sexta-feira, fevereiro 12, 2016

O DOMÍNIO DO PATER


A PATRIX DOMINA O MUNDO
- através da Misoginia dos padres e das "mentes importantes"...

"A desconexão ambiental da psicologia moderna é de facto uma conspiração: a colaboração de muitos séculos entre as melhores e mais importantes mentes da nossa sociedade para manter a natureza humana distante, diferente e desvinculada o mais possível da natureza." Theodore Roszak

Essa desconexão começou e permanece desde que se alienou o lado feminino do ser (no homem) e da mulher em particular, afastando-a da sua essência vinculada à Natureza Mãe e sua fiel depositária. Por isso não se pode amar a Terra nem o Planeta, as árvores e as plantas ou os animais, quando se ignora, despreza, violenta e maltrata a Mulher numa sociedade...e não se respeita a Mãe...
Há "mentes brilhantes", homens de ciência e de boa fé, tanto como santos e mestres que continuam a ignorar este facto...

 
"Sem mãe não se nasce, sem Mãe não se morre..."


Desde o princípio dos tempos - desde que o patriarcado emergiu e subverteu todos os valores da Grande Deusa Mãe - destruindo uma sociedade equalitária e pacífica - que no mundo nunca mais houve seres saudáveis ao cimo da terra...mas APENAS dominadores e dominadas...senhores e escravas - antes mesmo dos escravos. Foram as mulheres primeiras escravas: passaram depois, de escravas a concubinas, a amantes e esposas - e continuam a sê-lo hoje de forma moderna - presas a outras correntes - o dinheiro e a fama, o cinema e a pornografia, o sadomasoquismo na alienação total do seu ser Mulher - vemos isso na corrida a filmes  de sodomia e abuso; livros escritos, divulgados e consentido pela "mulher", onde se comete  toda a violência sobre si em nome dos valores mais baixos deste mundo comercial e imundo; sim, ai vemos o estado de in-consciência das mulheres em geral.

A auto-estima das mulheres e das raparigas actuais e em geral é muito baixa e a ignorância do seu poder interior, da sua dignidade ou do seu valor pessoal é total - as mulheres continuam escravas do amante, do sexo, da moda, da cosmética, da propaganda televisiva de bordel sado-maso ( big brothers e outros) ...de perversões várias e alta prostituição do seu ser, o que nada tem já a ver com a prostituição real das mulheres desgraçadas que nada  tinham na vida e foram obrigada a vender o corpo e o sexo para comer...
Agora são as mulheres e raparigas desde logo que permitem a violência dos rapazes no namoro e que "educadas" pelo Sistema, dominadas pela ideia do "amor livre" e de uma falsa emancipação, que incentivam o sexo e se tornam  acompanhantes de luxo, supostamente cultas e formadas nas suas universidades, e que se prestam a todas as baixezas (incluindo filmes de pornografia) em nome do Deus Dinheiro e da fama...
Milhares de mulheres jovens no mundo andam em busca de fama e de sucesso sujeitando-se às maiores ignominias...sem qualquer escrúpulo nem dignidade pessoal. Elas sujeitam-se a programas de televisão como a "Quinta" e outros programas abjectos televisivos movidas pela ambição de se tornarem atrizes...Elas são proclamadas e aceites como "mulheres modernas, desinibidas" e aclamadas pela "arte e cultura" ministrada pelo Sistema falocrático...
rlp

Sem comentários: