"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

quarta-feira, janeiro 13, 2016

OS ICONS E OS ESTEREÓTIPOS

 
 
A GRANDE ALIENAÇÃO DO SHOW OFF HUMANO

É ridiculo e trágico como esta sociedade dá destaque e salienta exaustivamente a morte (normalíssima quando de doença e pela idade ou pelos excessos) de um cantor SUI GÉNERIS - enfim, um travesti, um exibicionista, um narcisista, um camaleão, com voz ou sem voz, uma personagem multifacetada que joga com o imginário de toda a gente e acham isto cultura...quando afinal trata-se apenas de um dos muitos seres fora do mundo (dirão excepcional?) que fazem da vida um espectáculo, manipulam e exploram as pessoas comezinhas na sua mediocridade - com rasgos de excentricidade e ganham rios de dinheiro com isso  e vai tudo atrás desta imbecilidade...
Dói-me toda esta inversão de valores e culto da  IMAGEM pela  IMAGEM E AS COISAS GRAVES E SÉRIAS SÃO ATIRADAS PARA DEBAIXO DO TAPETE!
Para mim o pior ainda são as mulheres alienadas, rendidas a qualquer mito masculino, iludidas pela imagem ideal do homem especial ou do casamento VIP e nem sequer  se importam com as mulheres violadas, com as mulheres assassinadas pelos maridos e amantes, mas com um cantor rock colorido é RIP, RIP...
Morreram 7 mulheres já desde o início do ano em Espanha e em Portugal 3 ou 4...e ninguém se manifesta nem presta atenção...

Que horror é este? Cada mulher pode ser a próxima vitima e cada dia mais o perigo aumenta com a imigração dos árabes e muçulmanos...e há ainda e muita gente que os defende... como se cada muçulmano não visse na mulher ocidental uma prostituta e agir conforme pensam  e já o demonstrara...
 
Vá lá meninas sonhadoras e senhoras revoltadas com as minhas palavras radicais e todos os admiradores dos representantes desta sociedade louca e alienada, revoltem-se comigo e chamem-me todos os nomes, "frustrada, bruxa má, racista e xenófaba", etc. 
Sem duvida que estou completamente fora do maldito "politicamente correcto" que escraviza as mentes e as consciência adormecidas; sim, estou fora desta manada e de toda esta saga mediática que faz de seres exibicionistas, humanamente vulgares e sem dignidade ou nobreza, seres de "vanguarda"...
 
 rlp

1 comentário:

vania jones disse...

Eu realmente gosto muito dele mas tenho de dar a mão à palmatoria, pois enquanto nos distraímos pelo mediatismo não observamos a realidade severa na qual estamos mergulhadas.