sábado, novembro 13, 2010

A força intrínseca da mulher...

"TODAS AS MULHERES SÃO BRUXAS"
- QUE PRAZER IMENSO SABER ISSO...e que lamentável saber que há tantas mulheres ainda que se traiem ao serviço do patriarcado...
Desde as que têm ilusões de serem iguais às que julgam que terão os mesmos direitos, às que pensam que os homens alguma vez lhes darão crédito...
Todas as que não sabem que quando qualquer mulher verdadeira não aceita o sistema e reclama ou que reinvindica a sua verdadeira natureza e herança ancestral, que ouse ser ela mesma senhora de si própria, que se afirme independente e voluntariosa, será sempre olhada e vista como uma Bruxa"...e as Fogueiras da Inquisição que já não são em fogo e brasa, são a publicidade, a televisão, o cinema, a moda, a estética, a arte e a cultura onde em geral as mulheres são diminuidas e exploradas como meros objectos de consumo e prazer do homem. Isto é consensual e essa mulher que acredita no Sistema é a primeira a vender-se na Feira das Vaidades em que é exposta e que a queima lentamente até morrer de doença ou desespero!


"Todas que transgrediam a lei do patriarcado que ditava que a sexualidade feminina deveria ser controlada pelos homens eram consideradas feiticeiras em potencial e condenadas à fogueira. A perseguição às feministas ( eco-feministas, neo-feministas, pós-feministas, matristas, etc... ) bate na mesma tecla dizendo que somos mal-amadas, feias, lésbicas, putas, entre outras coisas. A perseguição ainda existe e de forma aberta. Por tudo isso, tecnicamente falando, atualmente todas as mulheres são bruxas."

MULHER: VIVER A SUA TOTALIDADE
" A minha relação comigo mesma é a coisa mais importante que tenho. O trabalho comigo mesma me dá base para trabalhar as outras dimensões. Sou uma pessoa múltipla. Ninguém é redutível a uma única dimensão, além do feminismo procuro viver todas as dimensões da realidade. Por favor, deixem-me viver a totalidade."
Rose Marie Muraro - 80 anos
COPIADO DE MATER MUNDI: http://lealdadefeminina.blogspot.com/

3 comentários:

carol disse...

Concordo! Com o texto transcrito. E com o título do texto, também...
Vim para a qui hoje e gostei de ler. Mas eu não sou feminista - o feminismo é uma forma de machismo e já bastaram 2000 anos de machismo!
Graça

Rosa Leonor disse...

Carol, apesar de eu pensar o feminismo de outra forma, não concordo consigo quando diz que é uma forma de machismo, só porque não acho justo... mas eu estou a responder-lhe para lhe dizer justamente que eu NÃO SOU FEMINSTA...nem este blogue é feminista...e nem as feministas gostam de mim...mas repare, Rose marie muraro é uma grande senhora do feminismo...acho que temos de ser justas apesar de não o sermos, concorda? Vou publicar uma resposta que dei recentemente a uma feminista que me chama deslumbrada ou primária por falar da deusa...etc. Continue a acompanhar mulheres e deusas, vai perceber o que eu digo..

abraço e obrigada por comentar!

rosa leonor

alanabastos disse...

Obrigado por esse blog tão lindo, ainda sou nova, e estou começando a entender toda essa coisa de ser mulher, mas tu me ajudas mto, obrigado =D