quinta-feira, fevereiro 19, 2009

A PALAVRA DE BRUXA...


"A palavra Deus tornou-se vazia de significado ao longo de milhares de anos de utilização imprópria. Emprego-a ocasionalmente, mas com moderação. Considero imprópria a sua utilização por pessoas que jamais tiveram a menor ideia do reino do sagrado, da infinita imensidão contida nessa palavra, mas que a usam com grande convicção, como se soubessem do que estão falando. Existem ainda aqueles que questionam o termo, como se soubessem o que estão discutindo. Esse uso indevido dá origem a crenças, afirmações e delírios absurdos, tais como “o meu ou o nosso Deus é o único Deus verdadeiro, o seu Deus é falso”, ou a famosa frase de Nietzsche, “Deus está morto”.
A palavra Deus se tornou um conceito fechado. Quando a pronunciamos, criamos uma imagem mental, talvez não mais a de um velhinho de barba branca, mas ainda uma representação mental de alguém ou de algo externo a nós e, quase inevitavelmente, alguém ou alguma coisa do sexo masculino. "
IN O PODER DO AGORA de Eckharte Tolle

OLHA EU NÃO TARDA A SER QUEIMADA NA FOGUEIRA…

"No casino da Figueira da Foz, onde o Patriarca de Lisboa já tinha causado polémica, o Prefeito Emérito da Congregação para as Causas do Santos no Vaticano disse ainda que a homossexualidade "não é normal no sentido de que a Bíblia diz que quando Deus criou o ser humano, criou o homem e a mulher". in DN

...Eu sempre disse que o que a Bíblia diz não se escreve…
Isto é: o que está escrito na Bíblia é a interpretação deformada dos padres e dos papas que deram a volta completa ao texto ao longo dos séculos para seu proveito, bem terreno, e interesse seculares!
Penso que do original já manipulado por mentes torpes e concílios políticos, poucos credíveis para a humanidade, resta muito pouco desse grosso volume, e parte do que resta é a fraude com que querem fazer acreditar os analfabetos do espírito e tem pouco a ver com a realidade do ser humano de hoje e se calhar nem com o de ontem!
Todos sabemos dos textos apócrifos, da destruição dos originais e da misoginia dos seus falsos iluminados, fanáticos ou até homossexuais reprimidos, como São Paulo ou São João…que afinal era Maria Madalena….dizem...
A verdade verdadinha é que nada sabemos de verdade. São tantas as versões, as traduções e tantas as especulação, que o único facto real é que nada sabemos ao certo…nem de onde viemos e quem realmente nos fez…ou como nos fez...
SE já fomos esféricos como dizia Platão (ou Sócrates?), ou quadrados…como Santo Agostinho!
O que Deus teria dito se fosse dito por Ele ou se Deus falasse e não uns malucos que ouviam vozes...é que os seres humanos foram engendrados dentro de um espírito que nos escapa ainda a todos… ou então que o segredo está DENTRO, no nosso ADN…ou numa versão mais velha, a da Suméria, mas “mais actual”, é que fomos manipulados geneticamente pelos anunakys à sua imagem e semelhança e feitos escravos para cavar o seu ouro.
Ou ainda que esse poder inatingível à mente humana nos fez homens e mulheres à vez, hermafroditas, ou nos fez andróginos, que não é uma uma coisa nem outra …ou ainda, ora nasço como homem ora venho como mulher, de encarnação em encarnação e por vezes esqueço-me que mudei de corpo… e isso é muito complicado. Ora ainda sou bissexual ou homossexual. Ora sou neutra e não gosto de nada…
Isso era o que diziam os egípsios e muito mais coisas que eles copiaram ao contrário...
O problema é que os doutores da igreja falam para os obtusos…e esses acreditam neles e nas escrituras dos homens desvairados que odiavam e matavam as mulheres ou as entregavam aos inimigos para salvar a sua pele e isto há mais de dois ou cinco mil anos…
Tirando o Cântico dos Cânticos, a Bíblia é o livro do medo, da repressão, do deus e do diabo….o livro que nos ameaça de castigos infinitos e condena a mulher ao inferno…não há livro mais atrasado e desfasado da realidade do que este, no meu ver, mas já sabem que sou suspeita...mas sei muito bem, por experiência própria, que os homens que falam em seu nome são idênticos aos que falam literalmente do Corão e matam ou degolam as suas mulheres se elas se quiserem divorciar mesmo na América…
Os padres da Igreja são sumamente ignorantes das coisas do sexo, do amor e da vida e deviam calar-se porque deviam era ter vergonha da sua obscura história de mortes, terror, abusos sexuais e pedofilia.
Eles têm um jeito especial para crucificar pessoas, primeiro Jesus, depois Maria madalena, as mulheres nas fogueiras e agora mais uma vez, podem ser os homossexuais…
Vamos lá ver quem é que me atira aqui a primeira pedra???
Cá por mim, quantos aos fanáticos que andam por aqui, se há muitos que isto lhes sirva de purga…
rlp

4 comentários:

Priscilla Valdragon disse...

eu, se abro minha boca dentro de casa pra dizer qualquer dessas suas palavras, vou literalmente para a fogueira...
ja vi fazerem uma por aqui, para queimar coisas do diabo (videogames e videos da Disney entre elas)
sinto mesmo so poder concordar virtualmente, aprisionada em um mundo onde nao posso ser eu, invejo você q pode abrir a boca e dizer o q pença...

Anna Paim disse...

Há muito tempo deixei de ser católica,embora admire o Jesus humano,e também Maria como uma das formas da Deusa;acho que certo estava Krishnamurti,quando se recusou a fundar uma ordem religiosa em seu nome,..." "Afirmo que a verdade é uma terra sem caminhos", disse ele,e ninguém pode chegar a ela através de uma religião,uma seita ou de uma organização.(...),Não quero seguidores,-porque quem segue alguma coisa ou alguém,está longe da verdade ( ... ) Precisamos ficar livres de todos os temores, do medo da religião, da salvação, da chamada espiritualidade, do medo de amar, do temor da morte, do pavor da própria vida."

De ignorantes o mundo está cheio,presos na rede do poder que governa o mundo;muitos enxergam e estão tentando pular fora,mas pessoas de coragem como vc são poucas,Rosa.Continue sempre "abrindo a boca" e conduzindo a tua luz para iluminar o nosso caminho.
Abraços

Anónimo disse...

Priscila.

tem de ser sábia em casa e não confrontar ninguém com aquilo que pensa. Tem de crescer e sentir-se forte para um dia poder fazer frente aos preconceitos e ao fanatismo, à ignorância dos nossos pais. Mas tenha muito cuidado consigo, seja inteligente, não vale a pena expor-se por agora. Continue a acreditar em si e saber que está certa no seu coração. Um dia vai ser suficientmente forte para poder dzer o que sente sem medo. Não se apresse...cuide de si e proteja-se. Também as fadas disfarçaram a sua beleza de trajes velhos e passaram por bruxas para continuar as suas magias e seguir em frente perante os primeiros cristãos que as perseguiram...A deusa era suprema e continua a sê-lo assim tanto como deus e essa força unida em planos superiores é a força que nos move e dá vida.
Não tema nada mas esteja atenta. No silêncio e consigo mesma afirme o que sente e peça ajuda à mãe eterna.

um abraço

rleonor

Anónimo disse...

Obrigada querida Anna por me acompanhar tão de perto. A verdade é que também tenho uma alma amiga que está sempre por aqui. Há sempre alguém que se mantem fiel. Nestes últimos tempos tem sido você e é muito mais importante do que pensa...
um enorme abraço

rleonor