quarta-feira, fevereiro 03, 2016

É PRECISO RESGATAR A ESSÊNCIA FEMININA



RESGATAR A IDENTIDADE FEMININA, não é uma questão politica nem económica. Não é uma questão de direitos e igualdades ou de "paridade"...é sobretudo uma questão de Consciência do seu valor inato e de voltar a ter uma consciência ontológica e integrar a mulher que foi suprimida e esquecida e que representava a Deusa no começo da nossa História. 
Portanto o que eu digo e sempre realço nos meus textos é que sem a identidade feminina de base, e a integralidade da mulher como Ente independente da sua função mãe -esposa, ou antes de ela se afirmar na politica ou na vida publica ou se iniciar em qualquer caminho espiritual, é fundamental, tal como para o homem é essencial, que ela tenha consciência ontológica do seu ser enquanto mulher de per se e das diferenças básicas entre o princípio masculino e o princípio feminino e os respectivos hemisférios cerebrais. Temos sempre de ter em conta que a falta do princípio feminino no mundo, a sua negação como princípio e os seus valores e o apagamento da sua história ancestral, provocam esta permanente guerra contra a mulher e o seu dominio.
É preciso que ambos os sexos percebam de que ponto partem e como o mundo está manco, dirigido exclusivamente pelo principio masculino…e não é fingindo na rama que tudo está bem, idealizando ou teorizando, com leis ou politicas - como se provou bem nestas décadas - sem querer reconhecer como a mulher é apenas uma metade de si, ambas usadas em campos diferentes e ao serviço do homem porque dividida em duas espécies (a santa e a puta co-existem na nossa mente) e inconscientemente ou não - todas as mulheres são vitimas desta dicotomia. As mulheres que são apenas um subproduto da sociedade machista e patrista e portanto dentro deste Sistema não podemos de todo esperar que a afirmação do Ser feminino seja real. O que se prova é que todos os dias vivemos numa sociedade onde imoera a misogina assim como dentro da própria espiritualidade, de onde ela nasce ou mais foi fomentada e portanto sem que haja uma verdadeira consciência do ser Mulher não haverá evolução nem equilibrio nas sociedade e no mundo, perpetuando-se esta guerra insana cotra a mulher como em todos os fundamentalismos.
Rosa Leonor Pedro

Sem comentários: