"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

terça-feira, maio 11, 2010

Sim "mexo e remexo na inquisição"!


Composição: R. Lee E Z. Duncan

Mexo, remexo na inquisição

Só quem já morreu na fogueira
Sabe o que é ser carvão

Hi! Hi!...

Eu sou pau prá toda obra
Deus dá asas à minha cobra
Hum! Hum!
Minha força não é bruta
Não sou freira
Nem sou puta...

Porque nem!
Toda feiticeira é corcunda
Nem!
Toda brasileira é bunda
Meu peito não é de silicone
Sou mais macho
Que muito homem
Nem!
Toda feiticeira é corcunda
Nem!
Toda brasileira é bunda
Meu peito não é de silicone
Eu sou mais macho
Que muito homem...

Ratatá! Ratatá! Ratatá!
Parapá! Parapá!
Hum! Hum!...

Sou rainha do meu tanque
Sou Pagu indignada no palanque
Hi! Hi!
Fama de porra louca
Tudo bem!
Minha mãe
É Maria Ninguém
Hi! Hi! Eh! Eh!...

Não sou atriz
Modelo, dançarina
Meu buraco é mais em cima
Porque nem!
Toda feiticeira é corcunda
Nem!
Toda brasileira é bunda
Meu peito não é de silicone
Eu sou mais macho
Que muito homem...

Nem!
Toda feiticeira é corcunda
Nem!
Toda brasileira é bunda
Meu peito não é de silicone
Sou mais macho
Que muito homem...

Ratatá! Ratatatá
Hiii! Ratatá
Parapá! Parapá!...


3 comentários:

Iôrrane Ferreira disse...

Não poderia existir música melhor que Pagu para traduzir tudo isso.
Jornalista, escritora, incentivadora do teatro e das artes em geral, revolucionária e em meio a tudo isso foi ainda esposa, amante e mãe.

SHAKTI disse...

Adoro estas bruxas verdes!
elas existem!!!

Ana Nazaré disse...

Adoroo!