terça-feira, dezembro 06, 2016

ELA...


"Ela recusa-se sempre a entender, a ouvir,
Ela ri-se para esconder o terror de si mesma.
Ela caminhou sempre debaixo dos arcos da noite
E por todo o lado em que passou
Ela deixou
A marca das coisas quebradas."


Paul Eluard

Sem comentários: