terça-feira, maio 05, 2009

A MENTIRA E O MEDO ESTÃO LIGADOS...

"O Mentir - e seu efeito energético

Além dos nossos medos, o que mais causa distorções? Uma causa importante é o mentir. Um estudo recente com universitários da Universidade da Virgínia revelou que, ao que parece, mentir é um modo de vida para muitas pessoas na nossa cultura. Os resultados mostraram que os estudantes contavam mentiras em 77% das conversas que tinham com estranhos, 48% com conhecidos e 28% com seus melhores amigos! Se isso já não é ruim o bastante, eles mentiam aos seus companheiros e amores 34% do tempo. Mentiras para as mães ficaram com 46%. Isto incluindo “mentirinhas leves” contadas para proteger os sentimentos dos outros. Portanto, podemos ver quão fácil nos confundimos a respeito de nossa própria verdade.

No livro “Mutant Message” (Mensagem Mutante), os aborígenes contam que um dos pré-requisitos mais importantes para se ter uma mente clara e expressar todas as nossas habilidades psíquicas é o de nunca mentir. Quando nós mentimos, de acordo com eles, encobrimos nossos sentimentos verdadeiros para que a outra pessoa não se dê conta de que estamos mentindo. Uma pessoa comum mente duas vezes ao dia. Uma enquete com 1000 adultos registrada no “The Day America Told The Truth” revelou que 59% admitiu mentir regularmente para seus filhos. Num estudo publicado na edição de 4 de abril de 1997 do USA Today, 48% dos trabalhadores admitiram cometer atos não-éticos ou ilegais no ambiente de trabalho.
Com cada camada (ou mentira) (NT: em inglês, with each layer (lie)) criamos
uma barreira tornando mais difícil ler com acuidade o que está à nossa volta. Isto por sua vez nos desconecta de nossa habilidade de acessar nossos sentidos psíquicos e causa distorções em nossa conexão com o Criador.

Mentir pode causar distorções em nossa percepcão da realidade. Mentir nos confunde e torna mais difícil conhecermos nossa verdade, já que não saberíamos no quê ou em quem confiar. Um dos requisitos para conseguirmos amar a nós próprios incondicionalmente é sermos verdadeiros conosco. Portanto, não minta. Mentir causa separação entre a nossa comunicação e o nosso Eu Superior e faz com que não tenhamos confiança em nossos sentimentos. "

Por Ken Page - http://www.kenpage.com/a_collection/lying.html
(Ken Page gentilmente nos autorizou a tradução para o Português
e inclusão em nosso site www.flordavida.com.br - Malu A. Renzo e Eloisa
Zarzur Cury)

*
-Por alguma razão sempre odiei a mentira, tenho uma visceral repugnância pela mentira...Óbviamente que já menti na minha vida mas tive sempre consciência do grave erro que é para a nossa alma mentir...aliàs nós sempre sabemos quem nos mente: o nosso coração sabe a verdade, mas a mente quase sempre nos mente...
rlp

4 comentários:

Nana Odara disse...

claro q nao gosto de mentira tbm... mas pra mim ainda acrescento outro pormenor...
sou muito distraida...
me desminto facilmente...
mentir exige um esforço mental muito grande de ficar sempre em alerta, de ter cuidado pra não esquecer q mentiu e se desmentir... muito estressante isso... kkkkkkkkkkkkkk...

Anónimo disse...

...é mesmo, mas há mentiras que nós dizemos a nós próprias como verdades e por isso julgamos que não mentimos. Essas são as mais difíceis de desmascarar. só nós é que o podemos fazer e não os outros.
Há uma parte de nós que nos ilude e convence de coisas que não são verdades e isso é passa-se a um outro plano de consciência.Temos que ir fundo nessa questão mas só com a idade o percebemos. As vezes levamos uma vida inteira a enganarmo-nos ou a deixarmo-nos enganar...

um abraço
rloenor

Nana Odara disse...

é verdade!!!

Toim disse...

Tem mentira que vale muito mais que uma verdade, e tem verdade que vale menos que uma mentira.