"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

sábado, janeiro 02, 2016

"A cultura patriarcal tem medo das mulheres solteiras" e das velhas...


O VALOR DE UMA MULHER
de Marianne Williamson


"A cultura patriarcal tem medo das mulheres solteiras. Se um homem não se casa, é apelidada de celibatário. Se uma mulher não se casa é apelidada de solteirona ou então diz-se que ficou para tia. Porque é que uma mulher solteira é uma ameaça à sociedade patriarcal?
O problema principal é que uma mulher solteira não é propriedade de ninguém. Nem os nossos filhos, nem nós dependemos de ninguém. Ninguém nos diz o que podemos ou não... podemos fazer."
(...)
"O poder das mulheres transcende aquilo que normalmente é denominado "questão feminina". O poder da mulher tem a ver com a sua participação activa nas conversa seja em público, seja à mesa de jantar - e com a conquista do espaço emocional que lhe permita adoptar essa atitude.
Significa deixar de ter medo de sofrer qualquer tipo de condenação. Significa ter uma participação activa e ser apoiada nas atitudes que assume."
(...)
"Só seremos livres quando podermos expôr as nossas ideias com a cabeça e com o coração, sem termos de nos preocupar com os olhares de condenação dos homens, das mulheres, da imprensa ou com a vergonha que os nossos filhos possam sentir."

in O VALOR DE UMA MULHER - O LIVRO da Rocco

1 comentário:

Ana Nazaré disse...

Muito bom ! E que linda esta foto dessa linda senhora