sexta-feira, agosto 14, 2015

A MÃE DA HUMANIDADE



PAGÃ...

A ESPIRITUALIDADE
É A NOSSA GRANDE MÃE HUMANIDADE ESQUECIDA!

Fui e sou profundamente adversa ao “cristianismo” e a todas as religiões patriarcais cuja primazia é dada ao Homem e a minha reacção a elas desde logo foi sempre visceral e inconsciente… E mesmo tendo em conta que o Cristianismo possa ter  uma dimensão superior de entendimento possível e um valor absoluto de princípio dentro das várias cosmogonias do mundo e a “pessoa” do Mestre (a ter sido real e não ficção), possa ter  hoje  também  algum valor representativo, nunca me senti ligada ao seu universo conceptual nem teológico.
Sou com toda a consciência e pleno uso das minhas faculdades humanas alheia a qualquer religião ou dogma e não tenho qualquer orientação religiosa.

Creio no Absoluto da Vida como Sagrada desde a sua Origem e numa Consciência Omnisciente…numa Ordem Universal superior, mas não me rege mais nada ao nível pessoal e humano que não a minha intuição e percepção individual do que seja a realidade possível abrangida pelos meus sentidos alargados (o meu Ka os meus chakras e corpos subtis…) e a Inteligência do Coração.
O que seja A Grande Verdade que se nomeia por Deus deixo para um futuro em que essa relação com Ele seja directa e não me restem dúvidas... Na Terra creio na Deusa Mãe, Gaia, e na Inteligência que a rege…
Pode ser a Mãe divina, a Matriz de toda a vida, Mãe dos homens e de deuses, a grande iniciadora, a Mulher como mediadora das forças cósmico ou telúricas, a que dá à Luz e dá Luz e inicia o homem ao amor da Deusa, a Mulher primordial que tanto pode ser essa Deusa como a Mulher Musa.
E com isto eu sei, não podia ser mais controversa nem mais adversa a todas as ideias e religiões… mas hoje, mais do que nunca congratulo-me por isso.



RosaleonorPedro

Sem comentários: