sexta-feira, maio 07, 2010

A dança do fogo entre Eva e Lilit


Blogger Anna Geralda Vervloet Paim disse...

Esta é a Mãe Primordial para mim, e que cada mulher a decifre em si mesma, Lilith e Eva.

ENIGMA

Na luz da Lua Negra /Tu não sabes quem sou Por trás dos meus véus / Ocultas sombras Fugidias / Dos meus dias de luz / Ouve meu canto / Meu pranto/ Meu acalanto /Deita em meu peito / Em meu abismo profundo/ Entra em meu mundo/ Te levo aos céus/ Ou ao inferno/ Eterno Terno/ De caricia dos vales/ Do meu escuro/ Penetra em minha selva/ Bebe minha seiva/ Deixa teu sêmen / Teu suor / Teu sangue/ Basta um corte/ Antes da morte/ Mas eu deito a sorte/ A doce beleza/ Com delicadeza/ Rasga meus véus/ Sou fêmea lasciva/ Deusa despida/ Amoral Chama imortal/ Princípio e precipício/ De todas as formas Embarca/ E abarca a imensidão/ De meus oceanos estelares/ Minhas trevas lunares/ E minha luz/ Que te conduz em equilíbrio/ Sobre o fio da navalha/ No Éden dos desejos/ Te faço mais forte/ Sob as cicatrizes/ Dos meus punhais/ Não tenho rivais/ Eu sou todas/ A que tem asas/ A que tem garras/ A que tem fel/ A que tem mel/ Eternamente Rosa dos ventres/ Rosa dos ventos/ Rosa dos tempos/ Rosa dos templos/ Decifra-me!/ Em minha face de luz/ Ou te devoro/ Em minha face de sombras...

Anna Geralda Vevrvloet Paim
Porto Alegre,09/12/2009

2 comentários:

MOLOI LORASAI disse...

eu não comento, nem tento...

Rosa Leonor disse...

- não comente...nem tente...é o feminino selvagem meu amigo a que o homem não tem acesso por mais feminino ou sensível que seja, como é o seu caso!
Abraço

rleonor