terça-feira, outubro 11, 2016

O QUE É UMA MULHER LIVRE E AUTONOMA?


MULHERES PROMISSORAS
E DE MORTE PREMATURA OU MULHERES FAMOSAS SUICIDAS…

Porquê, perguntaram-me, tantas mulheres promissoras ou famosas acabaram se auto-destruindo por "amor" de um homem? São tantas ao longo da História...

O problema dessas mulheres é o de todas as outras mulheres do Mundo, não só em Portugal, em que TODAS  SÃO OU FORAM FORMATADAS E CONDUZIDAS pela cultura patriarcal, induzidas desde pequeninas na história do príncipe encantado que as desperta com um beijo e depois, neste século já a do magnata ou do chefe espiritual ou do marido ou do líder ou patrão rico que a leva ao altar ou ainda o que seja essa projecção da mulher no "amor" divino e no homem salvador, de um deus até...para superar o seu vazio interior - esse esvaziamento de si que sofreu pela educação patrista e paternalista - cuja ideia angular é a de que só o homem a pode preencher ou um filho na sua barriga...e isso é igual, acontece com todas as mulheres na nossa sociedade, sejam pobres ou ricas famosas ou anónimas. Daí a importância da mulher ter consciência de si e da sua totalidade, do seu próprio valor intrínseco como mulher e não pelo que representa ela (corpo e sexo) para o homem e a sociedade e fazer a integração da sua ANIMA - ou das "duas mulheres" divididas (a santa e a puta) pela religião secular e enfrentar essa parte de si que ela desconhece...etc etc. Onde está a Mulher- Mulher, nõa a mulher homem a mulher animus...?
A História desta história da "puta e  da santa" é tão velha como o mundo, dizem e não há nada de novo ao cimo da Terra...mas o que eu sei é que  enquanto a mulher viver em duas metades repartidas dentro de si mesma e perpetuar essa dicotomia psíquica para servir o Homem, seja em que plano da sociedade for, ela está votada não só ao descrédito (Cassandra votada ao descrédito por Apolo por o não querer servir, tal como Lilith condenada ao inferno por não se submeter a Adão) como a ser derrubada mal vá além do que lhe é predestinado! Ela pode até estar atrás de um “grande homem”, mas nunca à frente…a não ser que se ponha à frente de si mesma e deixe de negar a sua essência de mulher e Mãe, autónoma, fiel a sua linha matricial. A Mulher Virgem ou a Pecadora é apenas uma mulher senhora de si, não por não ter sexualidade, ou a exercer em excesso, sendo a mãe pura ou a amante apaixonada, mas por ser apenas uma mulher livre e autónoma.



VER O ERRO BRUTAL DAS FEMINISTAS
  1. O que essa senhora ainda não sabia na época era que o cérebro se divide sim, em dois hemisférios e que um é feminino (intuitivo e emocional - inteligência emocional) e o outros masculino (logica e razão) e que a partida cada ser com órgãos femininos (útero e ovários e vagina) é mulher e órgãos masculinos (pénis testículos) é homem, e têm nesses hemisférios a sua representatividade, ainda que façam ambos parte do mesmo e único cérebro, mas o que dá... a expressão maior ao ser mulher é a emoção-intuição e ao homem logica-razão...assim, à luz da nova visão do cérebro essa ideia é bem redutora...
    AS feministas mentais e masculinizadas, materialistas  ou marxistas, negam a essência do feminino e não têm a menor noção do seu ser ontológico nem do sagrado da vida. São seres sem alma nem dimensão espiritual. E ai começa um novo drama para a mulher integral cuja Mística a define...a mulher é em si mesma a grande mediadora das forças cósmico-telúricas...e tem de reintegrar e resgatar essa natureza primordial que a liga ao Céu e a Terra...
    Vivemos num tempo dessacralizado em que a mulher se tornou pouco mais do que um ventre de aluguer e uma maquina procriadora ou produtiva... e elas acham que isso é liberdade e se afirmam iguais ao homem nas suas conquistas socias e materialistas. E até vão a guerra...
     
    Assim, podemos perceber como mulheres promissoras ou fantásticas...intelectuais ou cientistas, jornalistas ou escritoras, todas elas sofrem dessa cisão e pertencem ao mundo dos homens e achando que não, são de alguma maneira dominadas pelo masculino quase sempre...
O feminismo infelizmente acaba por ser um machismo invertido na sua essência. Começando por uma tentativa justa de equilíbrio de salários e direitos acabou por ser a mulher uma cópia do homem, uma travesti. Elas transmitem e representam o machismo/patrismo totalmente inerente ao Sistema e que faz esta sociedade doente - sem Mãe nem feminino - porque anula as suas mulheres na sua essência primeira e as converte em homens de saias - ou nem isso ...
Para mim o drama do mundo é muito e simplesmente devido a falta de essência feminina na mulher, o Lado Feminino da Humanidade...

PORQUE QUASE TODAS ESSAS MULHERES QUE VIVEM  NOS PALCOS DO TEATRO POLITICO-ECONOMICO E SOCIAL E AS SUAS REINVINDICAÇÕES  NÃO SÃO MULHERES!
rlp

Sem comentários: