quinta-feira, dezembro 15, 2011

MULHERES A DEFENDER O INDEFENSÁVEL...

O ABUSO DA IMAGEM DA MULHER AO SERVIÇO DAS PUBLICIDADES E DOS INTERESSES COMERCIAIS A QUALQUER PREÇO!

MULHERES A FAVOR DA CAMPANHA
DE NATAL DA TRIUMPH…

Estefânia Silva (modelo)

Falam em respeito e são os primeiros a desrespeitar o trabalho das modelos presentes nestas campanhas.
 Esta marca faz tamanhos de roupa para gente magra e para gente mais forte.
 A educação não deve ser feita pelas marcas mas sim EM CASA. Uma educação para um estilo de vida saudável assente numa dieta mediterrânica e não sedentária. Aconselho a visualização de documentários sobre o que é a subnutrição e a anorexia, pois penso que mais do que educar os vossos filhos para serem saudáveis, devem educar as vossas mentes para o que não é saudável. A falta de bom senso e este tipo de ataques retiram toda a razão que alguém algum dia pudesse ter.

Nunca vi tanta falta de bom senso e discriminação junta. Lamento que o mundo tenha chegado a este ponto.

Teresa Pato:

 Parabéns pelo trabalho artístico (às modelos e aos criativos). Existem espaços mais apropriados para manifestar indignação em relação ao flagelo da anorexia e do trabalho infantil. Tenho a certeza que a Triumph é uma aliada no combate a estes problemas sociais. Caras Donas de Casa Desesperadas, manifestem-se nos lugares certos, à hora certa, e sem demagogia barata e frases batidas. Um bem hajam.


Carolina Guardado:

É pena ver como ainda há mulheres que não têm noção nenhuma de beleza e que vêm para aqui expor as suas próprias frustrações na vida! a obesidade também é uma doença minhas senhoras! as modelos utilizadas nesta campanha são bonitas e bem feitas e se voces não têm a capacidade para admitir que ser-se magro não equivale a ser-se doente talvez devessem meter-se num ginásio! faz bem ao corpo e ao bem estar mental! e assim talvez tivessem menos tempo para vir para aqui escrever barbaridades! Parabéns Triumph pela campanha!


Emilia Cunha:

A crise parece ter levado o dinheiro, bom senso e boa educação! Confundir um problema tão grave como anorexia com uma campanha de lingerie protagonizada por duas modelos adultas, lindissimas, saudaveis e até mães de famíla é no mímimo ultrajante!
***

É... NO MÍNIMO CURIOSO TER ESTE DOCUMENTO AO VIVO DE COMO HÁ MULHERES (JOVENS CERTAMENTE E QUE SONHAM SER MODELOS) a atacar e a agredir a mulher comum, a mulher de todas as idades, a mulher normal, a mulher que não pode (nem quer) aceder a essas fantasias eróticas de salão ou de Bordel...que não aceita servir o imaginário masculino nem gay...
Estas são as mulheres educadas no Sistema e que o defendem com educação e correcção e mandam as pobres mulheres, AS GORDAS, AS FRUSTRADAS, a fazer ginástica e comer saudável, todas muito sensatas, muito obedientes, muito contentes, muito magras e com muita lingerie...para servir Peru ou Pato na noite de consoada...
rlp

1 comentário:

Ísis Kumara disse...

Dá-me vómitos tanta futilidade... se ser mulher é pavonear pelas passarelles para encher o cu dos grandes estilistas e designers da moda ( e trabalho na área), eu não o queria!
E se exposermos a nossa aversão, chamam-nos logo de obesas, roídas de inveja, ou descompensadas...
Será que estas meninas-mulheres não sentem a futilidade em que estão imersas até á raiz do cabelo? São como as avestruzes com a cabeça enfiada no buraco onde não vêem mais nada e não alcançam a verdadeira beleza do que é ser Mulher, da Integridade Física e Emocional que elas não têem... pois não vivem para elas e sim para o Mundo doente e machista.
Tenho muita pena mesmo, que mulheres de Visão, sejam ainda muito poucas... retira-me a esperança de nos resgatarmos, cada vez que me deparo com uma situação parecida! Tenho muita pena...