segunda-feira, novembro 01, 2010

NO DIA DAS BRUXAS...ELEITA A 1ª MULHER PRESIDENTE, NO BRASIL



"SIM, A MULHER PODE"


PALAVRAS DE DILMA ROUSSEF quando iniciava o seu discurso
ACABADA DE SER ELEITA PRIMEIRA MULHER PRESIDENTE NO BRASIL


Queria salientar que apesar de não acreditar na política nem nos Sistemas em vigor em todo o mundo, me congratulo especialmente pela eleição desta mulher no Brasil. E porquê então dar importância a este facto? Porque a sua eleição, num país de futuro como É o Brasil, pode fazer toda a diferença não só para as mulheres brasileiras mas para todas as mulheres no Mundo.
Acredito nesta mulher como uma mulher que sofreu e lutou por causas justas, com verdade e coragem, embora sujeita aos esquemas sujos da própria política. Não há política que não seja mais ou menos corrupta...mas uma pequena diferença de ideias faz toda a diferença. A diferença entre a humanidade da pessoa, neste caso esta mulher e a monstruosidade do candidato homem, particularmente este...
SÓ POR SER MULHER
Sei que Dilma terá de enfrentar todos os obstáculos possíveis e imaginários da parte dos reaccionários e capitalistas, que a acusarão de todas as maldades e "pecados", nomeadamente as seitas sectárias misóginas e fundamentalistas; será "chingada"...será chamada de bruxa e puta e tudo o mais em que os homens e o patriarcado se tornaram especialistas ao denigrir a mulher ao longo dos séculos e sei que os fanáticos cristãos e homens machistas e fascistas dificilmente suportarão uma mulher a mandar no País...

Mas há sempre Homens de coragem e íntegros...que são capazes de dizer:

"É importante eleger uma mulher sim! Importantíssimo, e nos próximos dias poderemos avaliar isso melhor. Mas Dilma não é simplesmente “mulher”. É uma brasileira que ousou lutar contra a ditadura, em organizações clandestinas. Isso a velha elite não perdoa. É uma marca tão forte quanto os quatro dedos do operário que nunca será aceito na velha turma.

Dilma vem de longe. Dilma não é uma “invenção do Lula”. Dilma concentra a esperança de um Brasil mais justo.

Nesse dia histórico, depois de uma campanha exaustiva e lamentável por parte da direita, é preciso ainda estar atento. Porque do outro lado há gente que também vem de longe.
(...)
Votar em Dilma é votar num país que vem de longe. E que pode chegar muito mais longe nas próximas décadas."

Rodrigo Vianna

in PISTAS DO CAMINHO: http://pistasdocaminho.blogspot.com/
PS. E com tudo isto quero dar os meus parabens aos amigos/as brasileiros/as, especialmente às mulheres, mesmo aquelas que não gostam de Dilma...

1 comentário:

Nana Odara disse...

Rosinha...
eu tbm venho de bem longe... kkkkkk...
não paro de pensar numa única coisa, entre milhões delas, claro:
dia 08 de março, tá muito em cima?


bjins...