quinta-feira, janeiro 28, 2016

AS MULHERES ESTÃO EM PERIGO

 


CARTA ÀS MULHERES


Minhas amigas:

...sinto que de algum modo tenho  sido muito radical em relação ao Sistema patriarcal, e que há mulheres que têm ainda muitas  esperanças nele e que se insurgem contra mim pelo que eu digo convencidas que tem um papel activo nele...
Isso pode até ser verdade em relação a algumas de vocês, inseridas no Sistema, e sendo muito jovens são muito idealistas também e não viram ainda a outra face do jogo; no meu caso sinto-me  muito apreensiva com tudo o que se passa pelo mundo e venho aqui rectificar uma posição, quando digo que não voto e não acredito de forma alguma no Sistema patriarcal e como ele se volta sempre contra a mulher, aparentemente dando-lhe algumas liberdades que mais à frente - passadas décadas - acaba por lhe cobrar ou a violentar por isso mesmo. É o caso do que está a acontecer nos nossos dias às mulheres do mundo.
Escrevo com a intenção de vos dizer que eu também não só me preocupo como gostaria de fazer alguma coisa socialmente, ser solidária com esta humanidade e também acreditar na possibilidade da nossa acção ser possível...contudo digo-vos que no fundo não creio que adiante nada a nossa acção e que isso me causa alguma afectação e me sinta amiúde entre dois fogos: Por um lado queria fazer alguma cosia e acreditar neste mundo... mas por outro já não consigo ver nenhuma hipótese para ele enquanto sob o jugo do Homem e do dinheiro... Especialmente no que concerne as mulheres.
Vejo-as ameaçadas e alienadas de si e dos perigos que correm. Por isso me sinto tão apreensiva...
Eu sei que o que eu digo parece excessivo e por vezes  até exagerado...mas há tanto tempo que vejo isto a caminhar para um beco sem saída e as mulheres sem verem nada, alheias e convencidas de que chegaram a algum lado...Sim, isto é muito subtil e difícil de enxergar porque na verdade nós mulheres estamos formatadas e educadas para nos ocuparmos dos outros e acima de tudo prestar serviço à humanidade sem ver nem pensar, fazemo-lo do coração...e não vemos que humanidade é essa, metade de uma humanidade cuja outra metade, somos nós mulheres e ainda estamos escravizadas - esse é o culto que nos é destinado. Servir o nosso Senhor Deus e o Homem e os filhos do Pai. É certo que somos mães e não podemos abdicar de cuidar e salvaguardar os interesses dos nossos filhos nesta sociedade, mas o que eu vos digo é que nós mulheres não temos outra valia que não seja servir o Homem e a liberdade da mulher - conquistada a preço tão alto pelas feministas, mas até estas perderam a perpectiva real do que lhes está a acontecer cegas pelo marxismos e positivismo materialista - e entre os aspectos económicos e socias das suas "conquistas", destaco os meios e os métodos contraceptivos e também a pseudo liberdade sexual (que virou total promiscuidade entre adolescentes sem qualquer sentimento) a começar com a pilula e a do dia seguinte e o amor livre etc. quando isso nunca favoreceu de facto a sua saúde, a sua Dignidade, nem a sua integralidade como mulher - pelo contrário, sobrecarregou-a de mais encargos e riscos, colocou sim a mulher livre e jovem  sem quaisquer limites, sem qualquer tabu ou preconceito ao serviço do prazer do homem, pensando que o prazer do homem é o seu, desafiando-o sem qualquer pudor as práticas mais insanas, sofrendo elas todas as consequências, seja das gravidezes indesejadas, seja dos abortos, seja das doenças venéreas, seja do resultados dos químicos no seu corpo...e do desequilíbrio psíquico.

Não estou a fazer a apologia dos padrões antigos nem da castidade, nem virgindade, nem fidelidade ao homem, marido  etc., mas tudo isso somado nos diz que a "liberdade" das mulheres não lhes trouxe grande coisa além de dinheiro ao fim e ao cabo...e de novo nos encontramos numa encruzilhada...estamos ameaçadas fortemente da violência crescente dos homens, dos abusos e violações assim como da invasão árabe - que já começou a acontecer na Europa a vários níveis com a migração e  os interesses  económicos o petróleo  etc. - e que ameaça muito concretamente a mulher face a algumas dessa conquistas e  colocando-a de novo na corda bamba. É o momento de vermos para onde estamos a ir e como tudo se volta contra a mulher pois o fundamento da sociedade machista e patriarcal nunca se preocupa com as mulheres e coloca-as na frente das suas batalhas e guerras quase sempre como cobaias, como o faz face a sexualidade ao serviço do homem continuando a fomentar a prostituição como mercado e a deixar que mafias usem as mulheres em tráfico sexual no mundo inteiro e pouco se importaram, no caso das agressões recentes em Colónias, na Alemanha, as mulheres que foram agredidas e violadas por muçulmanos em massa na noite de fim de ano.
As Mulheres estão em perigo, mas também a nossa arte e cultura, embora ela nunca tenha favorecido muito as mulheres...

Muitas mulheres e eu compreendo porque o fazem querem afastar esta visão de si, querem afastar este quadro da sua cabeça, fingindo que nada está a acontecer, mas esta ameaça é real e global e não dá para nos mantermos a dormir convencidas das nossas liberdades adquiridas pois nada está garantido. Se um Estado e um Governo de um Pais como Itália tapa esculturas e estátuas de nus homens e mulheres principalmente coma visita de um chefe árabe o que acham que vem ai a seguir?
rlp

Sem comentários: