"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

sexta-feira, agosto 21, 2009

EU TAMBÉM CONCORDO...


Wicca_A Bruxa em Mim deixou um novo comentário na sua mensagem

"Mulher: a iniciadora do amor":

CONCORDO COM Arttemia Arktos....

EU TAMBÉM NÃO PODIA DEIXAR DE CONCORDAR...

Anónimo deixou um novo comentário na sua mensagem

"Mulher: a iniciadora do amor":

Só as belas e jovens é que tem o poder da iniciação? Isso me soa sexista e totalmente inserido dentro de uma cultura religiosa patriarcal. Do homem não se exige nada disso. Basta que queira receber as dádivas da mulher para poder se apresentar con toda sua feiúra física e velhice que ainda assim estará apto para o ritual. A mulher não. Tem que ter beleza super-humana. E só assim.

Como nos relacionamentos amorosos e sexuais, onde as mulheres tem que disputar a preferencia por seus dotes físicos e juventude e os homens só tem que se dar ao trabalho de escolher com quem ficarão, sejam velhos, feios ou não. O texto ameniza, dizendo que a beleza física só não basta. Balela... Se o primeiro requisito que a mulher tem que ter é agradar aos olhos do homem(...a mulher com quem alguém deseja praticar a Arte do Amor deve ser de esplendida beleza e ter semelhante corpo e mente...a mulher deve estar na plenitude da juventude...), uma feia de grande beleza da alma e sem nenhum atrativo físico, ficará encalhada, como ficavam as sacerdotisas que serviam à Deusa na Suméria e que se não eram bonitas ficavam presas nos templos por até três anos, até conseguirem que algum homem concordasse em fazer amor com elas.

Como as religiões todas que conhecemos foram feitas pelos homens e para os homens, é claro que eles exigiriam esses requisitos da mulher, pois só são esses requisitos que são valorizados nas mulheres ainda hoje!

Arttemia Arktos


- De facto, qualquer homem, por mais bem intencionado que seja e acredito que seja o caso, não consegue equacionar essas questões do mesmo ponto de vista que a mulher...

O homem não tem a mesma sensibilidade que a mulher nestas questões e noutras, como bem sabemos, mas neste caso, quando se trata de ser mais justo e equanânime, ele não pensa em termos mais humanos, mas apenas egóicos...seja ele muito espiritual ou mais elevado no conhecimento que os outros homens, nisso ele é igual; ele vê sempre a mulher como um objecto de prazer e quanto maior prazer melhor e para isso não prescinde da sua estética... claro está, a juventude e a beleza são indissociáveis para ele tenha que idade tiver: o homem tem sempre todos os direitos...

O que você diz é profundamente verdade...

Obrigada pela ressalva, foi muito útil...

rlp

2 comentários:

Anónimo disse...

Não sei se é pertinente ou não...

http://www.terra.com.br/istoe/edicoes/2054/artigo129189-1.htm

bjins

Nanica

Rosa Leonor disse...

É sempre pertinente...achei muito inteessante talvez me inclua no número dos assexuados..mas isso não é novo...já os egípcios contavam com essa expressão nos seus altos iniciados como forma de realização a de uma das várias sexualidades a que o indivíduo pertence.

Um abraço e obrigada pela nota!