quinta-feira, janeiro 07, 2010

DE VOLTA AO CORAÇÃO


EM BUSCA DAS SEMENTES DA TERRA...
**
LYS
SINAIS AO AMANHECER


O Coração-Centro manifesta o Amor Cósmico integrado à Vontade.
O Coração-Estrela manifesta o Magnetismo enriquecido pela Sabedoria, pela realização da Unidade. O Coração-Dínamo liberta o potencial do Amor Cósmico, manifestando-se como Inteligência Criativa.
O pulsar do Coração realiza a síntese do Fogo de Atrito no Fogo Solar, e a fusão destes no Fogo Cósmico, na Câmara do Coração. O Coração-Dínamo deve integrar-se no Coração-Estrela, e ambos deverão fundir-se no Coração-Centro. Assim se revela o Coração Radiante.

25.
O Som emitido pelo aparelho mental propaga-se em linha recta. O Som emitido pelo Coração irradia em esfera.
O Coração Radiante realiza o Maior Bem.

26.
O Coração-Centro firma a Lei do Amor no Universo-Solar. O Coração-Estrela esparge o Amor no Universo-Solar alimentando de Vida Mais Abundante tudo o que é receptivo. O Coração-Dinamo é o Amor auto-regulado, que a cada momento se converte em criação-amor ou em amor-sabedoria, dependendo do âmbito em que está agindo e do ângulo energético necessário, estimulando e elevando a Vida Animada, dentro de ciclos e intensidades previstos e guardados pelo Coração-Centro.

27.
Não falamos de dilatação do Coração, mas do seu refinamento. A dilatação do Coração é uma dinamização emocional, espiritualmente estéril, mas o seu refinamento é uma dinamização espiritual. Com o refinamento é criado o campo que suporta o aumento da voltagem. Só então o Coração pode despertar em pleno e crescer.

28. Aqueles que mergulham no Coração preservam os tesouros resgatados com a consciência de que basta um só Guardião autêntico para que se salve a arca das sementes.

44.

A consciência mais profunda, o sentido de SER, habita o âmago do Coração. Na passagem da "cabeça" para o "coração" está resumida a passagem do conhecer para o Ser.

45.

Para te encontrares atravessarás o Portal do Coração. Não há outro caminho.

(...)

http://www.iridia-lumina.org/Lys-Sinais2.html

ANDRÉ LOURO DE ALMEIDA

Sem comentários: