"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

sábado, janeiro 04, 2014

A ECRITORA É MORTA PELOS IRMÃOS...

Assassinat: La romancière et écrivaine Saoudienne Balkis MELHEM est assassinée par ses frères.

Arabie Saoudite : Accusée de tolérance et d’être proche des laïques, la romancière et écrivaine Saoudienne Balkis MELHEM est assassinée par ses frères.  

Esta mulher foi morta, como tantas outras mulheres o foram, neste caso por escrever verdades, por ousar dizer o que sente  pensa num regime assassino  de mulheres tendo sido  acusada de ser laica e trair o fundamentalismo islâmico...os próprios irmãos a assassinaram.
 **
UMA NOTA "À PARTE"...

OS GOVERNOS E OS ESTADOS NÃO QUEREM SABER DAS MULHERES

Será que a Mulher está condenada por natureza e anatomia a ser violada como princípio de guerra em todo o mundo? Ou será que esse facto nunca foi questionado pelos “grandes homens” da história e das revoluções uma vez que NUNCA nada fizeram de efectivo e estrutural para o mudar a condição da mulher ao longo dos seus reinados e impérios? 
O Ocidente julga que está mais "evoluído" que o Oriente...mas a quanto à mulher, apesar das aparentes liberdades...a mulher continua a ser objecto de ódio e desprezo por parte dos homens em qualquer lado. Na rua, na Internet, em casa...

Será esta uma das leis da Vida?

Desprezar e violar a Mulher, matar o inimigo?

Parece que para os homens é assim…tacitamente, há séculos!

Mulheres mortas pela família ou mulheres mortas pelos maridos...

Mesmo tendo a prova cabal de que os Governos e as políticas do mundo em dezenas de anos pouco ou nada fizeram pelas mulheres, que eles não querem saber das mulheres, excepto usando-as como reprodutoras do Sistema ou objectos sexuais, por isso eles aceitam tacitamente a sua exploração por Máfias (quando não são mesmo polícias a fazê-lo) no mundo ocidental, que vendem e exploram sexualmente meninas para a Europa…

Não raro temos Ministros e líderes de Paridos e militantes de esquerda e direita etc. a bater nas mulheres...as próprias mulheres os servem e não querem pensar nisso e acham que isto até é natural…e acham-se livres…até que sejam violadas elas próprias … ou mortas pelos amantes e maridos...neste caso concreto, mortas pelos irmãos...
 rlp
 

1 comentário:

Anónimo disse...

Seus assassinos devem ser assassinados de forma lenta e cruel.
OLHO POR OLHO...
Agenor.