segunda-feira, setembro 28, 2015

"Eu encontrei Deus em mim e A amei ferozmente"



"A MULHER NÃO PRECISA DE SE TRANSCENDER COMO O HOMEM PRECISA. COMPLETA-SE NELA PRÓPRIA."  - Agustina Bessa-Luiz

Porque que é que As Mulheres precisam da Deusa

" O significado mais simples e básico do símbolo da deusa é o reconhecimento da legitimidade do poder feminino como um poder beneficente e independente. Uma mulher que ecoa a declaração dramática de Ntosake Shange "Eu encontrei Deus em mim e a amei ferozmente", está dizendo, o poder feminino é forte e criativo."
...
Ela está dizendo que o princípio divino, o poder salvador e provedor, está nela mesma, e assim ela não vai mais olhar para os homens ou as figuras masculinas como salvadores. A força e a independência do poder feminino pode ser intuído por contemplar imagens antigas e modernas da Deusa. Este significado do símbolo da deusa é simples e óbvio, mas ainda é difícil para muitos compreenderem. Ergue-se em nítido contraste com os paradigmas da dependência do sexo feminino sobre os homens que foram predominantes na religião e na cultura ocidental. "
(...)

Esta breve discussão sobre os efeitos psicológicos e políticos da religião de Deus coloca-nos numa posição excelente para começarmos a entender o significado do símbolo da Deusa para as mulheres. Ao discutir o significado da Deusa, o meu método será primeiro fenomenológico. Vou isolar um significado do símbolo da Deusa, tal como ele surgiu na vida das mulheres contemporâneas. Discutirei então o seu significado psicológico e político, contrastando as "pré-disposições" e "motivações" engendradas pelos símbolos da deusa com aquelas geradas pelo simbolismo cristão. Vou ainda correlacionar o simbolismo da Deusa com os temas que emergiram do movimento das mulheres a fim de mostrar como o simbolismo da Deusa fortalece e legitima as preocupações do movimento das mulheres, tal como o simbolismo de Deus no Cristianismo fortalece os interesses dos homens no patriarcado. Trarei aqui para discussão quatro aspetos do simbolismo da Deusa: a Deusa como afirmação do poder feminino, o corpo feminino, a vontade da mulher, os vínculos e a herança das mulheres. Existem, claro, muitos outros significados da Deusa que não irei abordar aqui.
As fontes para o símbolo da Deusa na espiritualidade contemporânea são as tradições do culto da Deusa e a experiência das mulheres atuais. A tradição do antigo Mediterrâneo, a da Europa pré-cristã, a Nativo- Americana, a Mesoamericana, a Hindu, a Africana, e outras tradições são ricas fontes de simbolismo da Deusa. Mas estas tradições são filtrados através da experiência das mulheres. Tradições de subordinação de deusas a deuses, por exemplo, são desconhecidas. As antigas tradições são exploradas de forma seletiva e eclética, mas elas não são considerados autoritárias para a consciência moderna. O símbolo da deusa surgiu espontaneamente nos sonhos, fantasias e pensamentos de muitas mulheres nos últimos anos.
(...)
de Carol P. Christ
 (traduzido para português por Luisa Frazão)

1 comentário:

Gaia Lil disse...

Esse é o trocadilho da poesia...ascensão para baixo, logo não se sobe nem se desce...Mantem se fixa no mesmo ponto e sempre mais para dentro. ad infinitum.