quinta-feira, abril 15, 2021

ABUSIVO ...



AO QUERER Partilhar este poste no FACEBOOK a resposta que obtive foi esta: "Não foi possível enviar a tua mensagem porque esta inclui conteúdo que outras pessoas no Facebook denunciaram como abusivo."

Esta censura-bloqueio dura já há mais de 3 meses e portanto este blog está marcado como "ABUSIVO"...quando a MENTIRA  e a manipulação são largamente difundidas...
Gostava que me dessem a vossa opinião...

VIDA E MORTE?

Você é tão estupido que pensa que tudo isto  é sobre salvar vidas?

O problema não é SANITÁRIO, é INSANIDADE mental. Não entendo que pessoas saudáveis e minimamente lucidas se vão infectar de virus e parasitas, para ficarem doentes e com riscos de morte, por medo de um contágio ou de uma crença propagada pelos Midea e uns tantos criminosos a soldo das elites mundias...e que no fim de nada serve? E eu é que sou louca?
rlp



Isto está absolutamente no local e toda a gente devia ler!...

Copiado da professora Dolores Cahill, professora em imunologia e vacinas:


O povo diz. ′′ Tomei a minha vacina e sinto-me bem."

Esta é a defesa inculta e ignorante de quem tomou a vacina e a usa como prova de que a vacina funciona, ao confrontar quem a questiona. Se essa é a tua defesa, então não ouves uma única palavra que alguém disse, incluindo a própria ciência.
É uma vacina MRNA. Medicina inovadora. Completamente não testado. Diferente de qualquer outra vacina. Na verdade, sai da medicina e firmemente para a genética. Deixe-me explicar.
O que é RNA? RNA é ácido ribonucleico. E se você realmente foi para a escola, terá ouvido falar em DNA. Isto é ácido desoxirribonucleico. E se você sabe alguma coisa sobre DNA, ele contém a maquilhagem genética de qualquer organismo.
Ambos são muito parecidos, mas também têm suas diferenças. Mas, mais importante, vamos falar sobre as suas funções.
DNA replica e armazena informações genéticas. É um plano para todas as informações genéticas contidas dentro de um organismo. RNA converte as informações genéticas contidas dentro do ADN para um formato usado para construir proteínas, e depois move-as para fábricas de proteínas ribossómicas.
A vacina MRNA é uma vertente sintética de RNA ′′ mensageiro que converte informações genéticas dentro do ADN.
Agora, eles disseram-te que fazem isto para produzir proteínas para fortalecer o sistema imunitário de combate ao vírus da Covid, mas se realmente olhares para o quadro maior aqui, pode deixar-te bastante anestesiado para perceberes a realidade potencial de A situação.
Se já tomou a vacina, fique tranquilo que seu DNA agora está mudando. Fazes ideia das implicações disso? Sua maquilhagem genética está mutando.
Está a ser colocado sob extrema pressão para tomar uma substância que altera a sua maquilhagem genética, tudo por causa de um vírus que não tem mais de 0.03 % de taxa de fatalidade. Um vírus que é paralelo com a gripe (que desapareceu misteriosamente desde a chegada da Covid.) Sem contar que a FDA não aprovou isto como vacina legítima até agora, mas só aprovou para uso emergencial.
Isto significa que está a ser testado em ti! A maioria das empresas ′′ vacinas ′′ nem sequer se referem a isto como uma vacina, mas como um ′′ sistema operacional." Vou assumir que o Sr. Gates gosta de lhe chamar isto!
Se és ignorante o suficiente para me dizeres que sou egoísta o suficiente para querer que o meu ADN permaneça intacto, correndo o risco da vida de alguém, que já tem condições subjacentes e provavelmente teria morrido devido à gripe ou a qualquer outra doença, devido a eles O próprio sistema imunitário falhando, então você é completamente louco.
Eu vejo pessoas afirmando que ′′ se é a única maneira de voltar ao normal, então eu estou tendo." Eu só estou fazendo.
Estas pessoas estão mais do que preparadas para arriscar a mudar o próprio tecido do que é ′′ vida só para que possam ter a sua ′′ vida ′′ de volta?
Se achas que estou a falar lixo, então mais tolo tu.
Vá tomar a vacina. Espero que não tenhas de te arrepender da tua decisão, se o momento chegar.
Esta informação está disponível para você ler. Se és ignorante o suficiente para arregaçar as mangas com os olhos completamente fechados, então talvez não tenhas ideia de qual é o significado da ′′ vida ′′ na verdade, e estás a perseguir uma fantasia completa.
Você pensa que é sobre salvar vidas.
Você acha que é tão claro como ′′ vida ou morte." Não é. Não é morrendo de vacina que eu tenho medo. É viver com os seus potenciais efeitos a longo prazo. Ao contrário da taxa de sobrevivência de 99.97 % que verá a parte de trás dos efeitos da Covid em cerca de uma semana.
Então você tomou a vacina e não morreu. Notícias maravilhosas.
Eu não tomei a vacina e também não morri!
Vamos recuperar isto daqui a vários anos, quando ainda sou humano... Deus sabe o que és.


NO PAÍS DO SACANAS



"Historicamente, as coisas mais terríveis - guerra, genocídio e escravidão - resultaram não da desobediência, mas da obediência."

PORTUGAL

(...)
porque no país dos sacanas, ninguém pode entender
que a nobreza, a dignidade, a independência, a
justiça, a bondade, etc., etc., sejam
outra coisa que não patifaria de sacanas refinados
a um ponto que os mais não são capazes de atingir.
No país dos sacanas, ser sacana e meio?
Não, que toda a gente já é pelo menos dois.
Como ser-se então nesse país? Não ser-se?
Ser ou não ser, eis a questão, dir-se-ia.
Mas isso foi no teatro, e o gajo morreu na mesma.
Jorge de Sena, em "40 Anos de Servidão"

A NOVA NORMALIDADE

AS PANDEMIAS E AS NOTICIAS DEPRESSIVAS
 
"Existe uma patologia chamada "depressão das notícias" que afecta particularmente as pessoas mais vulneráveis às notícias tristes, demolidoras e trágicas do dia-a-dia. Claro que todos nos perguntamos como é que a humanidade pode ser tão brutal. Mas há quem fique seriamente afectado pelas notícias. Para além desta fragilidade geradora de ansiedade, há também um interesse excessivo pelo dinheiro e pela competitividade, por tudo aquilo a que chamamos "êxito", e é uma metáfora camuflada de um dinheiro que, depois, não sabemos gastar."

Pilar Varela (in incalculável imperfeição)

Neste momento o inimigo é o MEDO que nos torna inimigos potenciais uns dos outros...

"Para reunir as pessoas, os governos precisam de inimigos. Querem que tenhamos medo, odiemos, por isso vamos reunir-nos atrás deles. E se eles não tiverem um inimigo de verdade, vão inventar um para nos mobilizar."


Thich Nhat Hanh

"Portugal, é das pessoas medíocres e provincianas..."




O meu País...doloridamente...


"Nem choro. Como chorar? Eu desejaria poder querer (desejar) trabalhar, febrilmente trabalhar para que esta pátria que vós não conheceis fosse grande como o sentimento que eu sinto quando n'ela penso. Nada faço. Nem a mim mesmo ouso dizer: amo a pátria, amo a humanidade. Parece um cinismo supremo. Para comigo mesmo tenho um pudor em dizê-lo. Só aqui lh'o registo sobre papel, acanhadamente ainda assim, para que n'alguma parte fique escrito. Sim, fique aqui escrito que amo a pátria funda, (...) doloridamente.
Seja dito assim sucinto, para que fique dito. Nada mais. "

Fernando Pessoa, INÉDITOS


SOMOS UMA SOCIEDADE DE MEDO...

"Portugal, é das pessoas medíocres e provincianas, de pequenos homens de gravata que assistem a desfiles militares no Dia da Pátria e de Camões... e fazem discursos sobre a economia e deliram com a grandeza dos exércitos que defenderão a pátria da sua miséria...(...)
Porque na sociedade portuguesa actual, o medo, a reverência, o respeito temeroso, a passividade perante as instituições e os homens supostos deterem e dispensarem o poder-saber não foram ainda quebrados por novas forças de expressão e liberdade.
Numa palavra, o Portugal democrático de hoje é ainda uma sociedade de medo. É o medo que impede a crítica. Vivemos numa sociedade sem espírito crítico – que só nasce quando os interesses da comunidade prevalecem sobre o dos grupos e das pessoas privadas."


In Portugal, Hoje - O Medo de Existir de José Gil

CURIOSIDADES...



QUIROGA - ASTRÓLOGO


14-4-2021

DESEJO E AMOR

Data estelar: Vênus ingressa em Touro; Lua cresce no mesmo signo.

Quando alguém deseja outrem, alguém não quer outrem completa, quer apenas umas partes dela, e para isso, a mente de alguém funciona exaltando o que deseja de outrem e ocultando, ou detestando, todas as outras partes que, imagina, toleraria se obtivesse o que deseja.
O desejo é assim, exclusivo, segregador e muito específico; diferente do amor, que é inclusivo, abrangente e unificador.
Por isso, nunca confundas desejo com amor, porque são duas experiências diferentes, com resultados evidentemente distintos. E se os confundes, te prepara para descascar o abacaxi depois.
Desejar é algo legítimo e inevitável, uma força cósmica importante que motiva diversas ações.
Mas, se imaginas que tua vida se resolve pela satisfação de teus desejos, então já estás no caminho de tua segura perdição.
O amor, que é ainda mais legítimo do que o desejo, denota a percepção da íntima ligação de tudo com tudo, onde não há culpados nem vítimas, onde alguém e outrem não são divididos em partes, são experiências cósmicas completas.
Gostando ou detestando da vida que se apresenta a ti, ela se apresenta completa, porque é assim que funciona o amor, e a vida é o amor em perpétua manifestação.
Tu não gostas do que vês por aí, e te lanças na força de teu desejo para destruir o mundo que detestas, mas isso não garante que um novo e melhor mundo esteja nascendo desse movimento.
Nada que seja desprovido de amor pode dar certo, nunca.

segunda-feira, abril 12, 2021

O QUE É QUE É VERDADEIRO



"O neófito tem mais chances de alcançar um determinado modo de ser - por exemplo, tornar-se homem ou mulher - se antes se tornar simbòlicamente uma totalidade. Para o raciocínio mítico, um modo particular de ser é necessáriamente precedido de um modo TOTAL de ser. O andrógino é considerado superior aos dois sexos justamente porque encarna a totalidade e , portanto a perfeição."


M.Eliade



"Se uma a pessoa tem uma ilusão, uma fantasia, uma imagem, um conceito romântico da verdade ou do amor, então esta é a barreira que a impede de seguir adiante. Pode alguém investigar com honestidade o que é a ilusão? Qual é a sua origem? Estar a lidar com algo que não é verdadeiro não é o significado disso?
O verdadeiro é o que está a acontecer, seja aquilo que se pode chamar de bom, de mau ou de indiferente; é aquilo que está a acontecer. Quando a pessoa é incapaz de enfrentar o que acontece com ela mesma, vai criar ilusões como fuga a isso. Se a pessoa não quer ou tem medo de enfrentar o que está a acontecer, essa mesma fuga cria a ilusão, a fantasia para longe do que existe.
A pessoa pode evitar esse movimento, essa fuga ao que é verdadeiro? O que é verdadeiro? O verdadeiro é o que está a acontecer, inclusive as respostas, as ideias, as crenças e opiniões que a pessoa tem. Encará-las não é criar ilusão."

Jiddu Krishnamurti

E por onde andam as mulheres?

 





PERGUNTA E RESPOSTA - doa a quem doer....



- E  por onde andam as mulheres? Focadas nos seus dramas amorosos. Esquecidas de si mesmas e de quem são e da sua integridade!... 
Mais uma causa perdida, mais uma verdade inalcançável!

Ana Ferreira Martins

 

- Como dizia num poste anterior as mulheres estão perdidas no seu ego e no seu sucesso, convencidas de que são livres e emancipadas e agora vimos como a Presidente da União Europeia, Ursela Von der Leyn, foi humilhada...e essa posição de nada lhe valeu nem corresponde a uma verdade social nem politica. Foi-lhe mostrado claramente e a todas as mulheres do mundo pelo ditador turco que elas não tinham lugar no seu palco politico... da mesma maneira o seu colega europeu de nada lhe valeu hierarquicamente.

A verdade é que não houve uma verdadeira evolução de uma consciência feminina durantes todos estes anos de falsa liberdade e emancipação e as mulheres ao passarem de donas de casa submetidas aos maridos para trabalhadoras e mais tarde para executivas, deputadas, médicas e juízas, continuaram as servas do Sistema e do seu ego e pouco mais do que isso. A Consciência de si enquanto mulheres autênticas, proveniente de da sua Psique  é nula. Elas estão presas no Sistema e não percebem que a sua posição não foi verdadeiramente alterada por uma consciência do feminino e que as feministas também nunca tiveram ao lutar apenas pelos mesmos direitos que os homens e uma suposta igualdade dentro do mesmo sistema falocrático. 

Sim as mulheres continuam perdidas de si mesmas e por mais que se finjam realizadas desmascaram-se a primeira prova...e vemos que apenas estão presas  nas mais valias e na sua vaidade, seja onde for que procurem ganhos e protagonismo. De facto elas tambem se  servem das outras mulheres, nas ditas terapias alternativas,  tal como os homens fizeram no geral aproveitando a sua fraqueza e superficialidade, só para ganhar dinheiro e se promoverem a conta delas, da sua ignorância e vaidade. 

Não houve uma passagem de testemunho entre a jovem a mulher madura e a velha... e assim não houve evolução gradual nem a transformação da mulher de criança em adulta e no fundo esta mulher  manteve-se sempre criança e dependente da apreciação do papá...
Elas acabaram por nos nossos dias inverter essas suas fases e os estereótipos dominantes dentro do sistema que era o de "santas do lar" ou de prostituta de rua, isto em relação ao casamento e agora deram o salto para  ministras e acompanhantes de luxo! 
As mulheres deram um "salto" (alto)  na corda bamba e não um salto quântico como algumas pretendem... Por isso, continuam egoistas, maldosas e falsas umas com as outras; não se respeitam nem admiram e apenas papagueiam a cartilha do Pater mais na moda, seja a da ideologia seja a da crença, competindo entre si para terem mais clientes seja em que área se afirmem... e também no campo do dito feminino sagrado aconteceu algo semelhante - elas veem-se deusas ou como "prostitutas sagradas",  musas e curadoras... mas sem integrar o Principio Feminino e as suas qualidade essencialmente femininas. Por isso falta à mulher essa consciência de si como um todo e ser essa ponte que liga a mulher verdadeira, interior, reprimida e esquecida, que foi formatada para servir o homem, e a mulher das profundezas que se pode resgatar através de uma grande humildade e conhecimento de si através  da sua sombra. Fora isso vivemos apenas as aparências e as modas e neste momento o mundo virtual e o "confinamento" criou as condições para a mais absoluta alienação da mulher entregue a sua imagem fachada fabricada segundo os interesses da venda dos seus produtos,  seja do corpo para ganhar dinheiro ou seduzir o homem, seja em nome da espiritualidade e da cura ou de uma causa social... Elas estão presas no Sistema. No final é sempre para agradar aos chefes e ao lideres, aos pais, aos mestres e aos donos em geral que elas se afirmam... Quase todas se vendem e infelizmente esse continua a ser o  papel desempenhado pela mulher com raras e muito honradas excepções de mulheres que atingiram, apesar destas condições adversas, o Dom de si e que nem as conhecemos porque são invisiveis, e não se mostram nesta feira de vaidades...
E agora espero que ninguém enfie a carapuça, porque isto é uma análise global e uma conclusão obvia face a tudo o que vivemos e podemos ver se formos honestas!

rlp

O LIVRO DA MINHA VIDA

 


Á ESPERA DO LIVRO AMADO...

"... Não sei. Mas faço tantas fantasias a respeito desse livro desconhecido e já tão profundamente amado. Uma das fantasias é assim: eu o estaria lendo e de súbito, a uma frase lida, com lágrimas nos olhos diria em êxtase de dor e de enfim libertação: "Mas é que eu não sabia que se pode tudo, meu Deus!"
clarice lispector



"A escrita é a impressão digital da alma, escreve-se como se é."

Ananda K. L.
 
Estava a pensar numa escritora que eu gostava muito quando era nova ainda e lembrei-me de quando uma vez fui ter com ela e lhe disse na minha ingenuidade que gostaria de um dia escrever como ela...mas só passados mais de 30 anos percebo que nunca escrevemos como ninguém...pois escrever ou sentir e dizer só o podemos fazer, não como imitação de ninguém por mais que o admiremos, mas apenas como nós mesmas ...
E espero que este meu ultimo livro possa ser um livro amado por todas as mulheres, porque este era o livro que eu gostaria ter lido um dia na minha vida quando ainda não sabia o que sei hoje...

Rosa Leonor Pedro

sábado, abril 10, 2021

MULHERES AÇAIMADAS E HOMENS NO PODER...



UMA IMAGEM VALE POR MIL PALAVRAS: a mulher açaimada e sem lugar no palco dos homens!

As mulheres estão perdidas no seu ego e no seu sucesso, convencidas de que são livres e emancipadas e agora vimos como a Presidente da União Europeia, Ursela Von der Leyn, foi humilhada...e essa posição de nada lhe valeu nem corresponde a uma verdade social nem politica. Foi-lhe mostrado claramente e a todas as mulheres do mundo pelo ditador turco que elas não tinham lugar no seu palco politico... da mesma maneira o seu colega europeu de nada lhe valeu hierarquicamente.

A verdade é que não houve uma verdadeira evolução de uma consciência feminina durantes todos estes anos de falsa liberdade e as mulheres ao passarem de donas de casa submetidas aos maridos para executivas, deputadas, médicas e juízas,  continuam as servas do Sistema e do seu ego e pouco mais do que isso. A Consciência de si enquanto mulheres autênticas é nula. Elas estão presas no Sistema e não percebem que a sua posição não foi verdadeiramente alterada por uma consciência do feminino que as feministas também nunca tiveram ao lutar apenas pelos mesmos direitos que os homens e uma suposta igualdade. 

rlp





O PATRIARCADO NÃO É UMA IDEIA OU CONCEITO...
É UM SISTEMA ESCLAVAGISTA DA MULHER.


"Patriarcado é uma cultura, um sistema, uma civilização, um sistema econômico, um sistema político, um sistema legal, um sistema religioso, um sistema científico, e assim por diante. Mas acima de tudo, o patriarcado é um PODER. Um poder que se manifesta em todos os lugares, instituições, pessoas, hábitos, culturas, religiões, ideologias, mesmo entre mulheres. Isto porque o patriarcado socializa com os papéis e as hierarquias de gênero que existem entre homens e mulheres. O patriarcado existe há tanto tempo pois promove a sociabilidade entre homens, que se tratam como irmãos (fraternidade), atribuindo-lhes poder. Enquanto isso, obriga as mulheres a reproduzirem e sustentar materialmente os homens, socializadas entre si como inimigas, servindo aos interesses do desejo masculino."



Texto adaptado de: “O que é feminismo” de Dra. Elida Aponte Sánchez