"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

segunda-feira, julho 06, 2015

O PORQUÊ DAS DORES DAS MULHERES...




ENXAQUECA


Quem sofre de enxaqueca tem um orgulho muito forte e não permite que
pessoas autoritárias mandem em sua vida ou controlem seus passos.
Resistem a tudo e a todos que conforme eles acreditam, queiram invadir
seu espaço vital.

Stewart Wolf foi responsável por um novo enfoque: múltiplas forças
convergindo no “paciente, agora", incluindo forças biológicas,
psicológicas, sociais, econômicas, hereditárias, familiares,
ambientais etc. Esta corrente enfatiza componentes etiológicos
multifatoriais que interagem e produzem alterações através de
complexos mecanismos fisiológicos e tieuroquímicos.

O nosso “não consciente” envia mensagens ao nosso “consciente”, sob a
forma de tensões ou sofrimentos físicos e emocionais. Procurando
“silenciar” esta tentativa de comunicação, utilizamos medicamentos
para acabar com os sintomas, sem percebermos o que gerou os mesmos.

MAMAS OU SEIOS

Quando uma mulher nutre em seu coração sentimentos de revolta contra o
pai ou marido, seus seios passam a ter problemas. Nódulos, mastite ou
tumores nos seios significam descontentamento ou ressentimento
profundo em relação
às pessoas que desempenha o papel simbólico de pai, tais como marido,
sogros, cunhados, etc.. Quando a mulher se reconcilia com todas as
pessoas que a palavra pai evoca, ela se cura, completamente, pela
associação de ideias.

ÚTERO

Simboliza a criatividade e o relacionamento conjugal. Quando o casal
vive em desarmonia e a mulher se anula para “alcançar” o marido, podem
aparecer, além de nódulos, dores, cistos e infecções difíceis de
curar. Mágoa arrastada por muito tempo pelo fato de ela ter sido
traída ou abandonada, provoca câncer uterino como autopunição ou
vingança contra o marido. O câncer uterino também pode se formar a
partir de um sentimento de impotência e anulação que a mulher carregou
durante anos de sua vida.


TEXTO RECEBIDO POR INTERNET - desconheço a proveniência e o autor
(quem souber diga sff)

Sem comentários: