quinta-feira, dezembro 22, 2011

SENTIR A DEUSA EM NÓS



PARA QUE A DEUSA VOLTE À NOSSA CULTURA, À NOSSA VIDA DE TODOS OS DIAS, PRECISAMOS DE NOS FOCAR NO SEU ARQUÉTIPO, DENTRO DE NÓS...
PORQUE "AQUILO QUE TEM O NOSSO FOCO TEM A NOSSA ENERGIA"*


“Se você meditar acerca de uma deusa ou imaginar um diálogo com ela, esta parte sábia de si se torna mais consciente e acessível na vida do quotidiano. Aquilo que tem o nosso foco, tem a nossa energia. Aquilo que imaginamos que vai acontecer, precede o nosso desenvolvimento.

Quanto mais quisermos conhecer um arquétipo de mulher sábia, tanto maior a probabilidade de que ele surja em nós; e quanto maior for o número de mulheres interessadas neste processo, tanto maior será a certeza de que o arquétipo da Deusa voltará à nossa cultura.”


*Jean Shinoda Bolen
AS DEUSAS E A MULHER MADURA

2 comentários:

guiomar disse...

Somos muleres consagradas por dentro e por fora. A partir do últero e todos os outros órgãos, por tudo isso somos vaslorizadasas Deusas. Nós mesmas devemos nos valorizar pelo que somos construidas pordentro e por fora, precisamose devemos ser mu9ito fortes e seremos, pois o nosso valor somos nós que temos que nos dar.

guiomar disse...

as mulheres são consideradas consagradas não só pelo seu corpo mas sim pela sua belezapor dentro e por fora. Sua belesa interiortem que ser resguardada. Por isso naquela época as prostitutas não eram consideradas como tal, devido a sua beleza exterior. Mas elas procuravam se resguardar por esse motivo. Mas eram respeitadas pela sua indentidade.