"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

segunda-feira, outubro 06, 2014

LEMBRE-SE...



"Lembre-se: a união amorosa da mão do homem com a da mulher é o elo que lhes permitirá entrar em contato com o universo. Porque quando a mão do homem toca a mão da mulher, está tocando o caminho que conduz a eternidade".

A salvação da humanidade está nas mãos da mulher que reconhece o seu próprio poder, e se encontra com outras mulheres, para unidas salvar a terra. Em sua longa jornada de aprendizado a mulher será capaz de encontrar a sua força de vontade, coragem, conhecimento e energia necessária para mudar o curso de sua história, tornando cada dor, cada solidão, cada tristeza, um mundo de alegria, de amizade e realização.

Como se aprende a ser uma mulher de verdade?
Estudando atentamente a natureza. A verdadeira mulher se descobre na sua verdade e segue o seu caminho plenamente consciente de si mesma. A arma mais poderosa de uma mulher é a sua energia interior, que protege tanto a ela como tudo o que ela ama. É por essa razão que terá que aprender a descer ao seu mundo interior: só quando você descobre a sua verdadeira essência, você poderá usar toda a sua energia interior. Um homem que está perto de uma verdadeira mulher, torna-se divino! Para descobrir os mistérios da divindade, o homem deve penetrar no coração da mulher, porque a Pachamama quer aquilo que a mulher deseja. Se a Pachamama é o amor, também a mulher é. O homem deve considerar as mulheres como a versão da Natureza criadora cuja moral se baseia no respeito à vida. Através da mulher o homem pode alcançar o Absoluto, é por isso que é tão importante para ela direcionar a sua própria energia. Se você pode construir essa ponte de energia, o homem saberá que ela é o caminho capaz de conduzi-lo para a divindade."

"O profezia da curandeira"

Hernan Huarache Maman

Sem comentários: