segunda-feira, setembro 21, 2009

ACEITAR O SOFRIMENTO...


"No meio do sofrimento consciente existe já a transmutação. O fogo do sofrimento transforma-se na luz da consciência. O ego diz: "Eu não deveria ter que sofrer", e esse pensamento aumenta nossa dor. Ele é uma distorção da verdade, que é sempre paradoxal. A verdade é que, antes de sermos capazes de transcender o sofrimento, precisamos aceitá-lo conscientemente."
(...)
"Quando você sabe quem realmente é, tem uma enorme e intensa sensação de paz.

Essa sensação poderia ser chamada de alegria, porque alegria é isso: uma vibrante e intensa paz. É a alegria de saber que seu ser é a própria essência da vida, antes da vida assumir uma forma. É a alegria de Ser - de ser quem você realmente é"."Quando diz "sim" para as situações da vida e aceita o momento presente como ele é, sente uma profunda paz interior"."Qualquer coisa que você aceite plenamente vai levá-lo à paz, o que inclui a aceitação daquilo que você não consegue aceitar, daquilo a que você está resistindo".

"A maioria dos relacionamentos humanos se restringe à troca de palavras - o reino do pensamento. É fundamental trazer um pouco de silêncio e calma sobretudo aos seus relacionamentos íntimos".


"Será que o sofrimento é realmente necessário? Sim e não. Se você não tivesse sofrido o que sofreu, não teria profundidade como ser humano, não teria humildade nem compaixão. O sofrimento rompe a casca do ego - do "eu" autocentrado - e promove uma abertura até atingir um ponto em que cumpriu sua função.


O sofrimento é necessário até que você se dê conta de que ele é desnecessário".

Eckart Tolle

Sem comentários: