"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

segunda-feira, julho 15, 2013

VENHA ESSE RANGIDO...





"Há muito tempo, existem duas vozes que falam dentro de mim, a feminina e a intelectual, e é muito raro que elas falem em uníssono.
Um rangido pode produzir-se a qualquer instante, ao sabor da menor leitura, do menor contacto com as imagens e as narrativas da cultura que me cercam."


NANCY HUSTON

COMO SE FORJAM MULHERES VERDADEIRAS...

"James Hillman mostrou em seu ensaio sobre a função do sentimento, a necessidade desesperada de nossa época é pela descoberta do eros, dos valores de sentimento. Experiências emocionais por si mesmas e verdades teóricas temos em quantidade, mas o sentimento verdadeiro, que leva à percepção de valores duradouros, é ainda raro em nossos tempos. São mulheres individuais, conscientes, que devem guiar o caminho. Isso é muito difícil para os homens - tão perigosamente expostos, nesta era, à possessão pelo intelecto, pela tecnologia, ou por sua feminilidade inferior desintegrada -, descobrir o sentido de eros sem essa mediação de mulheres verdadeiras que não apenas vivem essas coisas instintivamente, mas "sabem que sabem"."

 

Sem comentários: