sábado, janeiro 31, 2009

A MÃE É TUDO NA VIDA


“A mãe é tudo na vida.
Ela é o consolo na tristeza, o socorro na dificuldade, a força na nossa fraqueza. Ela é a fonte de toda a ternura, da amizade e do perdão. Aquele que é privado da sua mãe perde um coração para o suportar, uma mão para o abençoar e olhos para o proteger…
Tudo na natureza fala da nossa mãe. O sol, mãe da terra, abraça-a, alimenta-a como seu calor, ilumina-a até ao seu crepúsculo, embala-a para ela adormecer ao ritmo das ondas do mar, dos cantos das aves e dos rios. A terra, mãe das árvores e das flores, fá-las nascer, alimenta-as com a sua seiva e, por sua vez, estas tornam-se mães ternas para com os seus frutos suculentos e as suas sementes vivas. A mãe de todas as coisas é a alma universal, eterna, repleta de beleza e de amor…
(…)
A palavra “mãe” esconde-se nos nossos corações como se esconde o núcleo no fundo da terra e aflora aos nossos lábios tanto no momento da maior dor como no de alegria, tal como o perfume que a rosa exala na atmosfera mais pura ou pluviosa”

Les Ailes Brisées – Khalil Gibran
IMAGEM: A PIETÁ DE BERGAN

A ALTERAÇÃO DE FREQUÊNCIA DA TERRA

O plano de mudar a modulação da freqüência que afeta a espécie humana, permite o reagrupamento do seu DNA e dos filamentos de códigos-luminosos. Desta vez, o plano é gi­gantesco. A Terra está ajudando, à sua maneira, a evolução do universo. É na Terra que as coisas estão acontecendo é o lugar ­quente, o lugar para se estar. É onde o plano começa a desa­brochar. O que ocorrer na Terra irá afetar muitos e muitos mundos.
Como membros da Família da Luz, vocês concordaram em vir à Terra diversas vezes - de várias formas e em épocas diferentes - para se ambientar, descobrir as características treinar-se. Precisavam experimentar a Terra e preparar-se para o tempo em que a alteração da freqüência começaria a ocorrer Todos se comprometeram a encamar o número de vezes necessário para colocar o plano em ação.
A Família da Luz de todos os lugares está começando a se unir. Precisam concentrar-se no que possuem em comum, não no que deixam de ter em comum. Como membros da Fa­mília da Luz vocês trazem informação ao planeta de formula totalmente neutra para estimular o vosso próprio crescimento. Precisam fazer isso - porque o crescimento de cada um de vocês afeta o crescimento de todo o planeta.
O vosso DNA vai evoluir de duas para doze hélices. Estas doze hélices correspondem aos centros de energia ou chakras, dentro e fora do vosso corpo. Agora, aqui no planeta, milhões de vocês estão em missão e concordaram em manter a vibração para realizar esta missão. Grupos de vocês estão se tornando impecáveis e estes grupos estão afetando os outros Em breve começarão a perceber claramente quem são e qual é a vossa missão.
Este processo é um incrível salto evolucionário para os que participam e ocorrerá num ritmo muito acelerado nos próximos vinte anos existem algumas pessoa que já receberão o realinhamento das doze fitas de DNA, as doze hélices. Es­tas doze fitas espiraladas de DNA interagem dentro e fora do corpo. A conexão das doze espirais significa que os doze centros de informação podem começar a funcionar e enviar informação entre si para a frente e para trás. Tradicionalmente, sete destes centros estão localizados no corpo, e cinco fora do corpo. São normalmente conhecidos como chakras e estão alinhados com o movimento rotatório dos doze corpos celestes do sistema solar que vocês conhecem Os doze corpos celestes que vibram da maneira que vocês os percebem em três dimensões. Estes doze corpos celestes giram com informação: giram com o sistema de chakras que chega ao fim do universo e giram com o DNA girando dentro do vosso corpo.
Quando o DNA humano começar a se unir formando um sistema de doze hélices e agir de acordo com esta informação, haverá uma força incrível. Os indivíduos, ao simplesmente se agruparem e projetarem um desejo juntos – tornando-se um receptáculo telepático de energias de todo o cosmos irão modificar a face do universo.
Nós chamamos o processo de reagrupamento do vosso DNA de mutação. Quando vocês, como membros da Família da Luz, forem capazes de assimilar essa mutação dentro dos vos­sos corpos, serão capazes de integrar os vossos doze centros de informação. Começarão a compreender que vocês criam as vos­sas experiências e aprenderão a ser criadores conscientes. Mais do que isso, tornar-se-ão recordadores conscientes de quem vocês são.
Com a abertura dos vossos décimo, décimo-primeiro e décimo-segundo chakras, muitas energias extraterrestres irão aparecer em vossas vidas. Estas energias se intensificarão com o aumento do número de pessoas que conseguirem sustentar freqüências mais altas. O décimo chakra liga-se ao sistema so­lar, o décimo-primeiro à galáxia e o décimo-segundo a um lugar do universo. Com a sustentação destas freqüências, a informação que será trazida para o planeta irá assombrar e cho­car a maior parte do mundo.
Haverá uma fusão de identidades, uma fusão de culturas, uma incidência de várias “ordens do novo mundo” e ha­verá muito caos e confusão. Como membros da Família da Luz, vocês podem simplesmente observar isto, sabendo que o caos e a confusão devem vir para quebrar o sistema para que ele possa ser reconstruído com luz. Como membros Família da Luz, vocês compreendem que existe um processo evolucionário ocorrendo e, quem conseguir suportar a mudança de freqüência, evoluirá. A Terra é um lugar emocionante para se estar nesta época.

BARBARA MARCINIAKE - OS MENSAEIROS DO AMANHECER

O poder da mulher é o dom de dar a vida, não de tirá-la


“Reconstituímos a história das mulheres desde o Paraíso até ao séc. XIX e não ouvimos outra coisa através do longo rolar dos tempos senão o ruído metálico das suas grilhetas.” Lady Jane Wilde (1821-1896)


“Um amigo meu que é psiquiatra com formação em neuroquímica disse-me um dia, a brincar, “A droga mais perigosa do mundo é a testosterona”.

A História sugere que ele tem razão.
Uma análise exaustiva das culturas pré-históricas, como a efectuada por Riane Eisler* e outros, indica que, em praticamente todas as Culturas Antigas, as mulheres tinham o mesmo estatuto que os homens, e nalgumas até assumiam as responsabilidades. Uma das teorias sobre a razão de assim ser é que só as mulheres trazem vida ao mundo e os humanos podem não ter começado a compreender a genética antes de passarem da caça/recolecção para a pastorícia/agricultura. Eram as mulheres que mandavam porque controlavam a própria vida, produzindo vida a partir do seu corpo.

Quando todos perceberam que os homens tinham um papel a desempenhar nesse processo, contudo, nos primeiros tempos de pastorícia, alguns homens puseram em marcha uma tomada de poder, convertendo o sexo dos deuses que adoravam de feminino para masculino, e afirmando o controlo sobre a fertilidade de um campo ou rebanho de ovelhas. Os homens substituíram-nas.
Ao mesmo tempo, os comportamentos movidos pela testosterona começaram a dominar o início da nossa Cultura Recente: agressão, competição, domínio, guerra.
(...)
Assim, outra solução para esta confusão em que nos encontramos é devolver o poder às mulheres em todos os domínios, incluindo nos mundos social, familiar, religioso, militar e empresarial."

IN AS ÚLTIMAS HORAS DA ANTIGA LUZ DO SOL, Thom Hartmann
* "O Cálice e a Espada"

COPIADO DE http://www.saberdesi.blogspot.com/

ÍSIS SEM VÉU...


(…)

Helena Petrovna Blavatsky foi daquelas mulheres admiráveis que o mundo vê surgir de vez em quando.

(...)

A Teosofia que ela apresenta ao ocidente, através de seus livros: ÍSIS sem Véu e depois, sua obra magna: "A doutrina secreta" é até hoje muito estudada.

Foi a primeira a falar em nomes como El Morya e Mestre Kut Hoomi e ainda em vida escreveu: "Se soubesse que o nome dos mestres seria tão vilipendiado e usado por mentes tão tacanhas para dar autoridade a mensagens tão pueris teria preferido nunca ter revelado nada sobre eles". Imagino o que escreveria se visse o que acontece hoje. Esses mestres não eram seres de outros mundos nem entidades espirituais, eram homens que viviam na Índia e no Himalaia, ela mesmo conta de que certa vez passeando num jardim em Londres qual não foi sua surpresa ao ver um de seus mestres junto com uma delegação hindu entrando no palácio para ver a rainha. Bem a Teosofia partilha de um ramo que os hindus chamam de Atmistas. Para eles existe o ATMA, a centelha espiritual, emanada da fonte no principio da existência. Como entre os hindus a existência é cíclica, tem períodos como o que estamos, chamados Manwantaras, onde existimos e outros de "não existência” chamados de "Pralaya", onde tudo cessa de existir. O Atma emana um corpo causal, um corpo onde fica impregnado cada experiência de vida que um ser tem. Esse corpo causal gera um corpo mental (manas rupa) um corpo emocional (kama rupa) um corpo etérico (linga Sharira) e finalmente surge o corpo físico.

Após uma vida o ser perde o corpo físico e o corpo etérico, pode manter o corpo astral por um tempo, é interessante que o termo astral ficou muito confuso desde então, pois esse corpo astral é o corpo emocional, nada tendo a ver com o corpo astral dos alquimistas, que tem outro sentido, como corpo formado pela energia dos astros. É no plano astral que estão as ditas cidades espíritas, e todo o tipo de ilusão possível. Quando o ser "morre" neste plano deixa o corpo astral para traz, é esse corpo que eu coloquei que alguns elementais usam para, como "fantasmas" atormentar muitos e entrar em sessões espíritas para tomar a energia dos que ali estão. O plano mental é chamado DEvacã e é uma espécie de paraíso temporário. Quando perde esse corpo o ser tem toda a sua vivência captada e registrada no corpo causal.

Dali ele começa de novo o caminho gerando um novo corpo mental, um novo corpo emocional e um novo corpo etérico e físico e uma nova vida. Embora traga os "karmas" e "tendências" das vidas anteriores, seus corpos são novos, daí que nada, ou pouco, lembra de outras vidas. Ao contrário dos espíritas os Teósofos aceitam a realidade dos elementais e dos rituais, embora considerem que a magia, que chamam de "ocultismo prático" seja um campo perigoso, para só ser adentrado sob estrita supervisão de iniciados experts no assunto.
(…)
Embora pareça existir e seja mesmo o que notamos em nós como real, não tem existência em si, é fruto da interação de muitos outros fatores em nós. Basta alterar um desses fatores e tudo se altera. Assim pegamos as pessoas cada manhã acordando com um estado de espírito, com uma opinião diferente. Iniciar-se seria aprender a gerar seu próprio vetor, isto é, ser movido não mais pelo tanger de forças externas, mas desenvolver uma coisa muito falada , mas pouco presente: VONTADE.

A partir daí o ser se torna uma individualidade, a partir daí o processo de resgate e realização do self acontece, a partir daí a individuação ocorreu e então é que começa a aventura do iniciado, estar vivo e atuante, senhor (a) de si num mundo instigante e misterioso.Antes disso somos joguetes nas mãos de forças as mais diversas, memória coletiva, memória racial, força dos planetas, karmas raciais e tantas outras forças que nos tangem prá lá e prá cá, sem esquecer a mídia, a engenharia social e religiosa que os grupos que pretendem dominar o mundo estão sempre usando.


Nuvem que passa
Copiado de
http://pistasdocaminho.blogspot.com/

quinta-feira, janeiro 29, 2009

OS MISTÉRIOS DAS MULHERES


A Terra é um ser vivo.
Os ventos fazem parte do poder da Terra.
Nós somos seres de energia.
Podemos transmutar energia.
Nós somos seres de consciência.
Podemos transmutar a consciência.
Nós somos seres vivos.
Podemos transmutar a vida.

(…)
Estudar os Ventos é ir ao encontro do mistério feminino.
Pois os ventos como entes masculinos, mais correto seria dizer Yang, buscam as mulheres como parceiras e com o auxílio dos ventos podemos descobrir mais sobre essas parceiras fantásticas na trilha do conhecimento que são as mulheres. Quando ainda na imaturidade de suas existências perdem muito de seu poder em atitudes das mais tolas, como nós homens também perdemos, por termos sido condicionados a assim agir. Mas se encontram a si mesmas e descobrem seus potenciais as mulheres podem chegar num nível de profundidade no Xamanismo que nós homens podemos nos aproximar, não igualar. Isto, para meu clã e outros que conheço é um fato. Sem nenhum problema de "guerra dos sexos".
Homens e mulheres aqui na Terra trazem em si essas energias Yang e Yin que estamos falando e existem homens Yin e mulheres Yang, podendo manifestar ou nao essa polaridade também sexualmente. O que ocorre é que a lógica do rebanho ainda perpetua na civilização dominada e as pessoas são úteis quando produtoras e consumidoras das futilidades que o sistema oferece e úteis quando reprodutoras. Uma mulher plena, que não tenha "furos" no corpo energético, uma mulher que tenha enfrentado e integrado sua sombra, pode , após ter feito o rito do sol e trazido a semente do sol para morar em seu útero, convidar o "seu vento" (cada mulher tem "um" vento próprio.) para vir morar em seu útero.
Os xamãs homens desenvolveram o feitiço da cabaça, para nela "guardar" um ente a partir do mirar de como as mulheres usavam suas cabaças internas para nela guardar poder. E a diferença que o que está na cabaça é um ente, como um saci ou um ser inorgânico de outra extirpe, enquanto que a mulher guarda dentro dela um vento, um poder natural. Falamos disso mails atrás, da diferença do poder de um ente e de um poder Natural, que tem sua fonte na própria força do ser Terra.
Dependendo da sua conformação energética e da quantidade de energia vital em si, podemos nos unir a "mulheres ventos", numa associação que nem pode ser citada pelas palavras, pois as palavras estão impregnadas de emocionalismos piegas e desarrazoados, de carências e irresoluções e este tipo de relação entre um Homem e uma Mulher pela troca de ventos internos é algo que transcende a tolice sem par do romantismo moderno, feito de carências e cinismo. É um sentimento que vem das esferas da não expectativa, do não apego. Chegar aos ventos antes de ter se resolvido, antes de ter-se feito nuvem é arriscar ser parede que barra o vento, ser buraco que em sua própria natureza se afunda fugindo do vento, que ainda assim pode percorrer seu interior.
É o que vejo as vezes no encontro dito "amoroso" das pessoas, onde cobranças, medos, ciúmes e ansiedades preenchem o que poderia ser o partilhar da maravilha de estar vivo entre seres que se sentem felizes pela vida do outro. Há muitas complexidades no caminho dos Ventos, mas ele não pode ser trilhado por "busca do amor perfeito" ou por quaisquer outros interesses egoticistas. Para poder fluir com os ventos temos de ser nada, para nele flutuar temos de ser inteiros.
Nuvem que passa
30/12/2000

"minha irmã noiva"...


IRÁN: CONTINÚAN LAS LAPIDACIONES

"Según la información de la que dispone Amnistía Internacional, en Irán hay al menos ocho mujeres y dos hombres expuestos a ser lapidados. Las mujeres son: Kobra N., Iran A., Khayrieh V., Ashraf Kalhori, Gilan Mohammadi, Afsaneh R., M.J. y H. Los hombres son: Abdollah Farivar y Gholamali Eskandari."

Amnistia Internacional: http://web.es.amnesty.org/iran-lapidaciones/



O MUNDO JÁ NÃO AGUENTA A HIPOCRISIA DO HOMENS:
*
"Nos últimos meses, os governos dos países ricos moveram montanhas financeiras para proteger a integridade de seus sistemas bancários. Qual é o preço da integridade ecológica do planeta, do bem-estar das gerações futuras e do compromisso com os pobres do mundo?"

Kevin Watkins

quarta-feira, janeiro 28, 2009

Rosas de Ísis

(...)
"Enquanto o neófito jazia ali deitado, as nuvens juntavam-se e do centro surgiu uma mão de inexcedível beleza, que lhe tocou na testa – o perfume das rosas foi deixado sobre a sua testa; a mão tocou seus lábios e sentiu que jamais seriam causa de mentiras no mundo, através das mentiras do seu próprio ser, pois os dedos queimaram seus lábios, que ficaram a arder, muito embora o perfume das rosas de Ísis permanecessem como bálsamo.
A mão estendeu-se para a frente, ele a segurou e, gradualmente, uma figura formou-se das nuvens; uma figura verdadeira, manifestação da beleza e da paz que o aguardavam. A presença transformou-se numa alma viva que respirava, alguém que ele reconhecia e que conhecera em muitas vidas. Ele recordou-se do momento da morte, noutras vidas, em que esperara por ela no limiar da ponte da morte e a saudara com doçura, do mesmo modo como ela o saudara também…"
Mona Rulfe
INICIAÇÃO JUNTO AO NILO

A FORÇA DA EMOÇÃO


"ÉS UM JARDIM FECHADO MINHA IRMÃ-NOIVA,
ÉS UM JARDIM FECHADO, UMA FONTE SELADA..."

in Cântico dos Cânticos
(...)
Quando a nossa emoção é fortemente dirigida para um objecto, nós estamos derramando uma subtil mas não obstante poderosa forma de força.
Se essa emoção não é um simples derramamento cego, porém se formula dentro da ideia de fazer alguma coisa, especialmente se essa ideia faz com que surja na mente uma dramática imagem mental, a força derramada é formulada numa forma-pensamento; a imagem mental é animada pela força derramada a se torna uma realidade no astral. Esta forma-pensamento logo começa a emitir vibrações, a estas, pela lei da indução simpática da vibração, tendem a reforçar os sentimentos da pessoa cuja emoção lhes deu origem, e a induzir sentimentos similares em outras pessoas presentes, cuja atenção está dirigida para o mesmo objecto, mesmo que até aquele momento elas tenham sido apenas observadores desinteressados.
(...)
Dion Fortune

terça-feira, janeiro 27, 2009

O PODER INTERIOR


"Podemos assim ver que a ciência prova a existência de algo que em tempos julgou refutado: a natureza viva do Universo e a interligação de todas as coisas. Que ao afastarmo-nos das instruções e distracções da nossa cultura empresarial, e ao tentarmos alcançar a divindade quer dentro de nós quer na Natureza, encontramos um poder, um objectivo e um profundo significado na vida. Desse lugar, desse ponto de vantagem, podemos ver a insanidade essencial do estilo de vida wético, e quando um número suficiente de pessoas se aperceber disso, inverteremos o percurso no caminho destrutivo que a Humanidade segue.

Mas quantas pessoas têm de saber isso?

Uma brochura recente que recebi de uma organização que se autodenomina simplesmente Only Love Prevails ("Só o Amor Prevalece") alega que são apenas oitenta mil. Sugerem que as pessoas reajam a qualquer acontecimento negativo – pessoal ou mundial – entoando mentalmente "só o amor prevalece".

Quando perguntei a Victor Grey, autor de Web Without a Weaver e The Laser of Intent e membro da organização, onde tinham ido buscar essa número, escreveu-me: "Os físicos dizem-nos que, de acordo com as leis da mecânica de ondas, a intensidade das ondas (de qualquer tipo) em fase umas com as outras é igual ao quadrado da soma das ondas. Por outras palavras, duas ondas adicionadas uma à outra são quatro vezes mais intensas que um só onda, dez ondas são cem vezes mais intensas, etc. Sendo o pensamento uma energia, e uma vez que toda a energia ocorre em ondas, julgamos que oitenta mil pessoas pensando na mesma coisa em conjunto são tão poderosas em termos de criação da realidade que todos partilhamos, como os seis mil e quatrocentos milhões de pessoas (oitenta mil vezes oitenta mil) que habitarão o planeta na viragem do século, no seu pensamento caótico e aleatório. Portanto, oitenta mil pessoas que acreditem no amor serão suficientes para mudar a realidade planetária."
AS ÚLTIMAS HORAS DA ANTIGA LUZ DO SOL, Thom Hartmann


ENVIADO PELA LUIZA FRAZÃO, LER EM: http://www.saberdesi.blogspot.com/

O AMOR ULTRAPASSA A LUZ...


"Amor é o que vocês sentem quando ultrapassam a luz. Vocês precisam da luz, que é informação, para acessar esse amor.
Sem a freqüência da informação, a freqüência do amor é incompreendida. Quando a freqüência do amor vem primeiro, sem a freqüência da Luz, vocês acham que o amor está fora de vocês, em vez de compreenderem que o amor são vocês. Então fazem o que as pessoas no planeta têm feito há eons: veneram e endeusam tudo e acham que o amor está fora em vez de estar dentro. Nós decidimos vir a este planeta trabalhar com a luz, para fornecer-lhes informação, os fortalecer e, finalmente, ativar os vossos projetos de acordo com as informações.
Agora que já estão informados e compreenderam contra o que devem lutar durante a infusão multidimensional de luz na vossa identidade, vão começar a viver a freqüência do amor. Esta freqüência do amor permitirá que estendam o amor a outras versões do vosso Eu multidimensional, criando urna cura maciça da vossa consciência em vários níveis. As experiências que irão ter nestes planos de atividade podem ser muito fortes. Irão provocar tremendas alterações, mas vocês andarão com um sorriso de orelha a orelha, deixando as outras pessoas curiosas com o que possa ter-lhes ocorrido. Se comportarão assim porque vão estar na vibração do êxtase. Estarão numa vibração de conectividade, e todas as coisas e pessoas atraídas para vocês farão parte desta vibração. Tudo o que não estiver em ressonância com esta freqüência não conseguirá sequer se aproximar de vocês. Na verdade, quando entrarem em ressonância com as freqüências mais elevadas, quem não estiver nestas freqüências nem mesmo conseguirá enxergá-las.
Quando operarem na freqüência da informação, somada à da criação e amor, trabalharão disseminando esta freqüência - não trabalhando pelos outros, mas permitindo-lhes sentirem a vossa freqüência, quando entrarem em contato com vocês.
O vosso valor é inestimável, vocês sabem. Quem for capaz de dominar estes temas - e não há razão para que todos não o façam - será muito solicitado neste período. Serão considerados super-humanos. Contudo, não devem separar-se do resto da população. É o lugar de ensinar a todos e de mostrar-lhes como podem fazer o mesmo. As freqüências serão dadas e partilhadas livremente para que todas as pessoas descubram o que podem fazer para si mesmas. É assim que este planeta vai evoluir. "
BARBARA MARCINIAKE - MENSAGEIROS DO AMANHECER

" HAVIA DOIS TIPOS DE MULHERES"...


Cristãos e muçulmanos em Portugal, quando não havia "eles" e "nós"
“Público”, 17.01.2009, Alexandra Prado Coelho

Casar com um muçulmano pode ser "um monte de sarilhos" disse o cardeal-patriarca de Lisboa. O arqueólogo Cláudio Torres diz que no século XI era difícil distinguir uns dos outros.
(...)

Casamentos e negócios

Se passarmos para as classes mais altas, as diferenças também não são fundamentais. Os muçulmanos fazem tal como os cristãos. "Os nossos aristocratas iam buscar a mulher a outra casa nobre, onde pudessem enriquecer a sua estirpe. Isso não impedia que, de repente, se surgia mais um negócio, mais uma guerra, essa mulher fosse repudiada e se fosse buscar outra. Era tudo em função de interesses políticos. E o Papa sempre sancionou essas expulsões, chamadas 'divórcios'."
(...)
O casamento era, acima de tudo, um acordo. "São negócios, acordos familiares, de clãs. As casas comerciais que dominam o Mediterrâneo são familiares." E, tal como na sociedade grega clássica – "aquela que é habitualmente endeusada" –, havia na sociedade do Al-Andaluz (a Península Ibérica no período do domínio islâmico) dois tipos de mulheres: "As que tinham os filhos, e que estavam em casa, não podiam sequer sair à rua; e as outras, as intelectuais, que iam às festas, sabiam tocar, dançar, faziam poemas." Estas eram mulheres livres, mas "ninguém arriscava casar com elas". Mais uma vez era o pragmatismo que dominava. "A continuidade do clã tem que ser garantida. Não se pode deixar a mulher que será mãe dos filhos fora de casa porque é perigoso, o gene da família pode ser modificado."

Aliás, sublinha o arqueólogo, "o nosso cristianismo primitivo era tão ou mais repressivo com a mulher como o islão nessa altura". No mundo cristão medieval, por exemplo, "a mulher estava mais do que confinada". Islão e cristianismo são "religiões que vêm das mesmas origens, dos mesmos princípios", por isso é natural que tenham práticas semelhantes. "(...)
(FIM DE CITAÇÃO)

À PARTE O NEGÓCIO, "UM MONTE DE SARILHOS" É CASAR SEJA COM UM CRISTÃO SEJA COM UM MUÇULMANO...E DEPOIS NÃO PERCEBO PORQUÊ É QUE ESTES VELHOS CELIBATÁRIOS TÊM DE DAR CONSELHOS ÀS RAPARIGAS NOVAS...

DE QUALQUER MODO AFINAL NÃO MUDOU MUITO EM RELAÇÃO À MULHER, EMBORA SE PENSE QUE SIM, MAS...HOUVE SEMPRE DOIS TIPOS DE MULHERES...

Agora é o Exército que em Portugal procura aliciar as mulheres para a vida militar...as delícias da guerra...enquanto em Israel há mulheres soldados à força que se recusam a envadir e a matar outros seres humanos e são presas...

segunda-feira, janeiro 26, 2009

O QUE ESTÁ EM CIMA É IGUAL AO QUE ESTÁ EM BAIXO

A VERDADE ESTÁ DENTRO DE NÓS...
(...)"Existe uma crença universal de que as emoções são incontroláveis. Não são. Vocês conseguem não só controlá-las, como manter o controle sobre si mesmo. Emoções podem transformar-se em freqüências internas, veículo que os leva a atingir a essência mais profunda do ser. A sintonia com estas freqüências os fará desenvolver uma forma de encarar a emo­ção sem a julgar, apenas de a reconhecer e sentir. Observem o que podem fazer com uma emoção. Para onde os leva? Qual o próximo passo? Procurem distanciar-se do evento que a de­sencadeou. Esse procedimento pode ajudá-los.
Trabalho corporal libera emoções. Vocês vêm usando os tecidos e os músculos do corpo como uma armadura para pro­teger o esqueleto. Estes tecidos adensaram-se para impedir que as informações contidas nos ossos chegassem à superfície. Há que atravessar todas essas camadas para atingir a verdade que se encontra dentro do vosso corpo.
O vosso projeto, ou aquilo que vieram realizar no plane­ta, fica ativado quando vocês se aproximam. Parece aquela brincadeira de criança: vocês escondiam uma coisa e, quando alguém chegava perto, diziam: "está esquentando". O corpo começa a "esquentar" quando o seu projeto começa a concreti­zar-se, saindo da mente lógica para a experiência. Isto aconte­ce porque vocês estão se alinhando com o vosso propósito. É o corpo, não mente, quem recebe as informações. Se concede­rem liberdade às emoções, terão uma experiência muito mais satisfatória do que se as julgarem, tentarem controlá-las e não perceberem o processo pelo qual estão passando.
Vocês precisam das vossas emoções . Esta afirmação é indispensável para a vossa evolução. Algumas pessoas orgulham­-se de não terem emoções, logo elas vão descobrir que aquilo de que se orgulham as acabara destruído.
Podem sentir que já trabalharam algumas coisas com os vossos pais. Seria mais correto dizer que tiveram o maior nú­mero possível de visões num dado período. Quando trabalham o corpo, usam cristais, ou criam alguma espécie de movimen­to para ancorar mais energia à Terra, ampliam a vossa visão global.
As informações são escritas e armazenadas nas pedras. Elas também são escritas e armazenadas nos ossos. Por isso é tão importante trabalhar a estrutura óssea, pois ela abriga grande parte da vossa experiência nesta encarnação. Deixem as emoções aflorarem, não se policiem se encontrarem casos que julgavam encerrados. Digam: "Maravilha! Tem mais aqui! Adoro isso!" Usem a experiência como se estivessem desco­brindo uma mina de ouro - como se descobrissem que são pessoas saudáveis, recém nascidas.
Todas as emoções desenterradas foram vocês que decidiram desenterrar. Não podem imaginar a limpeza que estão fazendo. Estão abrindo verdadeiras avenidas de conscientização para o planeta inteiro, não apenas para vocês. A grande vantagem de tudo isso é que esta limpeza abrange os temas mais fáceis. Os temas mais complicados, difíceis, vi­rão mais tarde, quando estiverem tão saturados deles que nem se importarão mais. Tudo vem na hora certa."
(...)
barbara marciniake - os mensageiros do amanhecer

OS NOVOS ESCRAVOS, OS ESCRAVOS DO DINHEIRO

SOMOS TODOS ESCRAVOS DAS ECONOMIAS DE MERCADO...

Escravos do ordenado e da renda da casa, escravos da prestação ao Banco, escravos da prestação do carro e do petrólio, escravos do consumo e dos meios de comunicação, da televisão e da sua programação, robots dos seus modelos, escravos do Partido e dos Clubes de Futebol...

Mediocres, pobres, ignorantes, acreditamos nos MILIONÁRIOS heróis de futebol e nos políticos CORRUPTOS e ambiciosos, nas revistas cor de rosa e nos romances de cordel, nas telenovelas da nossa miséria, nos escritores jornalistas que escrevem a granel...

Estamos pendurados em grossas correntes sem ar nem espaço para respirar...andamos todos á toa, como sonâmbulos, perdidos numa noite de pesadelo que parece não ter fim...

(...)
"Em contraste com os que vivem em tribos, poucas pessoas dizem não ser sequer remotamente “livres” na nossa sociedade moderna: são escravas dos tempos modernos, mantidas em cativeiro pelos “proprietários de escravos” da nossa cultura.
Os proprietários de escravos utilizam as correntes da hipoteca devida ao banco
, do empréstimo para o carro, das contas do cartão de crédito por pagar, da exigência de pagamento de impostos se possuírem casa própria, e as muitas outras formas subtis e não tão subtis de pressão económica e cultural que nos retiram a maior parte do tempo de vida e o utilizam para os seus próprios fins.

(…)
Os escravos sabem quando são escravos, independentemente das palavras utilizadas para descrever a sua escravidão. E procurarão escapar à escravidão, seja através de drogas cada vez mais potentes, de “entretenimento” cada vez mais intenso, ou de comportamento psicopático violento. "

(...)

In AS ÚLTIMAS HORAS DA ANTIGA LUZ DO SOL, Thom Hartmann
Ler mais em: http://www.saberdesi.blogspot.com/

AS ECONOMAS CONTROLAM AS PESSOAS


AS BONECAS BRANCAS E AS MENINAS NEGRAS...

...Gastam-se fortunas de bilhões e bilhões de dólares americanos na espionagem, nas guerras, nas revanches violentas, na manutenção de um Estado imposto aos povos do oriente médio, sem respeitar o próximo. Difundindo a pobreza e a miséria entre povos que vivem em solos ricos de "ouro negro" mas cujo proveito atinge somente as minorias dominantes em conluio com os países ditos de "primeiro mundo" encabeçados pelos Estados Unidos. Quantos não morrem por dia de Câncer e AIDS? E de fome? Acreditem: são milhões!

Com tanto dinheiro gasto dos contribuintes Americanos em mais violência, assim como em projetos como o Espacial, esquecem-se da saúde, da fome e da miséria que afligem boa parte dos habitantes do planeta. A horda de Átila, o rei dos Hunos, não foi tão nefasta para o mundo (levando à derrocada do Império Romano) do que a dissimulada ação do imperialismo através do capitalismo selvagem que privilegia minorias e cujo desenvolvimento está dizimando com as ditas riquezas naturais, com a NATUREZA, com nosso habitat PLANETA TERRA. Os Estados Unidos não assinaram o protocolo de Kioto. Por que? O PLANETA TERRA é de TODOS. (…)

Pouco a pouco, e cada vez mais rápido e nefasto, os valores do quanto mais melhor, do chamado milagre Americano, estão sendo propagados pelo mundo, inclusive no Brasil, e os povos são levados a consumir mais e mais supérfluos, e a concentrar riquezas em detrimento do bem comum. Existe decreto Presidencial que incentiva o endividamento, que no final de tudo acaba sendo uma ilusão de liberdade e de acesso à riqueza. Aposentados e pensionistas bem como os pobres, estão sendo motivados a consumir supérfluos, mediante o endividamento. Mal veêm que estão sendo escravizados e amarrados pelo "sistema". A mídia, mais precisamente a televisão, utiliza imagens para escravizar, propagar a violência, a inveja e o egoísmo. E a educação para os valores realmente válidos e harmônicos com o Planeta e uma vida digna para todos os seres humanos indistintamente de nacionalidade, raça ou credo, como fica?

O poder através das armas e através do dinheiro é a tônica dos governos, indistintamente. A democracia é usada para escravizar e dar a sensação que as pessoas são "livres". A pessoa vota e portanto (pensa que) é dona do seu nariz. Voces acreditam? A realidade é que não há partido político que resista ao poder e ao dinheiro. Aliás, para que mesmo que existem partidos políticos? Existem para frear e arbitrar sobre a ambição humana e fazer justiça equalizando as riquezas e a comida para todos? Fazem isso realmente? A especulação sobre a terra, a grilagem de áreas naturais sob os olhos do dito governo popular ou qualquer outro que seja, para transformar as florestas naturais em pasto para gado. Gado este que enriquece os latifundiários mas cuja carne vai para o estomago de quem pode pagar. Tem alguma coisa errada em tudo isso, não?
Lauro Escobosa Vallejo

sábado, janeiro 24, 2009

QUEM SOMOS NÓS?


A maior parte dos problemas que temos derivam da falta de sinceridade e de verdade entre as pessoas. Normalmente as doenças mais graves são de origem psicossomática…Há uma inadequação entre aquilo que somos verdadeiramente no fundo de nós mesmos e a imagem que de nós queremos passar aos outros, e isto é especialmente verdade quanto às mulheres por elas estarem sujeitas a uma grande repressão da sua verdadeira natureza instintiva e intuitiva e daí de facto sofrerem mais de doenças degenerativas; mas é igualmente verdade para os homens embora estes não sofram tanto dessa pressão pois à partida estão mais confiantes por serem machos e acabam por ter mais confiança no seu poder…
Por isso sinto ser um imperativo maior obedecer aos impulsos do nosso coração na busca de uma sinceridade e confiança no que somos a fim de franquear as barreiras comuns do medo e dos complexos de superioridade ou de inferioridade que todos temos baseados no medo de não se ser amado, ou de não se ser aceite pelo que realmente somos e consequentemente de não se poder confiar ao próximo a nossa verdade…


O maior sofrimento do ser humano advém do facto de querer mostrar ou provar ser uma coisa que não é…
Isso acontece quando queremos corresponder às expectativas que foram geradas e projectadas pelos nossos progenitores ou pelos namorados, amantes ou maridos etc. É essa sisão em nós (sobretudo em nós mulheres na divisão das duas mulheres) que provoca a curto ou longo prazo toda a espécie de distúrbios a nível emocional e psicológico e é ainda devido a esse stress enorme e luta interior contínua, entre o que se é e o que se quer ser, digo aparentar, na maior parte das vezes de forma inconsciente, que acabamos vítimas de doenças e depressões graves…

Devíamos por isso confiar MAIS no nosso coração, no ser e não no parecer, na nossa inteligência não racional, o nosso lado intuitivo, o lado feminino do ser… devíamos deixar de ceder à essa carga infernal dos meios de comunicação e consumo e de entretenimento que nos exigem uma imagem e nos escravisa ao sistema.
A pior poluição que afecta a Humanidade é a poluição mental.
A sociedade marcha nesse ritmo acelerado para o seu fim numa cadeia cada vez maior em produzir-consumir e morrer, impelida pelos meios de propaganda e da publicidade que nos faz consumir tudo para compensar todos esses medos e complexos…assim torna-se imperiosa a necessidade de uma compensação material para se ser alguém: ter a casa fantástica, o carro de marca, a roupa de estilo e o culminar no corpo ideal, mutilado e transformado até à castração (o mudar de sexo), para responder a uma imagem ou a um padrão de consumo obrigatório…
Se olharmos para as auto-estradas cheias de carros e formos a um Super-Mercado ao fim de semana, todos sentimos a asfixia e o peso da loucura a que todos nós chegámos…Foi o que acabei de fazer e sinto-me completamente agoniada energeticamente esgotada.
Basta de seguir a manada como os carneiros, empurrados para abismo!
Por mim, ao contrário de muita gente, esta crise é benéfica e espero que ajude a parar a alienação global e ajude a parar a máquina infernal do consumo no mundo inteiro.
rlp

PORQUE ESTÃO ELES TÃO FELIZES E CONTENTES...

OS PRESIDENTES DA EUROPA...ALEMANHA, FRANÇA, ITÁLIA E ISRAEL...

Cada vez mais “O mundo é um lugar perigoso de se viver, não por causa daqueles que fazem o mal, mas sim por causa daqueles que observam e deixam o mal acontecer”
Albert Einstein
*
Cada mulher que acordar para o seu feminino verdadeiro é uma pedra basilar na fundação de um Novo Templo da Deusa Mãe, ancorado na Terra, um Novo Mundo mais verdadeiro, mais justo e equilibrado. Sem a dimensão do Feminino Sagrado associado à sacralidade da Natureza o Mundo não pode sobreviver…
O Homem já CONTROLOU, dominou e destruiu durante muito tempo este mundo e precisa agora deixar as rédeas do poder e juntamente com a verdadeira mulher tornar-se num Homem justo e assim caminhar para esse novo mundo, a risco de todos nós soçobrarmos pela desordem pela fome e a pela guerra.

rlp

sexta-feira, janeiro 23, 2009

AS DUAS MULHERES...

mulheres & deusas
Algumas das minhas habituais leitoras e os poucos leitores que tenho, estranharão este aparente afastamente das coordenadas deste Blogue e poderão deduzir pelas minhas próprias palavras que me afastei do meu Caminho inicial...que me estou a afastar das Mulheres & Deusas...mas não é verdade. Voltarei sempre a esse ponto de partida. Mesmo que de algum modo o meu Foco tenha mudado na táctica, ele não muda na essência. A Mudança e a Evolução da Consciência passa sempre pela união dos princípios, feminino e masculino e pela fusão dos polos complementares...Antes da mulher se tornar um ser espiritual ela tem sempre de integrar a sua sombra.

Agora, digamos que trabalho sobre os dois planos...ou mais na síntese, se preferirem, mas sempre que for necessário clarificar um ponto inalienável da consciência do ser como o é a integração das duas mulheres, por assim dizer os dois esteriótipos de Eva e da Lilith ou da Virgem e da Maria Madalena, o meu empenho será o mesmo. Essas duas mulheres continuam divididas na nossa sociedade e cultura e o cinema modermo e muito máu continua a difundir o antagonismo das duas mulheres que na verdade correspondem à natureza de uma só, e podemos ver amplamente divulgado nas famosas telenovelas o ódio gerado e o conflito permanente entre a esposa e boa mulher e boa mãe e a desvairada, a assassina a prosmícua ou a puta...É o caso da Favorita...no Brasil. Nós por cá também asssitimos todos os dias ao ódio corrosivos dessas duas mulheres que simbolizam a boa e a má...esse espírito de divisão e ódio entre as mulheres molda milhões de espectadores...tanto mulheres como homens.

Porque será?

Ainda ontem vi parte de uma série muito má sobre demónios e exorcistas em que aparece uma criança belísssima mas diabólica com o nome de Lilith justamente e que destrói cruelmente os homens, sempre os bonzinhos da fita ...

É assim que se propagam o ódio à mulher e a divisão entre elas, criando uma cisão interior na própria mulher fazendo com que elas se odeiem entre si e inclusivo os homens as temam e odeiem também. Portanto este tema é sempre actual e eu não deixarei nunca de o denunciar...

rlp

A CIÊNCIA E A FICÇÃO...

Quem conduz os fios de luz?

Vocês guardam a história do universo dentro do corpo físico. O que está ocorrendo agora no planeta é a mutação literal deste corpo, que vocês estão permitindo evoluir ao ponto de se tornar o computador que poderá armazenar esta informação.
Isto, na verdade, irá ocorrer devido à engenharia biogenética que nada tem a ver com vocês, mas podem facilitar o processo, intencionando cooperar com ele. Como espécie, vocês estão sendo biogeneticamente alterados pelos seres que os criaram e que refazem o vosso DNA em entroncamentos periódicos da vossa história.
(...)
Antes de encarnarem, todos se comprometeram a designar eventos que ativariam seus códigos, ou projetos - que ativariam as vossas memórias. Então, encarnaram e esqueceram. Todos vocês, até certo ponto, tiveram seus projetos e códigos ativados, ao compreenderem que existe um Plano Divino do qual fazem parte. A ativação dos vossos códigos e a percepção das vossas identidades irão se intensificar de forma fenomenal. A razão disto é a evolução do DNA. Quando tiverem as doze hélices de DNA no lugar certo, elas irão conectar-se com o sistema de doze chakras.
Os doze chakras são vórtices carregados de informação que vocês devem ser capazes de traduzir. Independentemente de estarem ou não no planeta, vocês estão evoluindo. Ao longo do processo evolutivo aqui na Terra é necessário que ultrapassem o que foi estabelecido como teto, ou limite, do possível. Devem tornar-se super seres, não importa a realidade em que entrem porque, como membros da Família da Luz, ramo dos renegados, isso é o vosso forte. Se propuseram a vir a este planeta para receberem desafios, tornando-se assim desafiadores - não de forma a criar problemas ou disseminar discórdias, mas a criar um desafio harmonioso. Através da vossa harmonia vocês desafiam a antiga freqüência vibratória.
Um pouco dos atritos que têm com outras pessoas deve-se ao fato de estarem trilhando um caminho evolutivo e seguirem adiante.
(...)
O que os cientistas chamam de "DNA lixo" tem estado dormente em vossos corpos há muito tempo, e agora está sendo ativado. Em nossos ensinamentos, enfatizamos sempre a importância da oxigenação, porque o oxigênio alimenta os códigos e desperta o "DNA lixo" (que certamente não se trata de lixo de forma alguma).
O que os cientistas chamam de "lixo" armazena conhecimentos que irão dotá-los de percepção plena e transformá-los em seres da quarta-dimensão. O despertar do DNA irá permitir-lhes mudar a visão, a audição e aumentar a duração de vossas vidas entre outras coisas. A parte dormente do DNA, que desafiou os cientistas, está prestes a renascer.
Sua mutação é tão rápida, que muitos cientistas consi¬deram o processo uma doença. Alguns estão tão seriamente preocupados que convenceram o governo a investir bilhões de dólares em pesquisas sobre o DNA. O que está ocorrendo em vossos corpos não se trata certamente de doença, mas de uma mutação natural, estão sendo reprogramados. Esta mutação costuma acontecer durante o sono por isso vocês podem acordar de manhã sentindo algo diferente no corpo. Podem estar certos de que as mudanças não tardarão a aparecer e que vocês desenvolverão novas habilidades. Automaticamente irão saber muitas coisas.
(...)
O sistema evolucionário atual, projetado (...) para conduzi-los a várias dimensões ou freqüências, baseia-se na evolução das doze hélices correspondentes aos doze chakras - sete dentro do corpo e cinco fora. Esta é, simplesmente, a maneira pela qual o sistema se liga. Com relação à evolução das hélices dentro do corpo humano, deve ser atingido um denominador comum de freqüência que todos consigam alcançar, mesmo quem estiver nas estações mais baixas.
Existem também seres humanos que conseguem ir além das doze hélices. De maneira geral, contudo, o estado de conscientização da humanidade não pode alcançar esta espécie de aceleração. O salto de um sistema de duas hélices para um de doze já é significativo.
Em breve algumas pessoas estarão funcionando com as doze hélices, enquanto outras só receberão esta mudança no final da década. Isto ocorre porque cada indivíduo é codifica¬do para receber a freqüência apenas quando for capaz de integrá-la. Muitas pessoas já estão vivendo momentos difíceis ao integrar as mudanças nestes estágios iniciais do plano. A grande maioria dos humanos na Terra convenceu-se de que só existe uma realidade. Isto pode ser a queda da raça humana.
A reorganização das hélices provoca um despertar do conhecimento interior que ultrapassa tudo o que vocês possam ter aprendido. Este conhecimento interior é o conhecimento do Eu, que afirma haver muito mais do que o mundo físico. Acredite nisto. Saiba isto. Compreenda isto.
BARBARA MARCINIAKE - OS MENSAGEIROS DO AMANHECER

UM CHOQUE CULTURAL


(...) Este planeta está sujeito a um choque cultural.

Vocês vieram para cá, agora, com um propósito determinado: enfrentar os deuses criadores que refizeram a espécie humana que estão voltando. Alguns deles já estão aqui. Este planeta tem sido constantemente visitado e muitas formas diferentes de seres humanos foram semeadas aqui através de grande variedade de experiências. Houve muitos fatores que influenciaram o curso da história na Terra. Durante milhões de anos, existiram neste planeta civilizações que vieram e se foram sem deixar vestígio. Todas estas civilizações, assim como a vossa história, foram influenciadas por inúmeros seres luminosos que vocês denominaram Deus. Na Bíblia, muitos destes seres foram combinados passando a representar um ser, quando não eram de Jeito nenhum um único ser, mas uma combinação de várias energias luminosas extraterrestres muito poderosas eram, sem dúvida, energias majestosas vistas sob nossa perspectiva, e é fácil compreender porque foram adoradas e glorificadas.
Não há literatura na Terra que apresente um retrato verdadeiro destes seres. Todos os deuses vieram aqui para aprender e acelerar o seu próprio desenvolvimento através do trabalho com criatividade, consciência e energia. Alguns foram bem sucedidos e aprenderam suas lições, enquanto outros cometeram erros devastadores.
Quem eram estes deuses da antiguidade? Eram seres capazes de modificar a realidade e comandar os espíritos da Natureza segundo a sua vontade. Os humanos tradicional¬mente chamam de Deus seres capazes de fazer o que eles não conseguem.
Estes seres passaram por antigas culturas de varias sociedades, retratados como criaturas aladas e bolas de luz. Este mundo é permeado de pistas, indícios e artefatos que indicam quem eram os seus deuses. Contudo aqueles que desejavam manipular os humanos inventaram suas próprias historias criando paradigmas para os poderem controlar. Disseram-lhes que estes seres eram deuses verdadeiros e vocês foram ensinados a cultuá-los, adorá-los e obedecê-los Este paradigma está agora na eminência de sofrer uma mudança gigantesca. A verdade aparecerá, uma verdade que mudará completamente a maneira como vêem o mundo. Pobres daqueles que não quiserem enxergar.
As reverberações do choque atingirão todo o mundo.
Os deuses criadores que têm governado este planeta possuem a capacidade de assumir a forma física, embora na maior parte do tempo existam em outras dimensões Eles mantêm a Terra numa determinada freqüência vibracional criando traumas emocionais para se alimentar. Existem seres que honram a vida acima de tudo, e seres que não respeitam a vida nem compreendem a ligação que têm com ela.

Consciência alimenta consciência. Não é fácil entenderem este conceito, porque vocês se alimentam de comida. A comida para alguns seres, é a consciência. Toda a comida contém consciência em algum ponto do seu próprio desenvolvimento, quer você a frite, cozinhe ou colha da horta; você a ingere para manter-se nutrido. As vossas emoções são alimento para outros seres. Quando vocês são controlados para gerarem devastação e fúria, estão criando uma freqüência vibracional que sustenta a existência destes outros seres, porque é disso que eles se nutrem.
Existem seres que vivem da vibração do amor, e esse grupo gostaria de restabelecer o alimento do amor neste planeta. Eles gostariam de ligar este universo na freqüência do amor para que ele tenha a oportunidade de sair e semear outros mundos.

(...)

barbara marciniake - os mensageiros do amanhecer

quinta-feira, janeiro 22, 2009

CHAMAR A MÃE DIVINA...


Chamar Deus de Mãe Divina não é mais equivocado do que chamá-lo Pai Divino. Desde o ponto de vista empírico, são necessários o macho e a fêmea para explicar criação do mundo. O shakta* põe ênfase sobre a feminilidade porque, enquanto a parte masculina da procriação é fugaz e momentânea, a feminina é mais permanente e íntima.


A Mãe Suprema se sacrifica para converter-se no mundo. Por esse ponto de vista, a concepção materna é mais importante do que a paternidade de Deus.

Ao mesmo tempo, o shakta bem sabe que, desde o ponto de vista transcendental, as distinções sexuais não são aplicáveis ao Absoluto. A palavra sânscrita "Matri" é feminina e masculina. Assim se dirige o "Mahakala-Samhata", a Divina Mãe em um hino: "Não és menina, donzela e nem anciã. Na verdade, não és feminina, masculina e nem neutra. És o poder inconcebível e incomensurável, o ser de tudo que existe, isento de toda dualidade, o Supremo Brahman, só acessível através da iluminação e da sabedoria".

OM SHAKTI MAYAM JAGAT

**Notas: *Shakta (do sânscrito): Adorador da Mãe Divina; Adorador da Shakti.** Om Shakti Mayam Jagat (do sânscrito): Mantra que evoca a vibração da Mãe Divina: Om: A vibração do Todo em tudo; O Verbo Divino - Shakti: Poder Divino, Força Divina - Mayam: A Mãe no seu aspecto de plasmadora vital - Jagat: O Universo.

o coração que arde


Tudo começa e acaba em nós...esta vida aqui começa e acaba na nossa respiração... Concentre-se nela. Isso ajuda. Quando mais fundo for mais sente o ar livre dentro de si...experimente! E deixe o seu coração arder...de amor!

(…)
"Existe uma ilusão hoje no Ocidente que os "Mistérios" estão revelados, que não há nada mais oculto, que tudo está aberto para quem procura. Confundiu-se o Esoterismo, saber oculto, com Ocultismo, essa colcha de retalhos construída sobre achismos e opiniões de pessoas que captaram fragmentos e impuseram tais fragmentos, muitas vezes deturpados, como verdade final, sem falar nos que confundiram suas presunções com revelações. Até mesmo aqui na lista vi essas colocações. Nada mais distante da realidade.
O fato de o Ocidente ter estado muito mergulhado numa superstição grosseira por séculos e depois ter mergulhado na armadilha oposta do positivismo materialista, faz com que alguns conhecimentos e práticas simples e básicos pareçam ser todo o conteúdo dos mistérios que já existiram.
(...)
Os mistérios que envolvem o estudo da Existência, das Leis que regem essa existência, das Artes Mágicas e tudo mais relacionado as mesmas existem, estão bem vivos e guardados pelos que juraram lealdade e segredo.
Notem que no passado conhecer o momento de um eclipse, conhecer certas reações químicas, certos elixires e remédios estavam dentro dos Mistérios, hoje estes conhecimentos, em parte, vieram até a ciência comum.
Quando ouvimos falar no perigo nuclear, nas armas bacteriológicas e virais, no controle das populações por sofisticados meios de engenharia social e religiosa, que manipulam grupos de pessoas para seus próprios fins, podemos ter uma pálida idéia do porquê são ciosos do segredo os(as) antigos(as) guardiães dos Mistérios.
(…)
Sabemos também que em certos templos do Egito e de vários povos da Mesopotâmia, como em povos da América nativa, o (a) iniciado ao entrar nos testes dos Mistérios Maiores, se falhasse, podia perder sua liberdade, ficando a servir, recluso, como escravo nos templos, ou mesmo perder sua vida de acordo com a natureza da prova.
A questão chave era que o conhecimento já absorvido podia ser perigoso se mal usado, assim, se não atingisse condições para o seu pleno desenvolvimento, não poderia também retornar ao convívio dos seus com o "semi-conhecimento" que possuía.
Para os antigos o ser humano tinha um papel cósmico a desempenhar, como catalizador de processos cósmicos, como captador e transmutador de energias que vinham da Eternidade e que na sua forma original não seriam "metabolizáveis" pelo Ser Terra.
(…)
O ser Terra também elaborava diferentes energias em cada momento, em cada estação e o organismo humano, como parte do organismo Terra, devia se sintonizar e harmonizar-se com tais energias.
Esta é a função do trabalho de muitos ritos abertos, de ritos dos mistérios menores. Trabalhar ativamente o transito das energias telúricas e cósmicas.
Tais ritos eram coordenados por sacerdotes e sacerdotisas iniciados (as) nos Mistérios Maiores, isto é, eles operavam a energia que era gerada nos rituais e a potencializavam e a canalizavam, de acordo com conhecimentos muito amplos e profundos.
(...)
É por isso que tantos rituais são apenas catarses grupais, são apenas emocionalmente intensos, com poucos efeitos profundos e transmutadores, pois a ciência profunda para se elaborar e levar a realização um rito não é coisa simples, nem que se faça por improvisação.
Lidar com a força da Natureza em todos seus aspectos, lidar com a energia dos quatro elementos, com a força das estações e dos astros é algo que exige muito foco, muito conhecimento e muito poder pessoal. "
(...)
escrito por "nuvem que passa"

quarta-feira, janeiro 21, 2009

Republicando...para que se não esqueça.

AS TORTURAS QUE A IGREJA DE ROMA FAZIA ÀS MULHERES

“As Mulheres Sentiam Um Medo Especial da Inquisição”

Se uma mulher fosse acusada de bruxaria, ficava na iminência de sofrer uma tortura muito especial por parte do clero sedento de sexo. Como você descobrirá ao ler o "Malleus Maleficarium", o manual operacional da Inquisição, as mulheres eram especialmente visadas para perseguição como prováveis bruxas. Se uma mulher fosse meramente lançada de um lugar alto, como vemos aqui, podia chamar a si mesma de sortuda por ter uma morte relativamente rápida e com pouca dor. Como demonstraremos, um espírito demoníaco de obsessão de desvio sexual e luxúria soprou em toda a Inquisição depois da publicação do "Malleus Maleficarium"; em 5 de dezembro de 1484, o papa Inocêncio III emitiu a bula papal que estabeleceu esse documento como o padrão pelo qual a Inquisição deveria ser conduzida. O celibato clerical já estava em vigor há 361 anos, tempo bastante para tornar os sacerdotes em verdadeiros desviados sexuais.
(...)
Essa obsessão sexual rapidamente cresceu ao ponto em que uma mulher vivia com medo de que um dia, a partir do nada, pudesse ser acusada por alguém de ser uma bruxa; visto que a acusação era equivalente à culpa, aquela mulher podia esperar uma morte lenta sob tortura nas mãos de sacerdotes celibatários e com desvio sexual. Essa declaração é fato histórico, e provaremos isso, por meio do documento oficial da "Santa" Inquisição católica romana, o "Malleus Maleficarium".
Decidimos não inserir a maioria das gravuras que temos retratando mulheres desse período histórico sofrendo abuso sexual e sendo humilhadas durante a Inquisição, simplesmente por que não desejamos mostrar partes sexuais neste site; entretanto, esta gravura demonstra o fato que as mulheres sofriam abuso sexual durante a Inquisição, sem ser tão visualmente obscena.

Um dos mais hediondos de todos os instrumentos de tortura utilizados contra as mulheres na Inquisição eram os "fura-bruxas", mostrados em seguida. Como você pode ver, esses instrumentos são na verdade facas. O "Malleus Maleficarium" declarava que as bruxas têm uma "marca do Diabo" em algum lugar em seu corpo. Isso exigia que o sacerdote investigador fizesse ele mesmo uma inspeção minuciosa no corpo nu da pobre mulher. Essa inspeção era freqüentemente realizada em meio a um grupo de homens que agiam como voyeurs, mas ostensivelmente eram forçados a testemunhar essa "inspeção" por causa de seu ofício religioso!

"Para aumentar o número de toques [perfurações], foi inventada a noção sutil de que a marca do Diabo deixava um ponto insensível à dor, discernível apenas por um inspetor perito com uma ponta afiada [uma dessas facas]. Assim, surgiu uma guilda de 'perfuradores de bruxas', que eram remunerados apenas quando descobriam uma bruxa, o que por sua vez levou à 'prova cabal' do sistema de usar uma ponta retrátil auxiliar. O 'perfurador' oficial, tendo dolorosa e visivelmente retirado sangue de vários pontos da vítima nua, penetrava o perfurador substituto [a faca] ao máximo, surpreendendo a multidão, e assegurando seus honorários pela bruxa entregue para julgamento." [Thomkins, pg 391]
Em outras palavras, essa faca retrátil não penetrava na carne quando era pressionada com força, mas retraía para dentro do cabo. No entanto, a multidão não sabia disso, e acreditaria que a razão por que a mulher não gritava, e por que não jorrava sangue ao ser perfurada, era por que ela era uma bruxa.
Esses "fura-bruxas" procuravam também outras "marcas do Diabo" no corpo da mulher.

"Segundo a Igreja, em algum lugar no corpo da bruxa, o Diabo deixava sua marca, a mais óbvia das quais era um mamilo supranumerário - 'sinal seguro' de dedicação à deusa Diana, de muitos seios, a rainha das bruxas.
(...)Certamente, os sacerdotes celibatários e "castos" estariam muito interessados em examinar cem mulheres para encontrar três que tivessem um "mamilo supranumerário"!

No entanto, os "fura-bruxas" penetravam cada uma dessas "marcas do Diabo" com um desses "perfuradores", essas repugnantes facas de exame. Visto que o episódio inteiro era conduzido por um sacerdote celibatário e "casto", eles ficavam excitados sexualmente ao examinar as mulheres dessa maneira. Assim, você pode compreender a próxima revelação de Thomkins.

"... havia aquela depravada compulsão, descrita por Wilhelm Reich como a 'praga emocional', em que indivíduos sexualmente não-funcionais, incapazes de sentir prazer na prática natural do sexo, começam a aliviar sua sexualidade reprimida cortando, dilacerando e queimando a própria carne que não podem nem beijar, nem acariciar, nem inflamar com prazer." [Ibidem]

Assim, o celibato - a "doutrina de demônios" - invadiu e tomou posse de uma parte enorme da "Santa" Inquisição. Para Satanás, foi fácil invadir a Igreja Católica poderosamente, pois já a tinha movido para a prática da feitiçaria desde o ano 321, quando o imperador Constantino afirmou seu comando sobre a igreja. Quando finalmente esse período da Inquisição começou, a Igreja já estava separada da videira verdadeira - Jesus Cristo - há mais de 800 anos."


(Excerto de artigo encontrado e copiado de "a espada do espírito")
- pintura de Lena gal

A diabólica mente humana


O INCONCEBÍVEL...

Marco Aurélio deixou um novo comentário na sua mensagem "AS TORTURAS QUE A IGREJA DE ROMA FAZIA ÀS MULHERES...":

Não sei de onde tiraram tais informações sobre o "Malleus Maleficarum", mas é importamte que saibam a sua origem. Este manual foi elaborado por Heinrich Kraemer e James Sprenger, e não pela Igreja Católica. A Igreja não somente proibiu o livro, colocando na lista de Obras Proibidas (Index Librorum Prohibitorum) como condenou Kraemer na Inquisição em 1490 por causa do livro. O livro ainda existe após de mais de 16 reimpressões e recebeu uma nota falsa de aprovação pela Igreja. Peço para emitirem uma nota de desculpas e reeditarem o site.
Para mais esclarecimento:



Meu deus... como se fosse possível acreditar mais na santa inquisição do que nos autores do dito livro…e ainda por cima diz o nobre cavaleiro da madre igreja, o autor que denunciou os horrores da inquisição foi morto pela mesma e isto é dito com o sentimento de justiça católica e reparem bem na nota: “Peço para emitirem uma nota de desculpas e reeditarem o site”...

Senão ele ameaça-me no próximo comentário com uma bombinha virtual…um vírus ou ainda sonha comigo queimadinha numa fogueira com um médico ao lado para me raspar os ossos?

Vejamos agora mais este descalabro absoleto da moral católica, segundo o mesmo tão nobre e esclarecido senhor Marco:

“A Igreja Católica foi a primeira instituição em toda a história a editar normas para as torturas, buscando o respeito da saúde, da moral e da ética, impondo inclusive que um médico deveria estar presente. E fez isso na época da Inquisição.”
*
É esta a moral católica de que o mundo ocidental está impregnado e que tortura e mata “com respeito pela saúde”, pela ética e quer de um lado, entre o assassino, o algoz, o carrasco , um médico ao lado da vítima para se assegurar que ela é bem torturada? Ou que a tortura não a chega a matar antes de se saber se a mulher dormiu ou não com o diabo?…

Foi com esta mesma “moral” que se tornou possível ainda nos nossos dias fazer uma pausa na carnificina em Israel para os médicos apanharem os bocados das vítimas para as colarem ou então fazem-se 3 horas de tréguas para se deixar passar a “ajuda humanitária” – dar de comer aos próximos mortos é muito humano porque morrer com fome não é lá muito católico, custa menos de barriga cheia? E depois volta-se a matar científica e aplicadamente com muito respeito, aqui e além… com uns intervalos de consciência de merda!
Eu só queria dizer a este senhor que a aprovação da Igreja em nada nos garante isenção nem verdade…só um católico inocente ou um louco fanático acredita ainda nisso…
(Como podem ver na imagem eu estou verde de medo...)
rlp

terça-feira, janeiro 20, 2009

OS NOSSOS SONHOS E A NOSSA ALIENAÇÃO

BARAKA OBAMA,
UM ESTIMULADOR DE ALMAS...
E SONHOS...

"Não há homens salvadores. Não há Messias. O máximo que um grande homem pode ser é um estimulador de almas, um despertador de energias alheias".

"O povo nunca é humanitário. O que há de mais fundamental na criatura do povo é a atenção estreita aos seus interesses, e a exclusão cuidadosa, praticada sempre que possível, dos interesses alheios."
Mas….
"Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma. O sonho é o que temos de realmente nosso, de impenetravelmente e inexpugnavelmente nosso."
*
Fernando Pessoa
***
Sim essa “droga” existe, e é a televisão...
*
Nas culturas recentes dominadoras, o primeiro objectivo da cultura em si, de acordo com a actuação mais frequente das instituições culturais do governo e da religião, é tornar o cidadão não-resistente.
*
Do mesmo modo, a nossa cultura tecnológica encontrou uma droga para manter a docilidade.
*
Bem mais sedutora do que o ópio, infinitamente mais eficaz na modulação de comportamentos e expectativas do que o álcool, e utilizada durante mais tempo por dia do que o tabaco, o “agente intoxicante” mais invasivo e insidioso da nossa cultura é a televisão.
*
Os principais arrependimentos na vida da maioria das pessoas não se referem às coisas que fizeram, mas às que não fizeram, aos objectivos nunca alcançados, ao tipo de amante, pai, mãe que desejariam ter sido e sabem não ter conseguido ser.
*
No entanto, a nossa cultura incita-nos a sentarmo-nos em frente de uma caixa luminosa durante dezenas (no mínimo) de horas por semana, entre centenas e milhares de horas por ano e ver assim, como que à distância, passar o tempo das nossas vidas como areia a fugir-nos entre os dedos.
(...)
IN AS ÚLTIMAS HORAS DA ANTIGA LUZ DO SOL de Thom Hartmann,
ED. Sinais de Fogo

segunda-feira, janeiro 19, 2009

O MUNDO ESTÁ DE LUTO...

O MUNDO DEVIA ESTAR DE LUTO, MAS PREPARA-SE PARA, DEPOIS DO SANGUE E DAS MUTILAÇÕES DE CENTENAS DE PALESTINOS INOCENTES, CRIANÇAS E MULHERES, FESTEJAR UM EVENTO DE ESPERANÇA QUE É BARAKA OBAMA CONSAGRADO COMO PRESIDENTE DOS ESTANOS UNIDOS...

Vai haver imensos bailes e festas, muita música na América e á volta do mundo, mais do que as lágrimas e a tristeza de tanta dor e sofrimento...
Eu sei que é o sonho americano e a esperança de um novo começo...mas eu não creio que um só homem por melhores que sejam as suas intenções e maior o seu carisma, possa fazer a diferença...ele não é um Avatar, nem tem poderes para superar a Crise do mundo nem nada pode contra o poder oculto dos poderosos que controlam o mundo e semeiam o medo e a guerra...

Desculpem não festejar...eu queria chorar os mortos e desejar-lhes uma boa passagem para o outro lado e acreditar ainda num deus omnipotente....queria que as crianças que viram os seus irmãos e pais mortos selvatica e incompreensivelmente, "esquartejados" (cientificamente) pelas novas armas de destruição massiva de Israel, pelos filhos dos judeus vítimas do holocausto... não lhes restasse apenas o ódio e a raiva para o resto das suas vidas...
Não, não sou pessimista nem negativa...mas hoje é mais o tempo do sofrimentos, é mais o tempo de enterrar os mortos do que festejar o nosso sonho... Desculpem os optimistas, os que não querem ver a dor e preferem fugir do sofrimento alheio, até ao dia em este que lhes bata a porta.
Mas sobretudo não me falem mais em terroristas...não me falem mais de um lado de justiça, igualdade e fraternidade, e muito menos de um deus facínora que reclama o seu paraíso à conta dos milhões de mortos...

A partir de agora para mim Terroristas são todos os exércitos cegos que dizem defender a paz podre dos seus generais, presidentes e banqueiros...
rlp

O VIRAR DA PÁGINA...



Este livro é mais um Marco na minha vida.
A verdade é que chegados ao fim estes 7 anos de Mulheres & Deusas e eles terem sido muito gratificante para mim, e ainda mais com o culminar da sua publicação em Livro, EU SINTO QUE PRECISO DE MAIS...
Embora o Livro continue a apontar um caminho percorrido por dentro e de um trabalho muito intenso e controverso do que sinto ser um possível Caminho do Sagrado Feminino, eu penso que agora podemos fazer mais, não só por nós mas pelos outros. Há sempre, em primeiro lugar o caminho interior que toda a mulher deve percorrer dentro de si mesma para ser inteira e poder dar-se à vida e ao amor na sua totalidade, mas ele tem de dar frutos mais tarde ou mais cedo neste Mundo...
Eu por mim sinto que percorri o meu caminho e fí-lo a todo o custo e dei dele testemunho por isso tenho a consciência tranquila. Tive além do mais a sorte e a graça de ver o livro ser publicado e assim poder passar de mão em mão e ser quem sabe uma espécie de Manual de Iniciação a uma nova consciência do verdadeiro feminino...Sei que ao dizer isto corro o risco de parecer pretensiosa, mas sei também que ninguém percorre um caminho ou chega a uma etapa sem, de todo o coração, o vivenciar de corpo alma e espírito, e isso eu sei que fiz…e sei também que vale mais cada passo dado pelos nossos pés do que qualquer conhecimento adquirido intelectualmente.
Talvez para chegar aqui eu tivesse que ter percorrido todas as etapas da vida de uma mulher...não que eu saiba tudo, mas sei já o que quero...Sei igualmente que há mulheres com um conhecimento vastíssimo e lato de muitas teorias e princípios, com conhecimento de História e Antropologia ou mesmo psicologia das profundidades que eu não terei, como há muitas formas e meios de conhecimento variado, ou mesmo mulheres mais hábeis do que eu em adquirir conhecimentos sobre a vida e a essência ou o “Espírito e a Alma”, mas para mim o valor real de uma mulher está na sua vivência pessoal, na consciência interna de si mesma, que passa apela união dessas duas partes de si, como tanto repeti aqui, desse despertar da sua alma integrada, e não nas vastas teorias de tudo o mais que circula por aí … ou nas Universidades, como forma de conhecimento separado por partes...
Eu falo do conhecimento síntese, da Intuição Plena da mulher, do lado direito do cérebro activado...
Não falo nem faço a apologia e uma mulher "santa ou puta" nem da mistura dessas duas...mas sim da fusão de uma mulher que já não obedeça a nenhum desses estereótipos dentro dela! Uma mulher que se afasta essencialmente desses extremos...que se situa bem ao centro de si, no centro do seu coração...Falo da União do dois Princípios, o feminino e o masculino...da fusão do Ser em si mesmo!

Claro que sei que há quem não me entenda tal como por aqui têm passado mulheres que não gostam nada de mim nem gostam da minha visão nem da minha perspectiva da Mulher essencial…mas foi este o meu Caminho e ficaram as marcas dos meus passos como eu também segui os passos de muitas mulheres que antes de mim deixaram rasto...e de muitas de vocês que me deram apoio e testemunho de suas experiências!
A mensagem de hoje porem, aquilo que eu queria realmente expressar, é que sinto que começo a afastar-me um pouco desse caminho específico "de luta" (de conceitos e ideias) mesmo sem o abandonar, mas deixando de ser esse o meu principal Foco. Sinto que ele já foi por mim ultrapassado e agora urgem outras medidas, outra Consciência…e quem me seguiu e fez também o seu trabalho interior pode continuar em frente num caminho mais alargado, mais universal, mais englobante…
A Terra precisa de nós e as mulheres que já encontraram o fruto do seu verdadeiro Ser precisam agora trabalhar para a salvar…dando os seus frutos, mais do que os do seu ventre, e por isso precisamos unir esforços. Se não passarmos da teoria à prática, de pouco vale todo o trabalho que façamos connosco; e se não fizermos nada de concreto pela Natureza Mãe e os seus filhos, receio que em breve se torne muito tarde…
Por mim sinto que posso ir mais fundo ainda e ajudar a curar feridas…não do corpo mas da alma, do coração…
Quero este ano dedicar-me á cura energética, tratar dos corpos subtis e dos chakras…Não que já não o fizesse antes, mas quero assumir esse aspecto da minha vida como uma prioridade este ano.Tenho as ferramentas e além de continuar a escrever tenho um Espaço à minha disposição para os tratamentos energéticos…
Quem quiser, pode aparecer…dentro em breve dou mais informações.
rlp

PS
- Às minhas amigas e amigos do Brasil que solicitaram o meu livro, digo que não consegui ainda nada de concreto como solução para o poder enviar...espero algumas respostas e uma delas é a loja on line da editora Ariana...Estou sem saber com precisão como fazer para que os custos do mesmo não sejam excessivos, pois sei que o euro é mais caro do que o real...e … com a crise económica...temos de cair na Real!
Como já disse a algumas amigas bem que gostaria de enviar pessoalmente para cada uma das minhas leitoras um exemplar...mas isso é-me impossível do ponto de vista financeiro.
O livro não é ainda um Best Seller…

sábado, janeiro 17, 2009

A MÃE DO MUNDO..


A Terra inteira é a mesma coisa, uma impressão num campo biológico, num campo inter- espécies, num campo geológico...

... Ela é a impressão de uma poderosa imagem que é a própria ideação do Logos planetário terrestre complementada pelo Amor, pela Sabedoria, pela Inteligência e pela Plasticidade da Mãe do Mundo, que é a guardiã do potencial máximo de toda a matéria.
As montanhas, os lagos, as florestas, os oceanos, as espécies, os elementos, grande parte da biomassa e também da majestosa massa inorgânica está-se preparando para este salto interdimensional.
A matéria também quer atravessar o portal mas nem toda a matéria o pode fazer, assim como nem todos os corpos físicos, nem todas as espécies podem atravessar, porque a transição que vai ser feita é entre uma forma de captar a imagem logóica para a Terra, que é a fórmula da 3ª dimensão, para uma fórmula da 4ª dimensão onde a forma como a substância Mãe, a consciência Filho e o fogo do Pai interagem muito mais próximos de um triângulo equilátero do que na 3ª dimensão, em que o triângulo está descalibrado.

Só podem atravessar o portal aquelas substâncias, aquele corpos, aquelas consciências, aqueles pensamentos, aquelas calibragens e frequências que se podem ajustar ao rectículo cristalino da Nova Terra. De uma forma muito geral, o que acontece é que, no momento em que a Terra entra no “grande zero magnético”, acontecem duas coisas: um bombardeamento cósmico extremamente forte e todo o tipo de radiações benignas e nocivas à vida; e, simultaneamente o desligar da imagem forma-pensamento poderosíssima que o Logos tem, e que contém, e que emite da Terra para a Terra do seu corpo físico.

(…)
Excerto de ANDRÉ LOURO DE ALMEIDA

IMAGINEMOS QUE SIM...QUE HOJE É O DIA...

- IMAGINEMOS QUE SIM, QUE É EXACTAMENTE ASSIM QUE VAI ACONTECER...QUE ESTÁ NAS NOSSAS MÃOS OU NOS NOSSOS CORAÇÕES PODER MUDAR O MUNDO...
Imaginemos ou sonhemos uma terra onde a beleza e o amor serão uma realidade maior...e onde habitemos em paz e harmonia, sem guerras e que superamos a crise e que acordamos como de um sonho mau que tomávamos por realidade para um verdadeiro Paraíso que é a Terra...
Por isso acreditemos que sim...que é possível, cada um de nós, formular esse mundo ideal que é só Amor segundo a Lei da própria Vida. Sim, que há um Raio Activador desse Amor e saímos do pesadelo do inferno que os homens criaram...

"Nesta próxima semana teremos uma ocasião ímpar de tornar nossa vida melhor e, consequentemente, de melhorar também O mundo em nossa Volta. Ao me preparar para escrever sobre a energia cabalística desta semana, por uma sincronicidade incrível recebi um e-mail explicando que, no dia 17 de Janeiro, a Terra estará sob a acção activadora do Raio Pulsante Ultravioleta de cor Magenta, que irradia desde as dimensões mais altas do Universo e ressoa no chakra do coração dos seres humanos.

Este raio é activador do Portal 818. A Terra permanecerá sob a acção deste raio em torno de 17 horas, das 10:17 h do dia 17 à 1:17 h do dia 18 de Janeiro. A cúspide (máximo de acção) será às 17:10 do dia 17. "

Dependendo DA natureza de vossa alma e em sintonia Com OS grupos de almas que operam desde as dimensões mais altas do Universo, O raio terá profundo efeito.. Cada pensamento e emoção serão multiplicados um milhão de vezes".

Vocês perceberão a importância deste momento cósmico: Tudo (absolutamente TUDO!) será ampliado um milhão de vezes ou ainda mais. Continua O e-mail: "Cada pensamento, cada emoção, cada intenção, cada desejo - bom, ruim, insalubre, positivo ou negativo, será ampliado um milhão de vezes".
O que significa isto? Uma vez que toda a matéria manifestada é O resultado dos nossos pensamentos, este raio potenciará OS pensamentos focados, materializando-OS e manifestando-OS um milhão de vezes mais rápido do que é normal.
Imaginem só a importância desse momento cósmico! Bastará nos concentrar (não precisa ser O tempo todo, mas O mais longamente possível, especialmente no momento DA cúspide) sobre OS assuntos que mais nos interessam: Paz, harmonia, amor, prosperidade, saúde, etc. Para que possamos realizá-los. Porém nossos pensamentos não podem ser egoístas, mas devem ser altruístas, pois é a Mãe Terra, como um Todo, que precisa dessa energia para a recuperação desse nosso bem comum. Nossa felicidade é directamente ligada à felicidade dos outros!
Nós que empreendemos um caminho de espiritualidade, nós que nos conectamos neste site maravilhoso em busca de respostas, sabemos que estamos conectados e que a acção de todos é imprescindível para efectuar qualquer mudança. Assim, Com a mudança energética que começou Com O ingresso do Sol em Libra (e Com O ano novo judaico) podemos mudar não somente nossa vida, mas criar aberturas para OS outros de maneira a poder mudar também a vida deles. Mesmo se parece que nós estamos separados fisicamente uns dos outros, nossa perspectiva espiritual está conectada Com as outras naquilo que OS físicos chamam de "realidade quântica". Um ditado oriental diz que uma folha que cai no oriente pode mudar O tempo no ocidente!
É por essa razão que, se nós mudarmos nossos pensamentos e criamos uma realidade melhor, estaremos influenciando não somente a nossa vida, mas poderemos mudar O mundo!!! Creiam-me, um milhão de pessoas pensando simultaneamente no bem de todos pode realmente mudar O rumo da nossa evolução espiritual aqui neste planeta. É Com esta energia gerada pelo Raio UV que podemos fazer essas mudanças, (...)


" Eu crio minha realidade e mudo O mundo" por Graziella Marraccini

sexta-feira, janeiro 16, 2009

A TERRA CHEGOU AO SEU LIMITE...


GAIA ESTÁ DOENTE...
PRECISAMOS TRATAR COM AMOR E CUIDADO A NOSSA TERRA MÃE
PRECISAMOS HONRAR PACHA MAMA, NANA A NOSSA GRANDE MÃE!

Salvar o Planeta é entrar em sintonia com a Natureza Mãe e respeitar os seus limites...A terra está esgotada. Os Homens já destruíram o suficiente do nosso Planeta e continuam impunes a matar os seus semelhantes EM GUERRAS ABSOLETAS E SANGRETAS EM NOME DE DEUS peranta a hipocrisia dos Estados do Mundo inteiro e dos Governos de todos os países. Nenhum país teve força ou vontade de impedir esta selvajaria de um poderoso exército que ataca uma população inocente e mata crianças nos seus abrigos e escolas e destrói o ed. da ONU com a ajuda alimentar...

PARA ONDE IREMOS SE O HOMEM CONTINUAR A DESTRUIR A TERRA?

Neste momento não há um só País ou Governo no Mundo inteiro digno de crédito ou de respeito! Não há líderes nem papas ou homens de senso economistas ou cientistas que possam criar algo a partir do domínio e da força, a partir da destruição sistemática da Terra. Querer salvar o Sistema capitalista, a sua economia e os seus Bancos é não querer ver o óbvio e é querer continuar a destruir a terra e os seus recursos em favor de poucos com sacrifício de milhões de seres humanos.
Israel será a partir de agora um país nazi tão cruel e déspota como o foi a Alemanha de Hitler. E esta é a grande lição que temos de aprender. Israel está perto de cometer o maior holocausto da história da humanidade. O que prova que Não há homens bons nem salvadores, não há Deus do lado da guerra nem do lado das economias que exploram e produzem bombas atómicas. rlp
(…)
"Repetimos: os limites do capitalismo são os limites da Terra. Já encostamos nestes limites tanto da Terra quanto do capitalismo. A continuar seremos destruídos por Gaia pois ela, no processo evolucionário, sempre elimina aquelas espécies que de forma persistente e continuada ameaçam a todas as demais.
Nós, homo sapiens e demens, nos fizemos, na dura expressão do grande biólogo E. Wilson, o Satã da Terra, quando nossa vocação era o de sermos seu cuidador, guardião e anjo bom.
Para onde iremos? Nem o Papa nem o Dalai Lama, nem Barack Obama nem muito menos os economistas nos poderão apontar uma solução. Mas pelo menos podemos indicar uma direção. Se esta estiver certa, o caminho poderá fazer curvas, subir e descer e até conhecer atalhos, esta direção nos levará a uma terra na qual os seres humanos podem ainda viver humananente e tratar com cuidado, com compaixão e com amor a Terra, Pacha Mama, Nana e nossa Grande Mãe.
(…)
Devemos fazer de tudo para que o atual caos não seja destrutivo mas criativo. Então sobrevivemos com o mesmo destino da Terra, a única casa comum que temos para morar."
*
http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=15488
COPIADO DE: http://wwwjaneladaalma.blogspot.com/