"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

domingo, fevereiro 14, 2016

A alma é um corpo de Mulher



A DIFERENÇA ENTRE SEXOS ...


“O género humano tornou-se homogéneo do ponto de vista da cidade e das funções sociais que a constituem, mas, no seu seio, a oposição feminino-masculino subsiste, reduzida doravante à diferença entre uma melhor maneira para os homens e uma menos boa maneira para a mulheres de realizar cada uma das tarefas comuns aos dois sexos. Do ponto de vista conceptual, a imagem da mulher não ganha nada senão a ver-se sistematicamente amesquinhada.”
(...)
in A alma é um corpo de Mulher - Giula Sissa

1 comentário:

Ana Nazaré disse...

OLÁ MINHA QUERIDA! JÁ OUVIU FALAR NO TRABALHO DE JAMES HILLMAN ? UM ESTUDIOSO E REVERENCIADOR DA ANIMA !!