sexta-feira, setembro 02, 2016

com mãos de adoração



Eu trago-te com mãos de adoração
Os livros dos meus sonhos ilimitados,
Mulher Branca que a paixão vestiu
Como o mar veste a areia branca,
E com o com o coração mais velho que um cometa
...
cheio do fogo pálido do tempo:
Mulher branca com sonhos ilimitados,
Eu trago-te no meu ritmo apaixonante.



W.B.Yeats

Sem comentários: