"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

quinta-feira, outubro 07, 2010

OLHEMOS AS PEQUENAS COISAS...


Há vários dias que não escrevo nem tenho vontade alguma de "postar"...

SÓ HOJE PERCEBI MELHOR POR QUÊ...

Tem-me invadido um enorme tristeza mas não sei dizer-vos porquê nem de onde ela vem porque tudo está bem aparentemente na minha vida de todos os dias: tudo está tranquilo e sem problemas; a estabilidade voltou depois da mudança e do grande esforço que fiz para enfrentar novas situações. Mas só agora percebo que passei ao longo do ano por grandes convulsões nas relações humanas e durante um largo período e que sofri muitas reveses e decepções embora também tenha tido algumas surpresas agradáveis, mas só agora percebi como fui afectada pelas amizades que julgava perenes...e defraudada pelas expectativas mais íntimas do relacionamento humano na base da verdade e da troca sincera.
Não esperava a falta de empatia por parte de grandes amigas, as amigas para toda a vida, nem acções que me precipitaram em grande angústia e instabilidade emocional. Vivi isso durante meses sem ter consciência do mal que me faziam nem de como me estavam a afectar...Só agora que a situação mudou e a poeira assentou me dei conta do meu sofrimento pessoal. Claro que tentei sempre ultrapassar o subjectivo com as coisas objectivas e falar positivamente...ou teoricamente dos assuntos que me são caros. Penso contudo que está na altura de mudar. Podem a partir de agora estranhar porque nunca foi meu costume ser tão subjectiva nos meus textos, nem exprimir as minhas decepções ou ilusões, ou esperanças de um ponto de vista tão íntimo...
Passarei agora a ser portanto mais intimista, mais humana, mais eu...talvez mais contraditória mais paradoxal...seja! Mas mais verdadeira em todas as circunstâncias espero!

E para começar digo-vos que só assim mais uma vez pude verificar que, como sempre na vida me aconteceu, é de quem menos esperamos que pode vir o melhor e de quem esperamos o melhor pode vir o pior... isto ensina-nos a colocar a nossa atenção e foco na essência da vida que tudo nos dá (e tira...) e dar-lhe o valor máximo sem depender de nada nem de ninguém pois só Ela (a Deusa Mãe) nos seus desígnios ocultos pode responder aos nossas apelos e necessidades; contemos pois com a Vida em si e no seu valor intrínseco sem esperar nada de ninguém... é nessa altura que a vida nos revela quem é nosso amigo/a de verdade ou quem está do nosso lado...
A solidariedade e a fraternidade por muito gratificantes que sejam são qualidades cada vez mais raras na nossa sociedade completamente vendida a valores de comércio e intrigas familiares e tudo se faz por dinheiro, mas ainda assim A Vida ensina-nos que nas mais pequenas coisas há lições enormes e que só se tiram justamente das coisas a que damos menos importância...

Tudo na vida muda, tudo passa, só há uma coisa que nunca muda e essa coisa está dentro de nós...Confiemos nessa Vida interna pois e a na sua sabedoria inata. Tudo Ela dissolve no sopro mágico da nossa respiração...essa é a existência mais pura.
Esse é o Foco.

rosaleonor pedro

3 comentários:

Nana Odara disse...

Gostaria de poder estar ao pé de ti, minha linda... mas agora ao menos já tenho internet e iss nos aproximará mais...

conte sempre comigo amiga...

acho q só te fará bem exorcisar os fantasmas todos e se libertar um pouco das amarras do bom senso o da etiqueta q não passam de maquiagem ao controle patriarcal exercido sobre a mulher...


não serve de nada uma borboleta ficar sempre no meio das lagartas, afinal, lagartas não sabem voar... só empatam mesmo...

o mundo patriacal e suas ilusões são só isso mesmo, ilusões... nada é ou permanece dele por muito tempo...

de resto, meu email ta bloqueado, vou enviar outro a vc...

bjins, fica bem, amo vc linda...

Nana Odara disse...

nana.nanissima@hotmail.com

Gaia Lil disse...

Rosa, eu só posso te desejar uma boa caminhada que eu sei que é o que deseja a todas nós.E não pense que já que é madura já terminou o caminho e já está perto de onde queria...Ainda muita coisa irá lhe acontecer, muita água ira rolar.Mantenha se alerta e aproveite a vida e a aventura de ser a Outra Mulher, a Mulher Intensa que pertence a Deusa pois nunca sabemos como será a nossa próxima.

Muito beijos e abraços fortes e que a Deusa te guie e ilumine