sexta-feira, junho 14, 2013

A MULHER ESCRAVA DA MODA

ESTÁ-SE MESMO A VER QUE ROBERTO CAVALLI "ADORA MULHERES"...

"Um comunicado de imprensa, enviado por Roberto Cavalli, com a imagem de Beyoncé a usar um dos seus vestidos tem estado no centro das atenções dos media e dos fãs da cantora, indignados com a imensa manipulação digital que a figura da artista sofreu.
A estrela voluptuosa, cujas curvas são quase tão conhecidas como a sua música, aparece na imagem do comunicado de imprensa extremamente magra, estando as diferenças entre a sua imagem real e a divulgada a causar grande controvérsia um pouco por todo o mundo.
Já são, inclusive, vários os comentários publicados no Facebook da Cavalli por fãs chocados, que alegam que a imagem digitalmente alterada retrata um ideal irrealista.
“Por que fazer um esboço que, obviamente, não reflete a sua forma?”, questiona um fã, com muitos outros a partilhar a sua dúvida: “Se é suposto ser um esboço da Beyoncé, por que não desenhar a Beyonce em vez de uma imagem imaginária que se encaixa no status quo de uma aparência doentia de modelos de passerelle?”
Os representantes do estilista já deram, entretanto, uma resposta aos fãs indignados: “Gostaríamos de clarificar que a imagem do vestido criada por Roberto Cavalli para a Beyoncé é um esboço e não uma fotografia, e, como tal, reflete apenas uma visão estilizada e artística. O Roberto Cavalli adora mulheres e, mais do que qualquer outra pessoa, sempre exaltou e destacou a forma feminina com as suas criações, construindo o seu estilo sob a glorificação da sensualidade e feminidade".
Confere aqui o esboço de Beyoncé feito por Roberto Cavalli:
Confere aqui uma fotografia de Beyoncé a usar o mesmo vestido na digressão Ms Carter:
Recorde-se que Beyoncé já provou, em ocasiões anteriores, ser contra o retoque das suas fotografias. Na semana passada, por exemplo, ordenou aos executivos da H&M a remoção total das suas fotografias alteradas, onde surgia com menos curvas. A empresa concordou, substituindo as imagens alteradas pelas originais, que fez acompanhar pela seguinte afirmação: “A nossa intenção sempre foi retratar a Beyoncé como a mulher forte e bonita que ela é. Tem sido um bom processo de trabalho, em estreita cooperação. Ambas as partes estão contentes com as imagens”.
 
NOTA A MARGEM - Para quem me acha moralista e puritana...de certeza que concorda com estas aberrações dos costureiros...e este nem precisa de ser gay...para  transformar as mulheres com formas generosas em barbies...

 

2 comentários:

Else Schumann disse...

Como você, eu falo de minhas experiências e digo que, tanto na minha vida profissional como privada, vejo o profundo nojo (sim, é nojo, asco) de homossexuais homens por qualquer coisa que lembre a feminilidade e mulher, não esta mulher que vemos hoje, e também a obsessão pela magreza.

E falo aqui de MINHA EXPERIÊNCIA.

Rosa Leonor disse...

Obrigada Else!