segunda-feira, abril 10, 2017

MAGIA NEGRA E CIÊNCIA


O INCONSCIENTE E O DUPLO


"As verdadeiras diferenças do inato estão no inconsciente.
O inconsciente, não é somente o que é reprimido, é também o acesso directo ao nosso duplo (...) e através dele ao continente perdido. Essa fonte viva de energia vibratória foi totalmente inibida. O inato é sobretudo o que está no inconsciente, mesmo biologicamente. Esse ADN foi chamado de ADN-lixo pelos genecistas. Podes imaginar as consequências." *
...

MAGIA NEGRA E CIÊNCIA...


A Matéria é também energia...não só matéria, como a vemos, palpável e mutável. Nós não vemos a olho nu a inteligência da matéria do corpo e da pele e dos órgãos autónomos...e todos ligados - não vemos a mestria do corpo físico... A matéria do corpo é totalmente energia. Átomo, células inteligentes em diálogo, perfeitos na sua acção conjunta...dentro de uma ordem que só pode ser divina e que nos transcende e que a "ciência" por mais que tente não pode... abranger, precisamente porque disseca e corta e separe para "ver" como funciona como se fosse um brinquedo de criança e como ela destrói porque não vê que o corpo humano é sagrado e transcende o homem e a sua visão linear, sempre redutora...
É o coração que nos mantem em vida mas é a alma que nos anima - e nós mutilamos a alma de cada vez que mutilamos o corpo porque lhe tiramos a possibilidade de ela vibrar em nós uma oitava acima...A magia negra da "ciência" dos 5 sentidos redutora de toda a transcendência  contra a magia branca do puro espírito...É o que está a acontecer no mundo cientifico: a destruição vertiginosa da humanidade na sua essência de eternidade pela química e a pseudo-cura. E tudo o que estamos a construir em nome da vida "sã" e a vida prolongada pela ciência que mutila, é macabro: estamos a fazer reviver esse velho monstro que recriamos em nome da vida ...e da não morte e com ela só se está contribuir para a destruição da raça humana...porque destruição e negação da alma e da essência...



rosaleonorpedro

*Étienne Guillé
in O Homem entre o céu e a terra

Sem comentários: