"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

quarta-feira, maio 28, 2014

... o tratado do Vão Combate

 
 
RELENDO ALEXIS…ou o tratado do Vão Combate

“Na vida as coisas não são exactas; pintá-las nuas é mentir, visto que só as vemos numa névoa de desejo. Não é verdade que os livros nos tentem; e tão pouco os acontecimentos o conseguem, visto que apenas nos tentam quando ...chegou a nossa vez, quando chegou a nossa hora em que nos teria tentado. Não é verdade que umas quantas verdades precisões brutais possam informar sobre o amor; não é verdade que seja fácil reconhecer, na simples descrição de um gesto, a emoção que ele depois produzirá em nós.”

In Alexis – Ou o tratado do vão combate – Marguerite Yourcenar
 

2 comentários:

Kris - Namastê disse...

Mesma fonte!
"O que torna a volúpia tão terrível é talvez o fato de que ela nos ensine que temos um corpo. Antes, ele não nos servia senão para viver; a partir de um determinado momento, sentimos que esse corpo tem sua existência particular, seus sonhos, sua vontade, e que, até à nossa morte, teremos de levar em conta a sua presença, ceder, transigir, ou lutar. (…)" Abraços Flor de Luz!

Rosa Leonor disse...

muito interessante sempre o que ela diz ou escreveu...uma mulher sabia...
obrigada Kris

beijinhos

rl