sexta-feira, dezembro 02, 2011

A MULHER ABSOLUTA


Mulher, sacerdotisa e maga...

"Quem diz religião da Mulher diz também sacerdotisa e maga, ou seja, intermediária cósmica. O mistério da mulher não se limita ao seu sexo: ele impregna todo o seu ser, inclusive (e talvez principalmente) o seu psiquismo. A mulher é intuitiva, porque sensitiva e unida aos ritmos cósmicos que capta. Ela conhece os segredos da vida e da saúde, das plantas e das flores. (...)

Ela compreende as profundezas da alma humana: em seu inconsciente e por meio dele, relaciona-se directamente com as grandes correntes psíquicas que que nos levam e trazem. Ela seduz e aterroriza ao mesmo tempo. Todo o homem traz em si um "retrato falado" da mulher absoluta e, se viesse a conhecê-la na realidade, não mais poderia dela se separar: seria fulminado. Aliás o homem busca-a durante toda a sua vida. São raríssimos aqueles que a encontram, e quase poderíamos dizer: felizmente! É esse sonho, esse ideal inacessível que ele projecta, por exemplo nas estrelas "
(...)

In Tantra - O culto da femininlidade de André Van Lysebeth

1 comentário:

guiumazinha@hotmail.com.br disse...

A mulher é absoluta, sincera, tem o dom de intuir tudo, é sempre dona da sabedoria, da verdade. Ela não vive só mpor causa do sexo, mas sim por ela mesma. É por isso que os homens ficam um pouco confuso sem entender as mulheres. Todas elas tem o seu encanto pela vida, e com a vida. E é assim que devemos ser para sempre. Ou seremos assim ou eles nos domina, e isswo não pode acontecer.