarcado através da sua filosofia e dos seus dogmas...
Aprende a manter o mundo na diferença, na violência, na submissão, na divisão...aprende a ser fiel ao sistema que a reduz a zero e não lhe dá senão lugares de subalternidade e mesmo que fossem de chefia seria para apenas ser mais um "homem" contra as mulheres como o são todas as mulheres na Política ou nas Instituições estatais. As mulheres licenciadas no País não têm qualquer peso na transformação da Vida das mulheres nem do País!!!

Enquanto a mulher não acordar para si própria e para a dimensão do sagrado em si e da sua verdadeira identidade, enquanto não recuperar a Sua Voz ancestral de sacerdotisa da Deusa, de Oráculo da Terra, de Medium e Pontífice entre o Céu e a Terra, nada mudará à face da Terra. rlp

A UNIÃO DAS MULHERES NÃO É SÓ UM SONHO


Claudia, espero que não se importe que eu tenha publicado o seu comentário. Fí-lo porque acho muito importante o seu testemunho dessa sincronicidade e também porque me dá enorme prazer saber que há mais mulheres que estão em sintonia com o espírito da Deusa! E claro não escondo que fico contente por Mulheres & Deusas terem um papel activo nestes encontros pois o mais importante para mim é a mulher manter-se fiel a si mesma a partir do momento em que começa a ter essa consciência.

Desejo que publique em breve o que escreve e o torne público no seu blog pois dentro em breve podemos fazer uma verdadeira irmandade feminina, baseada na Consciência do Feminino Sagrado e poder ter um peso diferente na vida das mulheres. A União faz a força, foi por isso que a Igreja de Roma nos dividiu e amordaçou aos seus dogmas e credos! As mulheres juntas, de facto, podem mudar a face do planeta...

Aos poucos poderemos ir minando o campo...não de minas nem de guerra, mas de paz amor e compreensão da Natureza que é a nossa e à qual estamos intrinsecamente ligadas. Precisamos urgentemente retomar as suas forças e salvar Gaia da destruição que são a poluição e a violência.
As mulheres são as Suas sacerdotisas, as suas vozes...
Cada mulher acordando (a voz do útero) é um Eco Sagrado que ecoa na Terra inteira e as mulheres que vivem nos confins deste mundo ouvirão este eco!

Obrigada Cláudia por me ter contactado e exprimido os seus sentimentos. É isto que todas precisamos fazer, dar força e confiança uma às outras.
A Juliana fala de Lealdade Feminina...
Um abraço

Rlp

A SINCRONICIDADE ACTIVA

“As conexões com e entre as mulheres são as mais temíveis, mais problemáticas e as forças mais potencialmente transformadoras do planeta.” (Adrienne Rich) Rosa Leonor,

Quero que saiba que sou uma grande admiradora do seu trabalho através do “MULHERES & DEUSAS”. Como mulher só, exilada do sistema por ter a audácia de ver o que poucos vêem e a coragem de ser fiel a mim mesma, seu blog tem sido para mim motivo de inspiração e fortalecimento. É reconfortante saber que não se está completamente sozinha nesta luta contra um gigante monstruoso chamado patriarcado, que devastou o planeta oprimindo e massacrando a todos os seus habitantes por um longo período de tempo.

Ao constatar o alto nível do conteúdo publicado no “MULHERES &DEUSAS , passei a visitá-lo freqüentemente e estou começando até a criar o meu próprio blog, como um espaço dedicado à livre expressão de idéias e assuntos ligados ao feminino e, acima de tudo à conscientização das mulheres.Tenho ficado por vezes, impressionada com a sincronicidade entre meus insights diários e os textos que encontro aqui. Ultimamente, tenho registrado minhas idéias em pequenos pensamentos ou poesias e ao encontrar esses mesmos temas sendo abordados aqui, tenho uma vitalizadora sensação de estar no caminho certo.
Recebo essas coincidências como uma
gratificante confirmação de que a Deusa realmente está de volta, usando nossas
mentes, nossas vozes e acima de tudo nossa ousadia, perseverança e determinação
para expressar-se e reconquistar o lugar que lhe foi covardemente roubado nesse
planeta.

Que nós, mulheres conscientes, possamos nos unir e fortalecer mutuamente cada vez mais, pois quando nos colocamos a serviço da Deusa torna-se inevitável a constatação de que a vitória de um é a vitória de todos!

Receba meu carinho e admiração,
Cláudia Botelho (Chara)

segunda-feira, dezembro 24, 2007

auto-retrato...

... Poucas ou raras mulheres têm em conta as informações que transcrevo ou querem aprofundar o que aqui escrevo. Por isso, eu digo que a maior parte das mulheres são hoje em dia, nomeadamente na Blogosfera, o maior obstáculo à Consciência emergente do Feminino Sagrado!

Elas servem exclusivamente o Princípio Masculino veiculando a palavra*, uma escrita e uma imagem de si mesmas de acordo com padrões de preferência patriarcal em detrimento delas próprias e da integração dos dois princípios.
No entanto é cada vez mais claro que sem a União dos dois Princípios, Feminino e Masculino, yin e yang, Gaia não pode viver a sua dimensão sagrada nem o ser humano atingir o sentido cósmico da vida e alcançar uma Consciência ecológica, verdadeiramente integrada, planetária e universal!

Cabe à mulher antes do mais acordar para a sua dimensão sagrada e unir as duas mulheres em si cindidas pela Igreja de Roma. Cabe à mulher acordar a Deusa dentro de si e revelá-la ao mundo. Essa poderá ser porventura a experiência mais profunda e gratificante e jamais terá na vida outra oportunidade igual ou superior para o conseguir.

Só a união da Mulher em si, consciente da sua divisão, no casamento consigo mesma e com a Terra-Mãe poderá salvar o Planeta da destruição iminente em que ele, pela mão violenta do homem agressor se encontra!
Cabe ao Homem igualmente acordar para o seu lado Feminino e ajudar a mulher a caminhar para uma nova Ordem Planetária de verdadeira paridade entre os sexos e do amor sem posse ou exclusividade.

(...) excerto de artigo rosa leonor


* Recorrentemente as mulheres falam no masculino quando falam até delas próprias...recentemente assisti a uma palestra em que a percentagem de mulheres era de 95% e a senhora que a dava, dizia apenas "meus senhores"...

A Lilith gosta de flores...




(...)"Baseando-se nos escritos antigos encontrados na Índia, no Egipto, nas escolas iniciáticas antepassadas e nos templos sagrados, que os ministros de Roma elaboraram uma religião para o até então império pagão. Roma era um império que recolhia taxas dos territórios ocupados pelo Imperador e não um império religioso. Roma era uma potência de guerra que implantava um poderoso comércio financeiro entre os povos. Até Constantino I, Roma deixava os territórios ocupados livres para praticarem suas religiões, depois de Constantino, Roma passou a ser conhecida como sede da religião Católico Apostólica Romana.



Muitas das informações sobre o nascimento da luz pela virgem mãe na Terra, sobre os seres de luz que estavam na Terra, sobre os mestres que curavam, andam sobre as águas e ressuscitavam. Quase todas as informações verdadeiras foram recolhidas pelo império. Foram interpretadas e readaptadas pelos ministros do imperador com o intuito de formatar uma religião única para o Império"

luz e sombra...

Magnificat
Quando é que passará esta noite interna, o universo,
E eu, a minha alma, terei o meu dia?
Quando é que despertarei de estar acordado?
Não sei. O sol brilha alto,
Impossível de fitar.
As estrelas pestanejam frio,
Impossíveis de contar. O coração pulsa alheio,
Impossível de escutar. Quando é que passará este drama sem teatro,
Ou este teatro sem drama,
E recolherei a casa?
Onde? Como? Quando?
Gato que me fitas com olhos de vida, que tens lá no fundo?
É esse! É esse! Esse mandará como Josué parar o sol e eu acordarei;
E então será dia. Sorri, dormindo, minha alma!
Sorri, minha alma, será dia !

Álvaro de Campos

domingo, dezembro 23, 2007

TAV – A ESTRELA DA VERDADE



“Não esqueças, que só o poder da Luz é capaz de purificar as energias pesadas e libertar a tua alma, mas compete ao teu livre arbítrio abrir – lhe as portas do teu ser, através das tuas tomadas de consciência e pela tua pela determinação em te entregares inteiramente à sua acção.

Se Ela se torna o Essencial aos teus olhos, ela levantará para ti o véu das aparências. Tu não voltarás a cair nas armadilhas da ilusão.

Hoje não se trata já de fugir ao mundo material e ao quotidiano e ir para o cimo de uma montanha, para um ashran ou para um convento, mas de agir neste mundo material, no nosso dia a dia, na consciência deste Amor infinito sempre presente que te acompanha a cada instante.
(…)
O mundo físico é sagrado, e começa obviamente pelo nosso corpo. A forma como nós o vimos corresponde à relação que temos com o mundo. Tudo aquilo que nós nele recusamos nos remete àquilo que nós não aceitamos na humanidade ou no mundo material.

Temos a responsabilidade de revelar a centelha de luz escondida na matéria.” (traduzido do francês)

in RENCONTRES AVEC LA SPLENDEUR de MARIE ELIA

"Reencontros com o Esplendor, O poder curador das letras hebraicas", é um livro maravilhoso de reencontro com o divino em nós e em que as palavras são presença de luz e amor infinito...
Nele está Tudo o que um Livro Sagrado pode conter!

OS MEUS PARADOXOS


Sei, o que passa pela cabeça de quem me lê, ao perguntar-se como é que eu falo de coisas tão transcendentes por vezes, do Feminino Sagrado, da luta pela diferença (e não a igualdade dos sexos!)... e depois misturo política e salários mínimos...
Como é que eu nego certas coisas e às vezes parece que faço a sua apologia...

Compreendo o que podem pensar porque eu própria me pergunto isso e às vezes hesito em fazê-lo, no entanto, cada vez é mais claro para mim que tudo o que existe neste e noutros planos se interliga e interage sem cessar... compreendo que na nossa vida não se separam nenhuns dos aspectos desta realidade ou de outra qualquer realidade superior, assim como não se pode separar o plano material do plano espiritual tal como não se pode separar o corpo da alma...

NEGAR O CORPO OU NEGAR A ALMA É PARTE DO MESMO ERRO

A visão linear e materialista da vida é directamente proporcional a uma suposta spiritualidade que nega o corpo e os sentidos...que castiga o desejo e flagela o corpo...

Digo que aqueles que defendem uma religião de negação da vida na matéria (o corpo) estão tão errados como os que pensam a religião (o espírito) uma alienação da matéria...

Há no entanto uma Realidade Suprema (infinito) e a ilusão do mundo (finito) aparente e isso só se compreende pela Visão interior, pela abertura da Visão una...
O que acontece quando o ser Humano é um Todo ligando todos os opostos do seu ser e integrando a dualidade...e como um todo, feminino-masculino, corpo-alma-espírito vive entre o céu e a terra e compreende que o que está em cima é igual ao que está em baixo...
RLP

sábado, dezembro 22, 2007

A NOSSA PRENDA DE NATAL...


O SALÁRIO MÍNIMO NACIONAL…
E A (FALTA DE) CLASSE POLÍTICA


Como é que se pode falar com tanta ênfase num aumento de salário mínimo, em relação a um ordenado miserável, o mais pequeno da Europa, perante cimeiras e tanta pompa e circunstância, tanto orgulho nacional de presidências europeias onde se discutem temas utópicos e económicos, onde não se faz nada senão falar do alto da cátedra e apenas para os Media, tão pobres de espírito, estes pequenos ministros de fato e gravata (comprada na Boss), tão arrogantes, tão falhos da humanidade mais elementar, como os que vimos em desfiles de travestis (quase parecia) ou doutros megalómanos que governam o mundo seja na Europa, na América, ou em África?

Sim, enquanto este Estado de Provincianos se vangloria de dar 25 euros aos que trabalham, gastava milhões de euros num aparato policial e em jantares e almoços oferecidos a centenas de imbecis como eles…enquanto o “ nosso povo”, os milhares de Zés Ninguém, os milhares de Maria vão com as outras, os milhares de pessoas que vivem na miséria, contra todos os direitos humanos …pessoas desprovidas de sentido para as suas vidas e sem consciência cívica, que se matam nas estradas por frustração e raiva acumulada…

Que País é este?
Como é que esta alienação é possível?

*********

25 EUROS (…)

Olho para isto tudo e relembro: estamos a falar de 25 euros. O preço de uma refeição num restaurante médio. O preço de cinco bilhetes de cinema (nem chega). O preço de um DVD. O preço de uma camisa na Zara. Estamos a falar de miséria: a miséria de um país onde há mesmo gente a viver com 400 e tal euros por mês, gente que se mata a trabalhar por 400 e poucos euros por mês, e onde há quem discuta se isso não será mesmo assim de mais, sem se lembrar de discutir que raio de empresários quereriam pagar ainda menos que isso por um mês de trabalho e que raio de empresas merecem sobreviver se nem isso aguentam pagar aos seus empregados. E que raio de país é este no qual um aumento de 83 cêntimos por dia é uma grande vitória da classe operária e de todo o povo em geral.

Fernanda Câncio jornalista - fernanda.m.cancio@dn.pt

A PERDA DO FEMININO

A perda do feminino tem tido um impacto desastroso na nossa cultura.

Tanto o macho como a fêmea se sentem profundamente feridos à medida que o segundo milénio da Cristandade se aproxima do fim. As dádivas do feminino não têm sido totalmente aceites e apreciadas. Entretanto, o masculino, frustrado devido a uma incapacidade para canalizar as suas energias em harmonia com um feminino devidamente desenvolvido, continua a liderar com a espada, brande as armas temerariamente e frequentemente flagelando o próximo com violência e destruição.

In MARIA MADALENA E O SANTO GRAAL
Mulher do Vaso de Alabastro - de Margaret Starbird

A IGUALDADE???

Um Dia nacional da defesa a vir a ser constituído é também extensivo às mancebas…
As mulheres vão ser convidadas a reflectir sobre os benefícios da vida militar…
E eventualmente a fazer Serviço militar “obrigatório”?

As nossas mulheres mediáticas, escritoras e jornalistas, em tempo de antena (2) consideravam ontem que sim que temos de ter direitos iguais…
ELAS acham que (sim senhor ministro!), que deve ser extensiva às mulheres em nome da igualdade dos sexos…sim, elas acham que as mulheres devem ir para a tropa…e matar na defesa deste quadradinho cá da gente…

Sim, para que serve a Defesa?
Não é para defender matando? Senão para que servem as armas e os novos tanques de guerra orgulhosamente anunciados por severino teixeira, o rapaz da gravata azul às bolinhas...

PARTEIRAS DA CONSCIÊNCIA UMAS DAS OUTRAS...

A EXPERIÊNCIA DA DEUSA
"Devemos lembrar-nos como e quando cada uma de nós passou por uma experiência da Deusa, e se sentiu sarada e integral por causa desta. São momentos santos, sagrados, intemporais, embora por mais inefáveis que se possam revelar, sejam difíceis de reter em palavras. Mas, quando qualquer outra pessoa menciona uma experiência semelhante, isso pode evocar as sensações que voltam a captar a experiência; se bem que só aconteça se falarmos da nossa vivência pessoal.
****************
É por isso que necessitamos de palavras para os mistérios das mulheres, o que parece exigir que uma de cada vez explicite o que sabe - como tudo o mais que é de foro feminino. Servimos de parteiras às consciências umas das outras.” (...)



IN TRAVESSIA PARA AVALONDe Jean Shinoda Bolen

sexta-feira, dezembro 21, 2007

EU SOU A TUA ROSA...


Sou a tua coroa e o teu diadema

a rosa que se abre no meu peito

quando o ar que pela tua boca respiro

entra na minha e te beijo...



Amar-te mais não posso

nem mais nada deste mundo anseio

Porque és tu ó Deusa Mãe

quem desde sempre vive

e respira dentro do meu peito…

Amém



ROSA LEONOR PEDRO (n.1946)

PUREZA ERÓTICA

(...)
"Quem é este Ser? Quem é a Mãe? A medida que nós nos percebemos integrados a vibração de Miz Tli Tlan, tu começas a ser visitado por uma Doçura cósmica hiper-lúcida, provavelmente já não é uma ordem impreterível sobre tua consciência, mas é uma Ondulação de infinita doçura sobre os teus veículos. Tu começas a perceber que o teu corpo astral tem sede de um outro nível de sentimentos, tu começas a perceber que os sentimentos conhecidos não são todos os sentimentos possíveis.

A Mãe diz:

Toda a energia é uma só, todas as experiências de sensibilidade de sentimentos são diferenciações da única grande experiência de Sensibilidade e de Sentimento. No corpo emocional a Mãe vai fazer descer uma Doçura implacável, um Carinho terrível, uma Pureza erótica, uma Transubstanciação.

O que é um Carinho e uma Doçura implacável? É a força da Mãe repensando as substâncias dos teus veículos, e essa ondulação estabelece um princípio de paz, quietude e transparência para com o princípio Filho que já está estabelecido em ti.

Quando se fala de uma Pureza erótica, significa que toda a potência que antes era utilizada no fogo vermelho é organizada pelo poder da Mãe, então tem que ser a Mãe que vem e diz assim:
Agora este fogo vermelho vai passar a azul. E tu não sentes quebra nenhuma no circuito da Energia, Ela Transubstanciou, Ela Modulou os Fogos."
****
Senhora da minha alma,
que sou eu diante da imensidão do teu espírito,
neste insondável mistério que é o universo?
Grão de areia ou pó? Não! Sou muito mais ...
Eu sou tu e tu és eu, eternamente misturadas numa só.
Tu és o infinito na minha alma que tanto chorou por ti e agora te canta...
Tu és a luxúria máxima dos sentidos e a única esperança;
Tu és a Mãe eterna e a criança que traz ao mundo o verbo.
Tu és o Santo Nome da Criação o segredo que dá vida ao cosmos.
Tu és a primeira forma e matéria,
inteligente matéria que cresce e o espírito modela.
Tu és o ventre sagrado de onde eu vim,
tu és a primeira porta e a chave do meu coração.
Tu és a minha aura e a glória da minha história
A marca com que nasci.
in Mulher Incesto RLP

A ONDULAÇÃO MATERNA


A FORÇA DA MÃE DIVINA

(...)

"Nós estamos sendo convidados a distinguir o social imediato, da Bacia civilizacional de fundo. Esta Bacia civilizacional é que verdadeiramente da sentido e valor as coisas. E no momento em que tu estabeleces este Circuito, Eles podem começar a ligar os teus corpos ao circuito Mãe. Isto é o físico, o emocional e o mental passam à regência da Mãe divina. Enquanto que a palavra para contato e para estabelecimento circuito Filho é o termo Auto-reverência. A chave para o contato com o circuito Mãe, é o termo Abandono, Entrega, completa Imersão dos corpos na Ondulação Materna.
(...) está a começar a ser ativada a energia feminina do Logos planetário. Isso significa que a humanidade, como método evolutivo, passa do circuito Pai, isto é de uma lógica vertical, completamente ligada ao esforço, à vontade e ao mérito, o circuito Pai antigo, e entra no circuito Mãe atual, que implica, simplesmente, muito simplesmente a Entrega.

O que é a Mãe divina? o que é a Graça? O que é a ação da Mãe sobre os veículos de substância humana? O que é o trabalho até a 3ª Iniciação? O que é estabelecer uma relação de Amor com a Mãe? O que é Entregar tudo, especialmente aquilo quer nós consideramos os defeitos?" (...)

DE ANDRÉ LOURO DE ALMEIDA

A PAIXÃO DA...MATRIZ


O QUE MEXE CONTIGO...


(...) "Nós fomos criados para a paixão, no entanto, os tipos de paixão que experimentamos não nos ajudam a encontrar o infinito, mas sem um objecto de devoção, sem um ponto magnético de máxima significação para o sentimento, o nosso corpo astral perde definição, perde capacidade de corte. O nosso corpo astral que se devia ir transformando, gradualmente, numa espada, vai ficando oblongo, rombudo, mal afiado. Devoção é afiar o corpo astral. Ser devoto é encontrar uma forma de afiar a lâmina dos sentimentos de forma que tu vais cortando através do plano astral até que tocas, por osmose, por união, porque o nosso corpo de sentimentos quer união, ligação, contacto astral com a fonte de devoção e a chave é muito simples, o que mexe contigo é Deus disfarçado para te ajudar a pôr as emoções e os sentimentos em dia: pode ser um automóvel de corrida, ou uma casa absurdamente cara... mas se mexe contigo, se coloca o teu elemento astral em movimento, já tem algo que os conceitos não têm, produz uma emoção. Claro que 90% das coisas que produzem impacto sobre o nosso corpo astral não têm nada a ver, directamente, com o caminho espiritual excepto que mexe contigo. A forma e até a vibração “daquilo”, por serem densas e básicas, não têm interesse mas há uma coisa a extrair do desejo primário é que mexe contigo.

Quando nós nascemos o nosso corpo emocional, os nossos sentimentos e os nossos desejos vêm estabilizados numa frequência no nível emotivo porque o nosso corpo emocional é sempre devoto: devoto a um filho, ao esposo, a um automóvel..., se o corpo emocional não é devoto está parado, não há movimento.

O 6º Raio é uma energia que nos visita ciclicamente para nos trazer um novo objecto..."

(...) ANDRÉ lOURO DE ALMEIDA

quinta-feira, dezembro 20, 2007

OS DOIS PRINCÍPIOS


"A visão do mundo traduz-se pela integração dos dois princípios opostos que Kundry (iniciadora...) e Amfortas representavam: matéria e espírito, inconsciente obscuro e consciência iluminada.

Kundry é o rosto do instinto, o instinto sem a razão destrói. O equilíbrio surge quando, reconhecendo ambos, o herói é capaz de os integrar (de os transformar). Kundry, de tentadora, passará a serva, e Amfortas de rei a súbdito: uma e outro propiciando a individuação. Com o reino das trevas se abre o reino da luz.

Com o crepúsculo dos deuses se tece a aurora do homem, que, através de Parcifal, se permite inserir de novo no mito do andrógino no tempo que é de Wagner, e é o nosso: o temp, ou o tempo/espaço, do inconsciente eterno."


in "LITERATURA E ALQUIMIA" De Y.K.Centeno

LIGAR A TERRA AO CÉU

A ALMA MULHER...
Às vezes penso que escrever para um universo virtual à partida, esquecer o interlocutor ou os olhos que não te olham expressivos é quase comunicar com o “além”. O que entendamos por além pode ser diferente para cada um segundo a sua própria perspectiva. Neste mundo concreto, ficcionado a partir dos nossos cinco sentidos e uma certa razão a equacionar dados, o Além é o que nos transcende, ou a nossa imaginação, com as suas diferenças... Para quem usa a sua intuição acima de tudo se calhar o além é aqui mesmo! Mas não só, na verdade quando eu digo “além” também me refiro a outro plano subentendido como campo invisível e inacessível à mente humana. Algo que se apreende não através do pensamento, mas do coração, digo inteligente mais. Falo dos sentimentos ou Algo que nos vem de dentro ou do além mente...

Algures entre o espaço e o tempo estabelece-se uma Ponte, talvez a poesia, que nos liga ao Cosmos. AS antenas que se cruzam no espaço alargado do nosso próprio ser, não linear... As energias que ligam corpo-alma-espírito...O etér o prana e a nossa RESPIRAÇÃO- absorção mágica. Nesta ligação é essencial a ALMA da MULHER. Porque ANIMA, liga a Terra ao Céu.

Aquilo que os homens fizeram ao negar o lado feminino da sua própria humanidade, (o catolicismo e o islamismo em tudo idênticos no que respeita à forma como relegaram a mulher para um plano secundarísimo da vida apesar de lhes conceder a “grandeza” da maternidade!) foi a degeneração do próprio homem ou a anulação da sua própria metade. Denegrir ou adulterar uma parte tão importante de Si mesmo, foi um crime contra a Humanidade e o equilíbrio do mundo só será restabelecido a partir dessa consciência equalitária no respeito absoluto do Ser individual, seja ele homem ou mulher. Contudo esta premência a anunciar a mudança de ERA, base para a verdadeira evolução da pessoa inteira, não é imediatamente perceptível na nossa sociedade, supostamente avançada ou civilizada! No Ocidente as mulheres pensam-se livres sem ver a nova escravidão a que estão sujeitas nas muitas variantes da sua pseudo-liberdade. O mundo cultural está ameaçado de uma nova prostituição que é a imagem como forma de projecção do autor de nada – fenómenos tipo Big-Brother e outros, assim como o sucesso imediato (garantia mínima três anos!) de quem é visto ou falado nos média. Acontece na política o mesmo fenómeno: quem é votado é pela imagem de sucesso que projecta nos media com quem as massas anónimas e incógnitas se identificam nas democracias...

Antes o Rei era a projecção necessária ao colectivo para superar em termos arquetípicos as limitações do homem comum, agora é a figura mediática que ao ser visto por milhões, é representativa porque Existe virtualmente, e é vista como um mito porque padrão de valor máximo - o vazio de alma, ou a dor de alma, como se usa dizer quando nos dói algo de muito fundo...

NINGUÉM VÊ QUE O NOVO REI TAMBÉM VAI NU...
Portanto esta “realidade”, sem nenhuma virtude, sem nenhum valor real é o que impera e domina nas mentes humanas. Resta-nos assim o que está para ALÉM! Este dizer para ninguém e par a além do que vemos, será a CHAVE, uma das chaves para o SER?
RLP
(republicando)

A ALMA É O EIXO


Luz Central

(...) Porque deve haver uma ordem onde a morte não entra. Deve existir um tempo em que TERRA não seja o HORROR que me feriu o corpo e o espírito e que TU curaste purificando Tudo, desencantando os rios até tocar a veia, o corpo rigoroso da vida real. Onde só os gestos puros, só puros ritmos se podem pertencer. E só olhos sem angústia nem pecado se podem confundir com a limpidez da água.

A alma - ela é o eixo. Ela é a água que subsiste e que fica sempre entre o Corpo e o Espírito. Do acto à Natureza, do calor ao frio, de Shiva a Shatki vai a distância dum campo de batalha ou a Vida, o Centro Solar incestuoso que pelo poder do Amor inversa a aparência do Cosmos. Sove e Coagula.

"A alma sexo do homem" (Cesariny). A Obra é restituir ao sexo as potências da Alma. É restituir a Alma à Inteligência Divina à Unidade Incoercível. Os olhos do coração vêem o Sangue em cada pedra a oração Macho e Fêmea, seca e húmida, de ouro e de prata, da trans-substanciação universal."


HERNESTO SAMPAIO

quarta-feira, dezembro 19, 2007

Tradição, abuso, escravidão ou pedofilia?


La imagen de Ghulam, una niña afgana de once años sentada junto a su marido de 40, ha sido elegida como mejor fotografía del año por el Fondo de las Naciones Unidas para la Infancia.
««««««««««««««««««««««««««««

“Se se olhar para qualquer sociedade, é fácil ver que o seu desenvolvimento, o seu sucesso económico e social, depende do grau de emancipação da mulher. É tão simples como isso. Não é surpresa nenhuma, por exemplo, que nos regimes muçulmanos, como a Arábia Saudita ou o Sudão, haja uma estagnação completa. E ainda por cima, no lugar de estes regimes lutarem por uma sociedade mais igualitária, continuam a insistir em conspirações cruzado-zionistas.” (Christopher Hitchens)

Foto roubada no Blog mar ao luar: http://maraoluar.blogspot.com/

SALVAR GAIA É ELEVAR A MULHER...


QUANDO EU FALO DO CORPO ASTRAL FERIDO,

...penso sempre no corpo ferido da mulher...

Antes do corpo astral, do corpo etérico ou do corpo búdico, há o corpo ferido da mulher em tantos lugares do mundo. E isso é uma ferida no Espírito da Humanidade homem-mulher.

Há esta ofensa ao corpo sagrado da mulher e da Deusa! Há esta enorme ferida no sexo, no seio, no útero da mulher como a há nas árvores e nas serras, na montanha e no deserto, como a há nos mares e no céu...

Há esta ofensa a Gaia Deusa Mãe, esta profunda ferida no nosso centro, na nossa alma...

E enquanto esta ofensa à Terra à Mãe e à Natureza perdurar o homem não chegará a nenhum lado e muito menos uma mulher...

QUAL É O REAL VALOR DA MULHER?


Luta no Egipto contra circuncisão
feminina choca com tradição.


Apresar de comentários em contrário por parte de Cristãos e Muçulmanos, continua a ser para muitas mulheres Egípcias, uma “obrigação” religiosa a “purificação” através da circuncisão, tida como ajuda para manter a sua virtude e honra.
Estatísticas oficiais Egípcias mostram que 97% das mulheres entre os 15 e os 49 anos de idade, tanto cristãs como muçulmanas sofreram o que é referido pelas Nações Unidas como “mutilação genital feminina”, ou FGM no original.
Em Junho, depois da morte de uma menina de 12 anos, o Ministro da Saúde, Hatem al-Gabali, decretou a proibição a qualquer médico ou membro da ordem médica de fazer tal procedimento. Este decreto será tornado em lei, e irá se defrontar com um debate intenso no parlamento.

Circuncisão feminina pode causar morte através de hemorragia e complicações durante o parto. Também pode causar infecções, problemas no sistema urinário e trauma mental.
Os traumas psicológicos, esses então, dificilmente serão contabilizáveis, porque de difícil diagnóstico, dado que muitas vezes as mulheres nem se apercebem dessa sua mutilação paralela, espartilhadas que estão pela sua envolvente social. (...)
in NOVO ATEÍSMO - Publicada por Anem em 2:59 AM

terça-feira, dezembro 18, 2007

A VONTADE DA ALMA...

"TALVEZ O SEU CORPO ASTRAL ESTEJA FERIDO"...
"Então, uma pergunta útil é:

“Quais são as minhas devoções”. Se uma pessoa não é devota de nada, se não há um elemento devocional em nós, se não há uma vontade de união com a alma, se não há uma experiência de sentimento profunda, o corpo astral ou estagna, ou se fragmenta, ou retrocede. É isso que significa o corpo astral ter um foco. Ele precisa de um íman suficientemente mágico para lhe dar direcção.

É justamente a devoção que protege o nosso corpo astral da desintegração. É a capacidade de uma pessoa internamente se ajoelhar, reverenciar algo que ela efectivamente já sabe desejar. "
ANDRÉ LOURO DE ALMEIDA

DÓI-ME O CORAÇÃO...


"Tudo quanto é feio, destruído, todas as coisas gastas, velhas,
(...)
Maculam a tua imagem que engendra uma rosa no fundo do meu coração. "

Yeats


UMA DECLARAÇÃO DE AMOR

ÀS MULHERES DO MUNDO INTEIRO...


Há uma estranha dor no meu peito que se confunde com amor. Um Amor que é compaixão profunda pelas mulheres do meu país e de todo o mundo. Compaixão pelo destino de todas as mulheres que há milénios, de uma forma ou de outra, sofrem na pele a mais dura miséria e escravidão…
As mulheres desde sempre tão expostas, tão delicadas, tão vulneráveis e tão sujeitas à agressão dos homens em geral, tão castigadas pela igreja e tão abandonadas pelo Sistema Patriarcal. Exploradas sexualmente por Máfias A VIVER MESMO AO NOSSO LADO!

Ninguém quer ver isso, ninguém tem coragem de ver ou dizer como se fosse um fantasma ou como se algo conspirasse a nível subliminar para branquear esta realidade através de sistemas alienatórios como o são Cinema, os Media, a moda e todas as instituições que pretendem proteger a mulher na base do seu infortúnio, sejam as mães solteiras, as prostitutas ou as drogadas, como forma de caridade ou de solidariedade mas sempre na divisão das mulheres que se acham justas e sérias e que dão ou não dão a mão às que caem e às desgraçadas.
Este é um branqueado feito pelas próprias mulheres que têm lugar nesta sociedade civilizada, e que se acham protegidas e são integradas pelo Sistema, a maioria silenciadas pelo embrutecimento e uma minoria delas são as porta-voz do Sistema em que todas são prisioneiras sejam elas médicas, professoras, jornalistas e deputadas e no fundo e no futuro serão conhecidas como as traidoras do Género…Fazem manifestações e greves para ter mais dinheiro. Falam em consciência política, economias…

Elas pensam que tiveram escolha e que as outras não…
Dói-me o coração pela traição das mulheres ao Feminino Essencial e ao seu próprio Ser interior, à sua alma, à Deusa e à Terra…

Dói-me as mulheres que se odeiam e lutam entre si como inimigas, em disputa pelo macho ou por um lugar no seu mundo de competição que as deforma e reduz a pouco mais do que um corpo-objecto. Ou a uma voz morta sem alma…
Enquanto que as mulheres que não estão dentro das “normas” sociais, são tão votadas ao descrédito e abandonadas à sua “sorte”…São as mulheres simples ou pobres, as que não casaram ou enviuvaram cedo, as solteiras e as divorciadas ou mesmo as prostitutas que a sociedade ainda olha com desprezo e até as quer legalizar.Dizem-me que não é assim, as mulheres bem situadas nas suas profissões, que têm bons ordenados, carros ou maridos…
Dizem-me que não é assim, as mulheres instruídas, jornalistas, professoras e outras, que eu generalizo demasiado e sou perigosa…
Dizem-me as minhas amigas que estão bem na vida, as intelectuais dos Partidos e que são deputadas ou as artistas de arte e as poetisas românticas, dizem essas que eu exagero e até sou fanática de uma causa perdida… que o que lhes falta é um homem a sério, como se essa espécie existisse sem mulheres verdadeiras…
Depois, foi sempre foi assim, desde há séculos, dizem todas em coro…Mas eu olho e vejo, se calhar com outros olhos, as mulheres que sofrem à minha volta e no mundo…Vejo as empregadas sobrecarregadas de trabalho e com família em casa filhos abandonados na rua, mal tratadas e subalternas, as mulheres-a-dias e as domésticas, as velhas que já nada são e vegetam, as imigrantes brasileiras ou de leste que se não vão para a prostituição servem ao balcão e sendo médicas ou engenheiras…
Ah sim, todas têm telemóvel e se calhar carro…
Vejo-as a estas mulheres e não as modelos de corpos esquelético nas passerelles obedecendo ao imaginário masculino ou as que têm sucesso e são formadas nas suas faculdades, ou as famosas artistas travestis de realizadores gays…
Vejo as “outras”, todas as outras, porque as sinto iguais a mim e não me distancio por não ser mais do que a MULHER em mim e em essência que me fala e que quer ver cada mulher inteira e porque sei que todas as mulheres que não vêm isto ou se querem esconder de si ou têm medo de assumir essa “outra” que em si renegam…Esse seu outro lado sempre renegado, escondido da sociedade e dos maridos…Ou essa outra mulher adormecida, prisioneira do príncipe encantado sem ver o sapo que ele se tornou, que sonha e anseia sempre mais, sonha sempre com o homem que sonha mesmo que leve pancadas e seja desprezada! E essa outra ainda que não ousa nada, que nem sabe o que é, que se sente incompleta e frustrada com tudo, por mais que tenha dinheiro e finja que é “bem” ou feliz, compre malas e sapatos na Estivália e vá ao Brasil ou a Paris fazer plásticas ao nariz…

Dói-me o coração de um amor estranho saber dessa Mulher Inteira essa Mulher Eterna e ver apenas metades mulheres, todas divididas e fragmentadas, vistas apenas como um “corpo-objecto” de análises médicas e interesse mediático…rlp

segunda-feira, dezembro 17, 2007

A SABEDORIA DA MENOPAUSA




A “menopausa”, observa Slayton, “quando compreendida e apoiada, fornece às mulheres o nível seguinte de iniciação ao poder pessoal. Como parte do tabu menstrual que ainda perdura na nossa cultura, a voz da mulher menopáusica é temida e negada. Foi tornada invisível ou encorajada a permanecer jovem para sempre através da terapia de substituição hormonal, ou outra intervenção médica. Esta alienação cultural de um rito de passagem vital faz com que as mulheres mais velhas se sintam inúteis, isoladas e impotentes” (...)

Quando uma mulher compreende que o verdadeiro significado da menopausa foi invertido e degradado, como muitos outros processos do corpo da mulher, consegue fazer o seu caminho durante o resto da vida, fortificada com objectivos e discernimento.


In“CORPO DE MULHER SABEDORIA DE MULHER” de Christiane Northrup

MULHER COM GARRAS

"Pode ocorrer que uma mulher tenha medo de não ter segurança ou certeza mesmo por um curto periodo de tempo. Ela apresenta desculpas em quantidade maior do que a dos pelos de um cachorro. Ela só precisa de mergulhar e ficar sem saber o que vem depois.

É a única atitude que irá recuperar sua natureza intuitiva. Às vezes, a mulher está enredada sendo a mãe-boa-demais de outros adultos que se grudam às suas tetas e não pretendem deixar que ela os abandone. Nesse caso, a mulher tem de afastá-los com um coice e continuar assim mesmo." (...)

"Há uma mãe selvagem à espera para nos ensinar."

“MULHERES CORRENDO COM OS LOBOS”
DE CLARISSA PINKOLA ESTÉS

O FEMININO ESSENCIAL

"Estarão as mulheres preparadas para fazer emergir de si o feminino? Estarão elas preparadas para dar ao tempo uma alma nova soluções novas para os novos problemas, estarão elas capazes de despertar o feminino no homem sem o castrar? Estarão elas capazes de perdoar?

É o lado terrífico da Grande Mãe que vão integrar, um passado de memorização que vão vingar? Ou a salvadora, a que perdoa e compreende, a que sabe que sempre a mulher é o futuro do homem e o homem o futuro da mulher, quando cada um deles se esgotar, quando perdidos um do outro se esquecerem da completude do par. Quem é a mulher de hoje? Será que sabe o que já foi? Aquilo que é ou pode vir a ser? Será que a mulher sabe e aceita o útero como matriz da vida, princípio que lhe dá forma, alma, razão de ser?" (...)

in OS PORTAIS DO TEMPO
DE aNTÓNIA DE sOUSA

domingo, dezembro 16, 2007

HOMENS E ANIMAIS...


Gato salva vida de recém-nascido na Alemanha

Um gato salvou a vida de um recém-nascido abandonado na entrada de uma casa na cidade de Colônia, na Alemanha. O gato miou alto até que alguém acordasse, informou um porta-voz da polícia neste sábado.
"O gato é um herói", afirmou o policial Uwe Beier. "Seu miado alto chamou a atenção do proprietário e salvou o bebê de hipotermia, que poderia tê-lo matado", disse. "O proprietário abriu a porta para ver porque o gato miava tanto e encontrou o bebê."
««««««««««««««««

Índia: fazendeiro salva recém-nascida enterrada viva
Uma menina recém-nascida foi enterrada viva por sua família em uma vila a 150 km da cidade de Hyderabad, na Índia. Um fazendeiro que passava pelo local viu a mão do bebê no chão e resgatou a criança ainda com vida.

"Eu ainda tenho que pagar o dote de quatro filhas e não posso assumir responsabilidade de um quinto, mesmo que ela seja apenas uma neta", afirmou Rahman às autoridades. A polícia não sabia ao certo se a filha mãe da criança havia consentido que sua filha fosse morta.

Prática comum
O bebê, que ainda não tem nome e pesa apenas 1,7 kg, está sendo tratado em um hospital da região. A prática de matar recém-nascidos do sexo feminino é comum em algumas áreas rurais do país, até porque meninas são freqüentemente vistas como inferiores em relação aos meninos na Índia.
««««««««««««««««««
Pai é suspeito de matar filha que não queria usar véu
Uma jovem de 16 anos de idade morreu ao ser estrangulada, provavelmente por seu pai, depois de uma briga familiar. Asqa Parvez recusava-se usar o hijab, véu utilizado pelas mulheres muçulmanas, segundo o jornal canadense National Post.
In TERRA
Notícias do Mundo...

HIPACIA DE ALEXANDRIA



"Todas as religiões dogmáticas formais são falaciosas e nunca devem ser aceitas como palavra final por pessoas que respeitem a si mesmas."
"Ensinar superstições como uma verdade absoluta é uma das coisas mais terríveis."


HIPÁCIA DE ALEXANDRIA (c. 370 d.C - 415 d.C)

- Hipátia (ou Hipácia) de Alexandria (em grego: Υπατία), nascida aproximadamente em 370 d.C. é assassinada em 415 d.C. por monges cristãos.


A MISOGINIA DA IGREJA:

- Cirilo, chefe religioso de Alexandria cerca do ano 390 d.C., que na sua missão cristã se dispôs a destruir os seguidores da Deusa e os seus templos, que eles cristãos consideravam pagãos, manda perseguir a célebre filósofa Hipáci, talvez sacerdotisa da Deusa, e que foi assassinada em 415 d.C. pelos seus seguidores cheios de ódio racial e religiosos pela mullher que além de sábia era muito bela. Esses fanáticos cristãos egípcios esquartejaram-na viva e arrancaram-lhe a carne com conchas de ostras, para depois a queimar já fora da santa Igreja ...

Hispácia era uma filósofa e iniciada igípcia, consagrada pela sua sabedoria e amor à liberdade do pensamento...
Ela, enquanto pensadora era o obstáculo ao ambicioso Cirilo que só com o assassínio da rival Mulher ele poderia triunfar...
Só assim Cirilo ascendeu ao poder sendo mais tarde santificado pela igreja de roma...

QUEM ERA HIPÁCIA?

- Hipácia era uma filósofa influente nos círculos intelectuais e políticos de Alexandria. Seu talento para ensinar geometria, matémática, religião, filosofia, poesia e artes atraía estudantes admiradores pagãos e cristãos de todo o Império Romano.Também escrevia comentários sobre equações do segundo grau e improvisava hidrômetros, entre outros aparelhos, para facilitar suas pesquisas.

VER E LER EM: http://br.geocities.com/perseuscm/hipacia.html


“Reflictamos nos efeitos do cristianismo* durante os seus começos: vibrou um golpe fatal na sociedade antiga, paralisou-a e pôs-lhe fim; em contrapartida, foi uma benção para os Bárbaros, cujos instintos se exasperam em contacto com ele. Muito longe de regenerar um mundo decrépito, só regenerou os regenerados. Da mesma maneira, o comunismo “constituirá”, no imediato, apenas a salvação daqueles que já estão salvos; não poderá trazer qualquer esperança concreta aos moribundos, e menos ainda reanimar os cadáveres”
MECANISMO DA UTOPIA - E. Cioran

*EU NÃO DIRIA O CRISTIANISMO, MAS A IGREJA DE ROMA E OS SEUS MONGES E PADRES...