quarta-feira, janeiro 04, 2017

"Como é que o passado reconhece o presente?



"Como é que o passado reconhece o presente?

Como é que o presente reconhece o passado?" -
...

"como é que o Agora se agita com a visitação, a condensação, a capitalização do Outrora no fundo de si mesmo? Ao reconhecimento excessivo o impossível (do fecundo pelo fecundado) oponho três formas de não reconhecimento: o desconhecimento, o reconhecimento insuficiente ou difícil, o reconhecimento excluído."


in "Histórias de amor de outros tempos" procedidas de Retratos vivos por Pascal Quignard...(da Cotovia)

Sem comentários: