"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

quinta-feira, dezembro 16, 2010

PORQUE RAZÃO A EVOLUÇÃO DO CORAÇÃO NÃO OCORRE


ESTE ROSTO REPRESENTA A BELEZA INTERIOR,
A VERDADE DO SER REAL...

Este texto que se segue de uma leitora, é para mim uma análise muito lúcida do panorama geral da nossa vida a um certo nível...e que responde ao espírito do nosso tempo...a toda esta confusão de ideias "nova era" que por suposto propõe mudanças mas na realidade não muda nada. A razão de toda essa estagnação é que as vivências fazem-se apenas na superfície do ser e ao nível mental e intelectual, porque é um tempo de facilidades e facilitismos de facilitadores...Tudo se compra em "pacotes" ou em pastilhas e em 3 dias está o curso feito e as curas anunciadas...

Na verdade e em profundidade nada de real acontece porque o trabalho a fazer-se para mudar alguma coisa ao nível da Consciência é um trabalho de uma vida inteira e de todos os dias o que implica uma dedicação total...
Mas não, a mente, o consumo e o dinheiro continuam em primeiro lugar, o sexo, o ego e o sucesso e portanto a grande mentira continua assente nos mesmos preconceitos e conceitos de sempre, o eterno egoismo, o bem e mal, o pensamento primário do julgamento dos outros sempre na base dessa dualidade religiosa e atávica.
Assim, acho muito pertinente tudo o que esta leitora aqui expressa.
Não lhe respondo as suas questões, mas faço eco com ela...

Obrigada Maruska por ter escrito tudo o que sentia...é isso que precisamos.
Que bom não aceitarmos as coisas como elas se apresentam, aos nossos olhos...
»»»»

Independente deste ‘’espírito de tempo, deste momento ‘’ há algo que nunca muda, a vivência humana interna nos seus sentimentos coronários, a sede e Sede das emoções. Emoções que nunca mudaram a história interior da Humanidade, como tem acontecido com a evolução do intelecto.

Desde Gutenberg até às novas tecnologias muito mudou.

Agora, reparem, as emoções mudaram?? Aquilo que vibra internamente? A dor, a paixão continuam inalteráveis, mas a máquina Gutenberg está falida, é inútil como instrumento, porque é um atraso de vida!! É apenas uma peça de antiquário que um dia foi um marco importantíssimo na difusão da palavra escrita!!!
Por aí vai esse mundo de confusão emocional do ser humano que nunca cresceu verdadeiramente nessa área e não apresenta nada de novo!! As lágrimas são iguais, elas não são virtuais; uma ferida em alguma parte do corpo provoca a mesma dor que provocava há mil anos em outra pessoa. A única diferença entre aquela pessoa milenar e a actual, é o factor antibiótico – anestesiante!!

Por esta pequena e simplista análise que faço, deduzo que se a emoção não evoluiu nada, o feminino em nada evoluiu também.
O filho da traição, que é esse sentimento intolerável nas nossas moléculas internas e que nem o intelecto/racional, até a evolução da própria inteligência consegue resolver o paradigma de libertar do interior humano.

O apogeu máximo do masculino está ocorrendo actualmente, onde o espiritual está ao serviço da matéria – se é que me faço entender!!?? Se não? Então, direi, o espiritual serve apenas para a iluminação de conseguir manter o ‘’statu quo’’ ou aumentá-lo – poder, dinheiro e sexo, onde apenas a adrenalina provocada por estas doses fatais valem, porque aqui não há coração e, há uma outra coisa que considero atávica e não tem nome concreto! –

Quem detém muito poder, seja ele qual for, não merece a confiança absoluta.

Por que razão, a evolução do coração não ocorre? O que se oculta tão tremendamente por detrás deste pano há milhares e milhares de anos que o homem/mulher não ousa atravessar?? Ao nível do inconsciente colectivo e arquétipos não está a força esclarecedora, antes paira o medo do futuro, a falência das sociedades industriais e o seu doente consumismo. Direi, não há capital de inteligência emocional em massa para libertar-nos!!

A questão actual que a maioria fala de inteligência emocional, é mais uma pirâmide de fazer dinheiro. Inventa-se uma fórmula e lá está milhares de seguidores/as, até que a noticia é infalível, «não há solução. Afinal o remédio é um engodo/simulacro! Lamentamos, arranjem-se por vocês mesmos/as!! Damos por encerrado qualquer assistência aos/às mais exigentes!!»

«Por agora fico por aqui, não é fácil escrever tudo isto, porque mexe com as ‘’tripas internas’’ e eu não sou uma pessoa fácil de aceitar as coisas…»

«««

ps- O que me leva a escrever estas coisas, são saudades extremamente fortes de uma região qualquer, e que tenho um Pavor tremendo!! Quase encarno fobos e deimos por inteiro, desperdiçando assim um oceano de energia. Julgo que há uma necessidade tremenda na Consciência Subliminar que o meu próprio intelecto não abarca e a própria emoção não consegue transcender!

Um abraço.
Maruska
«««
fOTO:
Uma mulher sábia na India
Tirada por Ana Lavigne

1 comentário:

Nana Odara disse...

bom p refletir...
grata à Maruska e à Rosa...