quarta-feira, agosto 03, 2011

Para além da psique...


TEMOS DE IR MUITO MAIS FUNDO...

"Tenho estado a meditar sobre o poder do feminino que tanto medo mete ao patriarcado....que poder é esse? De onde vem? o que podemos fazer com ele e como resgatá-lo?
De facto, tanto nas teorias orientais como na psicologia das profundezas do Jung, fala-se da dualidade masculino/ feminino; como se tivessemos que ficar por aí, presas a esses dogmas...Ora se pegarmos no Jung e no conceito de Anima/Animus, vemos logo que o poder do feminino sagrado nunca poderá vir deles....Tanto o Anima como o Animus sâo formados a partir de introjecções feitas durante a infância...portanto essas teorias de que é necessario o equilibrio entre o masculino e o feminino, nâo têm sentido porque as representações que temos interiorizadas sobre a identidade de genero advêm das nossas experiências familiares e sociais. Mas ainda há mais; A Rosa fala e com muita Razão, das mulheres que adoptaram os parametres do poder masculino, para elas, e assim se afastaram do que é a mulher inteira e sagrada. Pois essas mulheres sâo as que vão resgatar os seus animus...elas só conhecem essa forma de adquirir poder. E por enquanto é a única conhecida (a meu ver). Vamos ter que ir muito mais fundo se quisermos na realidade vivenciar esse feminino, que intuo ser total, não dual e muito poderoso. Vejo-o como um movimento circular...a mulher acolhe, desenvolve e expulsa para o mundo, tal como o circulo da vida/morte/vida...é total e uno."

ANA VIERA

1 comentário:

guiomar disse...

Se quizermos viver livres do carrasco precisamos unir nossas forças ir até o fundo e buscarmos todas as forças que nessecitamosmuitas mulheres acham que Juizes e policiais desqualificam o problema da violencia contra as mulheres. Isso mostra que eles tambem usam as mesmas armas com suas mulheres. Olhe mulheres não esperam muita coisa das autoridades. são vocês que precisam lutar com suas próprias armas. Mais não significa que seja armas de fogo não. Dê um basta nessa vida em que estão levando.Gritam mais gritam alto,mostram que tenham fibras, não sejam fracas, lutam pelo seus ideais, procuram suas liberdades, sejam honestas concigo mesmas, para de serem fracas, se não podemlutar de um jeito lutam de outro jeito, mais lutam por favor, parem de serem torturadas. Mais preste bem stenção, quando eu falo em lutar não é sair matando as pessoas, eu falo para lutar é com suas dignidades, sejam fortes e vão atrás de suas liberdades,acabou a escravidão, não sejam escravas nem de vocêsmesmas.