sábado, maio 30, 2009

O ENCANTO E O...

DESENCANTO
JOSÉ SARAMAGO
Todos os dias desaparecem espécies animais e vegetais, idiomas, ofícios. Os ricos são cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres. Cada dia há uma minoria que sabe mais e uma minoria que sabe menos. A ignorância expande-se de forma aterradora. Temos um gravíssimo problema na redistribuição da riqueza. A exploração chegou a requintes diabólicos. As multinacionais dominam o mundo. Não sei se são as sombras ou as imagens que nos ocultam a realidade. Podemos discutir sobre o tema infinitamente, o certo é que perdemos capacidade crítica para analisar o que se passa no mundo. Daí que pareça que estamos encerrados na caverna de Platão. Abandonamos a nossa responsabilidade de pensar, de actuar. Convertemo-nos em seres inertes sem a capacidade de indignação, de inconformismo e de protesto que nos caracterizou durante muitos anos. Estamos a chegar ao fim de uma civilização e não gosto da que se anuncia. O neo-liberalismo, em minha opinião, é um novo totalitarismo disfarçado de democracia, da qual não mantém mais que as aparências. O centro comercial é o símbolo desse novo mundo. Mas há outro pequeno mundo que desaparece, o das pequenas indústrias e do artesanato. Está claro que tudo tem de morrer, mas há gente que, enquanto vive, tem a construir a sua própria felicidade, e esses são eliminados. Perdem a batalha pela sobrevivência, não suportaram viver segundo as regras do sistema. Vão-se como vencidos, mas com a dignidade intacta, simplesmente dizendo que se retiram porque não querem este mundo. C
IN DN 30/5/2009
*
Eu por vezes partilho deste desencanto de que Saramago fala.
Sempre que vejo ou ouço os políticos e os Partidos e toda esta luta cega por poder. A farsa das campanhas para as eleições europeias ou outras e o histerismos dos candidatos, galos de poleiro.

E vejo estarrecida as lutas mesquinhas e as guerras entre pessoas supostamente idóneas...os insultos e as agressões...Seres humanos adultos e doutores, engenheiros...e os médicos e as suas receitas a martelo para fazerem viagens de loucos totalmente inconscientes da sua responsabilidade pelos doentes. O embaixador de Portugal no Senegal, proxeneta...
Um mundo virado do avesso em que tem valor o mais ignóbil e corrupto...é nesses que a maioria vota e escolhe. Como o Berlusconi...eles são os poderosos e os heróis das multidões...
E são estas pessoas que nos governam?
Ou serão elas apenas as cobaias de outros poderes mais sinistros ainda?
Deixo a pergunta...
Sim a "ignorância espande-se de forma aterradora"...

rlp

7 comentários:

Voz do Silencio disse...

Rosa sae que outro dia estava vendo Jo soaresz e uma grande Mulher chamada Luciana Hipolito explicava sobre o sistema de destribuição de votos no brasi.Fiquei espantada ao saber que quase não havia divisoes nos partidos porque els se uniam e se desuniam faziam coligações e tudo mais,mais espantada ainda fiquei ao saber que o sistema brasileiro é como uma sacoaonde se mistura farinha e fermento,não se sabe o que é a farinha ou o que é o fermento...espero que esteja entendendo o que digo pos os brasileiros votam em determinada pessoa ...sem saber que seu voto pode ser usada para eleger outra pessoa que as vezes nem é do proprio partido!!!é uma loucura!um absurdo....

Gaia Lil

NEANDERTHAL disse...

o meu desencanto é que querem fazer de mim um ser de gráfico cartesiano com eixos bipolares, macho-fêmea, o que é impossível, Oh Coração.

Nana Odara disse...

Meu desencanto é q as pessoas supostamene não patriarcais se comportem muito de forma patriarcal...

NEANDERTHAL disse...

proponho patriarcalmente NANA ODARA em casamento!

Anónimo disse...

muitas noticias tem a finalidade de nos roubar a esperança, porque a esperança e basiada na fé. Esta e uma das artimanhas usadas por eles.

Rosa Leonor disse...

sem dúvida que sim. não podemos perder a esperança em nós mesmas e a fé na Deusa...

rleonor

Nana Odara disse...

Nean,
pode ser amizade colorida?