terça-feira, agosto 09, 2016

COSANOSTRA: INANNA - DEUSA DA SUMÉRIA

COSANOSTRA: INANNA - DEUSA DA SUMÉRIA:    INANNA, DA  SUMÉRIA FUI ATÉ LÁ DE LIVRE VONTADE COM MEU  VESTIDO MAIS LINDO MINHAS JÓIAS PRECIOSAS E MINHA COROA DE RA...

NESTE BLOG ENCONTREI UM TEXTO MEU PLAGIADO E SEM QUALQUER REFERÊNCIA A SUA ORIGEM...não é que seja um crime...mas é um plágio e um roubo e por isso não deixo de o mencionar porque por um lado não se deve enganar as pessoas que nos leem e por outro é uma falta de ética não referir os autores...
Poderão ler no final de um excelente texto - que acabo por duvidar também da sua autoria - e este blog perde um pouco a sua credibilidade por inconsciência ou leviandade deixando de fazer um serviço que tem tudo para ser gratificante, ao não mencionar as fontes de informação.
Como autora, sinto-me não ofendida, mas chocada com a displicência como se tratam os textos de autoria na Internet. Nada que não seja comum e banal - mas se o registo é porque reconheço a qualidade do blog em questão. 
Até parece que vem a propósito da minha anterior publicação:

"Não há nada mais pecaminoso do que falsidade. Por a isso, Mãe Terra, disse uma vez: "Eu posso suportar qualquer coisa pesada, excepto uma pessoa que seja mentirosa."(...)

 SBP (canto VIII,cap.20)
(via Ananda K. Lila)
 
Como poderão confirmar este é o meu texto no original...


COMO O ÊXTASE NOS FOI PROIBIDO...

Fica aqui uma ilustração clara do que os “clássicos” gregos e o Império romano e depois os judeus e cristãos fizeram da mulher: um ser mutilado de uma parte de si, um ser cindido, maléfico e pecador, uma ameaça para os “santos” padres e condenado aos infernos e como sabemos, mais tarde, perseguida e queimada nas fogueiras da Santa Inquisição… Neste pequeno trecho que acabei de traduzir do francês ( ..."ainda são numerosos aqueles a quem o desejo selvagem, o prazer, o instinto da mulher arquetípica, embaraçam consideravelmente. Eles contestam a legitimidade da Deusa das Origens, e fazendo-o, negam completamente o papel da mulher no mundo.”*) podemos perceber com grande clareza até que ponto a mulher foi banida da história dos homens e condenada ao descrédito, afastada do seu ser essencial, facto que se reflecte ainda e de maneira gritante nas nossas sociedades que se pretendiam civilizadas e onde a mulher intelectual ou “espiritual” julga que ocupa um lugar “importante”, sem perceber que está desligada da sua essência e da sua verdadeira natureza.
Todas nós nos perdemos da nossa verdadeira identidade ao perder uma parte integrante de nós mesmas, mas também os homens perdendo o seu lado feminino, perderam muito, assim como o mundo, para não dizer que perderam tudo, pois vamos de ter que recomeçar do início face a um anunciado (próximo ?) fim tão calamitoso para a humanidade…
A não ser que a mulher acorde para essa parte de si que foi apagada dentro dela e da face da terra, a não ser que a Deusa Mãe e a Terra façam a sua limpeza global do Planeta, não voltaremos a ser Humanos como era suposto sermos à partida. Para quem tenha dúvidas, basta olhar com olhos de ver à sua volta para a crise mundial: ela não é só económica e financeira, mas uma crise global de valores baseada na falta de respeito pela vida humana e dos animais em geral na terra, por uma tónica nos valores materiais e na conquista de poder. Seria inconcebível uma raça verdadeiramente humana comportar-se deste modo tão evidentemente criminoso para com o seu “semelhante” seja, em primeiro lugar para com a mulher, seja para com os outros seres humanos, crianças e animais, e a própria Natureza-Mãe! Que lavagem ao cérebro, que “educação”, que poder ignominioso de destruição cabal e de controlo do mundo tem os poderosos que governam na sombra, para cegar as pessoas impedindo-as de reflectir e de pensar, para as impedir de agir e sequer sonhar ou querer um mundo melhor, um mundo mais justo e igualitário, sem que não seja a Utopia ou a Crença consentida para manter a ilusão dos que lutam e trabalham e ainda acreditam no sistema que os escraviza ou no deus que os castiga? Faça o que o homem fizer ainda neste mundo sem A Consciência do Feminino Sagrado, sem a elevação da verdadeira Mulher e da Deusa Mãe, e não a que está nos altares católicos, não poderemos nunca chegar à Consciência Suprema, à Alquimia da Mutação nem realizar a Obra para que fomos criados …
UM NOVO SER HUMANO!
rlp

*(Introdução a uma entrevista feita  a joelle de gravelene por N.C.)

3 comentários:

Fernanda Costa disse...

Rosa, é desagradável ter um texto plagiado e nenhuma referência de autoria, mas você faz o mesmo no Blog e Facebook. Posta imagens, não cita autoria e isso, também, é roubo intelectual. Para quem vive com o dedo da crítica em riste para tudo, está em contradição com os seus "dogmas".

rosaleonor disse...

Fernanda Costa, não sei o que defende nem quem defende nem que é nem porque nutre esta aversão e agressividade para comigo - sinto a sua vontade de denigrir ou a sua raiva mal contida - no caso da mensagem que me enviou em privado?, não posso saber se foi você... mas é o seu ódio camuflado de "justiça" que eu não tenho a ninguém nem o expresso. Sou critica mas não ataco ninguém...e se não gosta da forma que eu escrevo PORQUE LÊ OU VEM AQUI? pORQUE ME PERSEGUE ENTÃO
Pergunto o PORQUÊ do seu empenho em me acusar e defender os pobres autores contra mim e o que eu escrevo quando devia deixar os outros reclamarem por si e não por terceiros (é o seu caso) e que não se queixam. Tem razão quanto às imagens infelizmente é verdade - mas eu refiro-me aos textos com autoria pois as imagens infelizmente não tem na maioria autoria e quase sempre são fotos...anonimas...Diga-me lá o porque deste ódio de estimação à minha pessoa - fiz-lhe algum mal ou sente-se a justiceira dos mais "fracos", dos ofendidos? - é que não a entendo...ou roubei-lhe alguma imagem? Por favor reclame como eu faço só o QUE ME DIZ RESPEITO...e por favor...se não gosta de mim nem do que eu escrevo, ESCREVA VOCÊ DA SUA JUSTIÇA...desejo-lhe as maiores felicidades...até acho que tem jeito: gostei da sua prosa, caso tenho sido sua esta mensagem:

Fernanda Costa

Tu não mentes, Rosa???!!! Abaixa esse teu dedo sempre em riste a criticar e demonizar coisas e pessoas e usas mais o teu espelho. De tudo tu zombas como se fosses uma vestal, uma pura sem máculas. Com tantas "verdades" que te apossas e de outras tantas que copias chegará dia em que não mais cagarás e transformarás toda tua merda em luz! Vai procurar fazer caridade para os que realmente necessitam e para de expor o teu pavão interior que não aceita a gralha velha em que te transformastes!


rosaleonor disse...

Gostei especialmente desta frase, é curiossa e quase a podia relacioná-la com a minha sósia...que é realmente por vezes acida e até venenosa... "Vai procurar fazer caridade para os que realmente necessitam e para de expor o teu pavão interior que não aceita a gralha velha em que te transformastes!"
- será que elas são almas gémeas? então aqui tínhamos uma explicação para estas suas brilhantes intervenções...e JUSTIÇA LHE SEJA FEITA e aa mim também.
rlp