terça-feira, dezembro 17, 2013

A INCONSCIÊNCIA DOS PAIS E MÃES


Enquanto a publicidade faz o que faz com a bebé da esquerda...há mães e pais que vestem as filhas ainda meninas de mulheres fatais e as expõem aos predadores e pedófilos...
Como dizia uma amiga, muitas "mães que não lhes foi permitido vestirem-se assim hoje vestem as filhas..."
Enquanto isso, cada mulher em menina sofre regra geral um atentado a sua expressão de feminilidade e sobretudo quando é mais expressiva ela é normalmente reprimida e rejeitada pelo pai ou pela mãe e obrigada a reprimir a sua expressão de afecto ou amor, a sua sensibilidade...porque os adultos têm medo e confundem tudo com sexo, aliás eles não sabem o que é a verdadeira sexualidade...e estão carregados da moral cristã que lhes disse toda a vida que a mulher e o sexo eram pecado. Este é um drama recorrente em quase todas as famílias, nomeadamente de origem católica, mas quase sempre a menina é vítima de qualquer preconceito desse tipo. A menina quando começa a manifestar a sua beleza e sensualidade só porque assusta a mãe e o pai, nesta sexualidade reprimida e abjecta que eles vivem, nem que seja só num gesto ou numa palavra, num olhar...é logo castigada...e obrigada a retrair-se...se for bonita ainda é pior... e obrigada em adolescente a reprimir-se ainda mais e assim se torna uma mulher metade...

Ela torna-se na mulher cindida  que foi obrigada a desligar-se do seu lado instintivo e sensual... como sendo um mal, evocando o Pecado...perante a família e a sociedade. 

RLP
 

2 comentários:

Anónimo disse...

A coisa toda é mais complexa do que parecia; vem de longe. Mas parece que lentamente vai mudando. Assim espero.Agenor. Rio.

Ana Nazaré disse...

Nossa, esse texto é fantástico !!!!!!!!!!! Mais um que guardo aqui comigo...Sem dúvida! Não deixam a criança de expressar... " Confundem tudo com sexo", Você foi fantástica, Rosa..!