segunda-feira, junho 15, 2015

OS CRIMES DA IGREJA...



NÃO ESQUECER:

HIPÁCIA - A GRANDE FILÓSOFA DE ALEXANDRIA foi esquartejada e queimada viva pelos fanáticos cristãos devotos de Cirilo - canonizado mais tarde "santo" pela Igreja de Roma...

VER O FILME "AGORA"..
...
"A chama da Sabedoria Interior é a quintessência de todos os ensinamentos, aquilo que os ilumina e lhes dá sentido de finalidade e transcendência. Somente assim as almas se harmonizam e libertam da prisão do mundo, convertendo-se aos poucos na caixa de ressonância da Alma Universal. Com isto, tornamo-nos menos ignorantes, mais justos e melhores, podendo estender a Luz própria, reflexo da Luz Maior ao universo a fim de o engrandecer. Se por outro lado o uso dessa sabedoria for utilizado para engrandecer o sentimento de importância pessoal, o ego animal dominador, além de profanar os mistérios atrai ao coração de quem o aplica assim, todo o poder das sombras, acabando por se transformar o indivíduo naquilo que reflecte e emite para o mundo."

Doutrina de Hipátia - Filósofa de Alexandria

2 comentários:

Ana Nazaré disse...

Eu acho que nós precisamos viver separadas dos homens!!!! Eu sinto que isso é um tabu entre as mulheres praticantes da nova consciência...porque não nos separarmos???? Precisamos de espaço, tempo, pra criar !!! Pra criar e agora teremos consciência pra nunca mais nos deixarmos sermos traídas/violentadas novamente..... Gatos mesmos vivem sós porém quando as fêmeas engravidam as outras fêmeas se juntam a ajudam...... Eu enxergo mais ou menos assim......É de nossa barriga que vai sair nós temos o poder...

rosaleonor disse...

Nunca lhe respondi a este comentário...mas agradeço as suas palavras e a expressão do seu sentir. De facto é um tabu essa ideias mesmo em mulheres traídas e subjugadas e até violadas ou maltratadas. O problema é que a mulher está prisioneira desse sistema secular assim como da sociedade em que vive e também dependente economicamente do sistema onde tudo depende e pertence ao Homem...

Sem meios de sobrevivência como poderia a mulher libertar-se e viver na Natureza, suponha que íamos para a Floresta...nõa deixaríamos de ser atacadas ou condenadas de muitas maneiras. A não ser que havendo um pequeno grupo de mulheres conscientes de tudo o que diz...se juntassem numa casa e fizessem pequenas comunidades onde se protegessem umas às outras e não rivalizassem então umas com as outras por causa dos homens...mas as mulheres em geral ainda estão muito longe de ter essa consciência de si e do seu poder interior pois se baseiam ainda apenas no mundo exterior e na economia e no poder da mente...do intelecto que valorizam e não do coração nem do sagrado. Sobretudo as feministas, perderam muito do seu poder por se basearem apenas no mundo exterior e no materialismo...
obrigada pela coragem de dizer o que poucas mulheres conseguem verbalizar...eu entendo-a muito bem. Grata por isso!