sexta-feira, março 31, 2017

Será que sabes realmente o que é positivo e o que é negativo?



A CEGUEIRA DO "POSITIVO"...


Pergunta:

- Não será possível atrairmos apenas condições positivas para a nossa vida? Se a nossa atitude e a nossa maneira de pensar fossem sempre positivas, nós manifestaríamos unicamente acontecimentos e situações positivos, não é verdade?

Resposta:

- Será que sabes realmente o que é positivo e o que é negativo? Tens uma ideia completa do que isso é? Para muitas pessoas foram as limitações, os insucessos, as perdas, as doenças ou os sofrimentos, sob as mais diversas formas, que acabaram por ser os seus mestres. Estes ensinaram-lhes a esquecer as falsas imagens que tinham de si próprias bem como as metas superficiais que lhes eram ditadas pelo ego e pelos seus desejos. Deram-lhes profundidade, humildade e compaixão. Tornaram-nas mais reais.
Sempre que alguma coisa negativa lhe acontece, ela contém uma lição profunda oculta, embora possa não a ver na altura. Mesmo uma ligeira doença ou um acidente lhe podem mostrar o que é real e irreal na sua vida, o que afinal de contas é importante e o que não é.
Vistas de uma perspetiva mais elevada, as condições são sempre positivas. Para ser mais concreto: não são nem positivas nem negativas. São o que são. E quando você vive na completa aceitação do que é - que é a única maneira sadia de viver -, na sua vida deixa de haver o "bem" e o "mal". Passa a haver apenas um bem maior - que inclui o mal. A partir da perspetiva da mente, no entanto, existem o bem e o mal, o gostar e o detestar, o amor e o ódio.


Eckhart Tolle (O Poder do Agora, pág. 184)

Sem comentários: