"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

domingo, maio 29, 2016

SÓ TE PEÇO...



"Só te peço que entres em minha casa com respeito. Para te servir não necessito da tua devoção mas sim da tua sinceridade. Nem das tuas crenças,  mas apenas da tua sede de conhecimento. Entra com os teus vícios, com os teus medos e os teus ódios, desde os maiores aos mais pequenos. Posso ajudar-te a dissolve-los. Podes olhar-me e amar-me como fêmea, como mãe, como filha, como irmã, como amiga, mas nunca me olhes como uma autoridade acima de ti mesmo. Se a devoção a um deus/deusa qualquer é maior que a que tens por Deus/Deusa que há DENTRO de TI, o ofendes a ambos e ofendes ao UNO."
(?)

Sem comentários: