sexta-feira, julho 27, 2018

UMA ABERRAÇÃO SOCIAL E CULTURAL


QUANTO A MUDANÇA DE SEXOS, segundo C. Paglia ...

"A verdade fria biológica é que as mudanças de sexo são impossíveis. Cada célula do corpo humano permanece codificada com o género de nascimento para a vida. Podem ocorrer ambiguidades intersexuais, mas são anomalias de desenvolvimento que representam uma pequena proporção de todos os nascimentos humanos ".
Paglia acrescentou: "Como Germaine Greer e Sheila Jeffreys, rejeito a coerção patrocinada pelo Estado para chamar alguém de" mulher "ou de" homem "simplesmente com base no seu sentimento subjectivo sobre isso.”*
*



A CONFUSÃO DOS SEXOS…


"O poder que os homens exercem sobre as mulheres em todo o lado, poder esse que se tornou modelo de todas as formas de exploração e de controlo ilegítimo?"
1978 - Adrienne Riche

Este poder sobre a mulher, esta luta e segregação sexual milenar da mulher trouxe-nos para muito perto da imagem desta foto que mostra o absurdo mundo em que hoje vivemos, e cuja tendência se agrava em toda a Europa - um homem mulher-travesti e a mulher-mulher de Burka… Toda esta confusão de sexos resulta na falta da dimensão do principio feminino, a falta de consciência da mulher que se sente perdida da sua verdadeira identidade ,asfixiada nesta selva urbana de ideias e conceitos banalizados e superficiais deu nesta grande confusão de géneros... e outras aberrações…mas os homens nunca são sexistas, dizem eles e nem admitem isso para si e sim dizem ...as mulheres é que são depravadas...

NÃO, OS HOMENS NUNCA SÃO SEXISTAS...esta é uma negação que faz aumentar os conflitos e os confrontos entre os sexos e na medida em que a ignorância e a aculturação é ministrada pelos midea e publicidade, mais as pessoas estão perdidas de um verdadeiro

"Três razões pelas quais os homens nunca são sexistas: É bem conhecido, as pessoas nunca são sexistas. E quando eu digo as pessoas, eu quero é claro dizer os homens. Vamos admitir que o sexismo possa existir, e mesmo que os homens cometam actos sexistas, tratá-los de "machista", é sempre exagero. Não devemos exagerar. A injunção "é preciso combater o patriarcado, não os homens " Anula totalmente a opressão, no ponto onde o " Sistema " mascara as pessoas que o compõem, e o assim o " Patriarcado " não tem nada a ver com os homens - indivíduos que violam, batem, matam as mulheres."

Pois é aqui que se branqueia e menoriza toda a violência dos homens sobre as mulheres e as crianças e animais, assim como sobre outros homens mais fracos  - porque nunca são os homens mas o "patriarcado", os generais e os Governos - esta é a ideia que  faz com que se desvalorize essa violência a nível  individual e pouco ou nada se faça para alterar as coisas… 
rlp


FALAS-ME DE CIVILIZAÇÃO...

"Do meu ponto de vista, não é a economia que está em crise, é o modelo de civilização
. Na encruzilhada na qual a humanidade se encontra, o que precisamos de fazer se queremos acabar com este sistema de dominação e sobreviver é recuperar a verdadeira mãe, e com ela as qualidades básicas dos seres humanos, que nos capacitam para a concórdia e nos incapacitam para o fratricídio. Recuperar a mãe verdadeira é recuperar o habitat que a rodeia. Bachofen criou um termo em alemão para o definir: é o Muttertum, sendo que o sufixo “tum” (equivalente ao “dom” em inglês) significa o sítio, o lugar da mãe."

Cacilda Rodrigañez Bustos

*In Personas sexuais de Camille Paglia
** entrevista com Camille paglia

Sem comentários: