quarta-feira, junho 21, 2017

"HOSTES DE FOGO"



PODEROSO ESTRONDO...

«Graves são as vozes! Há cães a ladrar nos Montes. Os Sóis desceram dos Céus e a Terra ardeu num Fogo feroz. Foi como um clarão que veio e ninguém viu. Ouviram-se gritos por todos os lados. Eram as Vozes dos Sufocados, dos Mortos da Vida.
O Amor tinha morrido entre os Homens! As Mulheres choravam nos Rios e nas Ribeiras; nas Veredas, nas Estradas de Alcatrão e entre os seus Seios estavam apartadas da sua mais Pura Identidade.
...
Diabo e Deus
A Cruz
O Céu e o Inferno
O Grito
Nada

Veio o Fogo e era Vermelho, Laranja e Amarelo. Não se sabia de onde vinha, se das profundezas da Terra, se dos Abismos do Céu. Era uma Tela nunca vista e sonhada. Era Imaginal e outorgara uma força única que se estendia por todos os planos da Existência. Era o Sétimo Mundo. A Sétima Vida. A Sétima Morte. Era o Sétimo Homem desprovido de Divindade.
O Estrondo foi colossal e a energia carregava todas as Pragas que os Homens tinham guardado nas profundezas do Coração. Eles tinham um coração pequeno. Eram como Wotan que vendeu Freya aos
Gigantes.

Brame o Mar
Brame o Céu
Brame Brame Brame
Brame a Mulher
Brame a Criança
Brame Brame Brame
Poderoso o som que desceu e subiu. Chispas voaram por todos os lados. Um Sono profundo e Dantesco levou a Humanidade ao Desespero!! Atlântida, voltara a fundar-se nos corações de todos.»

NãoSouEuéaOutra in « Hostes De Fogo»

Sem comentários: