"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

quinta-feira, dezembro 10, 2015

MÃE NEGRA



Grande mãe negra que estás em todas nós...
Obrigada pela sua feiúra, seu lado obscuro, seu medo sombrio
Grande mãe que a todas conduz
a olharmos para dentro e trazer a chama da vida
a mais completa verdade sobre tudo.

...
Regina Rodrigues

2 comentários:

vania jones disse...

boa noite... :)

rosaleonor disse...

Boom dia Vania!