"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

quinta-feira, abril 02, 2009

O caminho espiritual?


Não há dúvidas que tenho dificuldade em me relacionar com o lado "espírito cor-de-rosa" da Nova Era…Com as pessoas muito boazinhas e muito positivas que andam sempre a sorrir e a dar as mãos, a abraçar os outros e a dizer clichés a todo o instante…e depois são inesperadante agressivas, susceptíveis, frívolas e complexadas…
Não acredito na maioria das coisas que se fazem e se publicitam ou até publicam como "espirituais" por serem abordadas pela rama e sem profundidade, meramente comerciais. Não creio que se façam coisas sérias sem um trabalho de fundo com a própria pessoa e quando a pessoa não quer ver nem enfrentar a sua sombra, o seu lado negro, então é inútil virem falar-me de curas e de experiências transcendentais, meditações ou mantras, grandes verdades!
Desculpem-me aqueles que querem acreditar que uma pessoa atinja uma espiritualidade elevada sem fazer em primeiro lugar esse trabalho consigo próprio, um trabalho de consciencialização do seu ser a todos os níveis: consciente-inconsciente, positivo-negativo, emocional-racional etc..

Como eu levei quase meio século a dissociar-me das minhas ideias, do meu ego, da minha mente e da minha persona tenho dificuldade em acreditar que em meia dúzia de meses ou mesmo anos alguém chegue a algum lado…e fique iluminada de repente.
Eu sei que pode haver almas já muito evoluídas que pareçam não precisar de ser discípulos ou serem humildes e viver os processos de aprendizado pela forma natural que é o crescer no nosso mundo…e nasçam logo mestres – há os casos sim a dos Mestres e Grandes Iniciados - mas esse não é o caso da grande maioria das pessoas que percorrem os caminhos do conhecimento à procura de si próprios.

Todos nós temos de percorrer os caminhos do conhecimento a cada passo e com humildade, não como guias mas como discípulos. Há quem não goste de Mestres e se distancie deles, mas eu nunca aprendi nada que não me fosse mostrado por alguém ou alguma coisa, um animal e até uma flor...a Vida em si digamos, que se serve de tudo para me ensinar a ser realmente humilde e aceitar a minha vida sem culpa nem vaidade.
rlp

9 comentários:

rosario duarte da costa disse...

Ola Rosa!
Passando rapido pelo teu salao internético, venho desejar-te uma Pascoa feliz(se a festejas), e, com a reentrada da Primavera, que o chilreio dos passarinhos te acompanhe!
Quanto ao que dizes sobre "o caminho percorrido, aquele a percorrer"...penso que quando tentamos descer as escadinhas do nosso poço, levamos muito tempo. Para voltar, muito tempo mais...
Estou convicta, que passamos a vida a procurar a nossa "Essência" e, quando pensamos estar pertinho ainda nao esta completa! Teremos k continuar a por-nos em causa e, redescobrir mais areais para tirar as areias e, mexilhao, pedras, limos talvez, até nos podermos encontrar. Desculpa a falta de acentos, o computador esta desadaptado à Lingua lusitana!
rosario duarte da costa
Um beijinho.rosario

neanderthal disse...

prevejo que muitos vão dar um tiro na cabeça quando nada se passar em 2002, além de convulsões sociais de ordem lógica. eu serei o primeiro a vender armas de ilusão.

neanderthal disse...

em 2012...

Nana Odara disse...

eu já dizia antes das grandes terapias mergulhadas no mais superficial possivel...
e quem não é não se ofende...
mas se a carapuça assenta...
beijos minha linda...
euzinha, continuo cor de rosa, mandando todo mundo sorrir... mas sou de fases tb, como a lua...
E como vc diz que eu sou mãe de santo, embora eu mesma não saiba... kkkk... tanto desce uma fadinha bobinha de frente como podescer uma medusa ou uma pomba gira maluca... em mim cabem todas as mulheres... kkkkk...
menos as patriarcais, essas descem, mas cantam pra subir rapidinho...
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Saravá nêga!

Anónimo disse...

ego e mais ego... nao acredito que numa "encadernação" alguem tao imperfeito quanto o é um ser humano comum mude muito (por muitos abalos que tenha) Se mudar um bocadinho já se pode considerar um sucesso! rss. Agora tambem penso que há uns(as) mais acordados(as) que outros(as) ou simplesmente mais donos(as) das suas memórias...e que parecem saber instintivamente o que outros mal acreditam. E isto não passa por gurus... muito menos os "comerciais". Cada ser tem sua propria chave... que só o próprio pode e sabe activar.
Abraço
Marian

Anónimo disse...

Querida Rosario ainda bem que apareceste neste universo com as tuas palavras e as tuas lembranças da terra mal amada, ou alma-da-nada, cujas memórias as minhas são tão curtas de esquecida - verdade que de almada nao lembro nada com gratidão. Tudo o que lembro é mediocridade e confusão...assim como de Paris diga-se de passagem, mas já não digo o mesmo da língua eleita pela poesia e pela alma...
No entanto aos "Os caminhos que percorremos" e os que faltam percorrer ainda e as encruzilhadas da vida são a fonte do que sabemos e a isso estou grata.
um abraço
rleonor

Anónimo disse...

neanderthal disse... você é mesmo um demancha prazeres, um céptico, até o podia compreendo mas é como viesse agoirar a festa dos incautos...Você gosta de fazer e dizer mal...e não desiste de minar com a sua verdade primitiva ou ultrapassada...um homem das neves ou do sol?
Teima em ser lúcido mas não consegue criar esperança de nada...ou simplesmente criar o momento e esquecer de vez tudo o que não seja este respirar...

vá lá brinque de criança...vá...dance com o vento, dance com os lobos, deite-se nas ervas e não lute consigo mesmo. Esqueça o papão...

rleonor

Anónimo disse...

já vi que desceu a pomba gira...
preveniu-me ok mas está com a fúria toda...

as suas raízes...à solta e em Lisboa isso é forte...eu sou uma clássica europeia minha cara; eu admiro a sua vitalidade mas não a invejo...sou doutra natureza empre fui comedida e talvez platónica mesmo mas no sentido filosófico do termo...de qualquer modo separam-nos 30 anos de idade...espero que me compreenda.

um abraço à pomba gira e com respeito senão ainda me prega uma praga...

rleonor

Anónimo disse...

Obrigada Marian:

o ego é de facto um grande obstáculo na espiritalidade, e como se diz ser é o mais perigoso mesmo o ego espiritual, é as pessoas pensarem que sabem e não sabem nada e já não ouvem...
de resto e como sempre concordo com tudo o que diz...é a sua sensatez que eu aprecio!

um abraço
rleonor