"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

terça-feira, fevereiro 23, 2016

MULHERES - UMA ESPÉCIE DE ATRASADAS MENTAIS...


OU AS NOVAS CINDERELAS

Cada dia que passa sinto sou mais impopular nas redes sociais e pouco me importa a simpatia que possa granjear, embora também saiba que estou a pregar aos peixinhos...mas cada dia que passa fico mais estupecfacta e irritada a pensar como é que mulheres jovens que se acham minimamente inteligentes ou espertas vá lá, e que se anunciam conscientes de qualquer coisa, seja a nível ideológico, cosmológico, esotérico ou politicococo...e continuam a sonhar e a imaginar e a efabular a ideia de um "príncipe encantado" - um novo modelo em série...já não aquele do cavalo branco e do beijo que a desperta...mas uma coisa inventada tão ou mais "romântica" do que a que nos impingiram durante séculos...
Em vez de olhar a realidade e ter em conta as diferenças as causas e as consequências de tanta guerra entre os sexos e o aproveitamento regra geral do homem da mulher e como tudo se processa neste sistema brutal, resolvem sonhar e escrever sobre um amor idealizado, ridículo, fora de todos os contextos, absurdo e impossível de se viver...
Quase que vomito as tripas ver estas meninas-mulheres-modernas e emancipadas... a sonhar e a delirar com um companheiro eterno que as respeite e as amem como elas são...ah...suspiro, um homem doce e sereno e amante e apaixonado e viril e cordato e querido e igual a ela, sensual, compreensivo etc. e tal...
ah ah a h ah...só rindo destas fadinhas mal paridas que consomem romances de cordel...
Meu deus...como é que há tantas gajas a escrever estas baboseiras do homem ideal...digo eu, sim, claro, impopular, azeda e velha...bruxa, adoro "empatar as fadas"!
Enfim digo o mesmo para todas essas promessas de mundos novos e dimensões superiores em negação da nossa dimensão terrena...
rlp

Sem comentários: