quinta-feira, abril 06, 2017

O CORAÇÃO


O coração tem que estar puro para que a intuição venha.


“Minhas intuições se tornam mais claras ao esforço de transpô-las em palavras. Isso eu escrevi uma vez.... Mas está errado, pois que, ao escrever, grudada e colada, está a intuição. É perigoso porque nunca se sabe o que virá – se se for sincero. Pode vir o aviso de uma destruição, de uma autodestruição por meio de palavras.
Podem vir lembranças que jamais se queria vê-las à tona. O clima pode se tornar apocalíptico. O coração tem que estar puro para que a intuição venha. E quando, meu Deus, pode-se dizer que o coração está puro? Porque é difícil apurar a pureza: às vezes no amor ilícito está toda a pureza do corpo e alma, não abençoado por um padre, mas abençoado pelo próprio amor. E tudo isso pode-se chegar a ver – e ter visto é irrevogável. Não se brinca com a intuição, não se brinca com o escrever: a caça pode ferir mortalmente o caçador.”

CLARICE LISPECTOR, in “A Descoberta do Mundo

Sem comentários: